A ERA DOS FORMATINHOS DA EBAL (raridades da coleção do Alexandre) | Papel Jornal #09

Houve uma época em que a EBAL reinava absoluta com os quadrinhos de super-heróis nas bancas brasileiras. Isso foi de 1947, quando a editora lançou Batman e Superman, a 1983, quando perdeu, enfim, os direitos desses personagens para a Abril. Ou seja, 36 anos de muitas histórias.

As 3 novas pré-vendas do Pipoca & Nanquim:

OBS: todos os cupons das pré-vendas podem ser usados juntos, em uma só compra com todos os 3 títulos no mesmo carrinho, mas só podem ser usados uma vez por cliente.


Em 1975, a Ebal deu início à sua linha de publicações totalmente em cores e num formato menor do que o usado até então (13,5 x 19 cm, o famoso “formatinho”), e foi com o Batman que ela marcou essa mudança, com a edição especial “Coringa, Duas-Caras e Espantalho!“, de outubro. Mas já em maio de 1976 chegava a primeira revista mensal nesse formato, a “Superman em Formatinho“, e em junho saía a “Batman em Cores“, ambas com encerramento apenas em outubro de 1983 (sete anos depois), mês que marcou a publicação dos últimos títulos de super-herói pela editora de Adolfo Aizen.

Mas as revistas do Superman e do Batman foram apenas o estopim para uma incrível variedade de quadrinhos em formatinho todos os meses nas bancas. Uma variedade tão diferenciada e inovadora que nem mesmo a Panini, nos dias de hoje, consegue igualar. Todo o tipo de gênero e personagens foi explorado pela Ebal nesse formato. Histórias em quadrinhos de ficção cientifica, faroeste, terror e guerra ganharam títulos próprios. Heróis hoje esquecidos pelo grande público, ou que demoraram a ganhar revista própria pela Panini e Abril, foram logo publicados sem ser em antologias e mixes, como Zorro, Sargento Rock, Tarzan, Korak, Tor, Mulher-Maravilha, Shazam, Homem-Borracha, Richard Dragon, Karatê Kid, Kamandi, Hércules, O Mutante, Soldado Desconhecido, Escalpador, Monstro do Pântano, Caçadores de Estrelas, Superboy, Superamigos e muitos, muitos outros.

E eis que, nesse vídeo, Alexandre Callari desenterra esses clássicos quadrinhos de sua coleção para mostrá-los a todos nós e contar a maravilhosa história dessa fase editorial da Ebal no Brasil, que durou tantos anos e nos trouxe tanto material de qualidade.

LOJA OFICIAL DO PIPOCA & NANQUIM:

📱 http://www.lojadopn.com.br

◾ PARTICIPE ENVIANDO SUA CORRESPONDÊNCIA: 

📩 Caixa postal 78913  CEP 05061-970  – São Paulo/SP

◾ Curta nossa FANPAGE no Facebook:
http://www.facebook.com/Pipocaenanquim
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
◾ Siga o Pipoca e Nanquim no TWITTER:
http://twitter.com/PIPOCAENANQUIM
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
◾ Inscreva-se em nosso CANAL NO YOUTUBE:
http://www.youtube.com/pipocaenanquim
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
◾ Siga o INSTAGRAM do Pipoca e Nanquim:
http://instagram.com/pipocaenanquim

– Daniel Lopes: http://instagram.com/danielgillopes
– Bruno Zago: http://instagram.com/zagaiada
– Alexandre Callari: http://instagram.com/alexandrecallari
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
📩 E-mail para SUGESTÕES, CRÍTICAS, ELOGIOS E DÚVIDAS:
[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *