Os bastidores da TRADUÇÃO de um quadrinho sul-coreano! Live com a tradutora de A ESPERA

✨ A ESPERA: https://amzn.to/2TobMtF
⚡ Pré-venda de HISTÓRIAS ASSUSTADORAS PARA CONTAR À NOITE (30% OFF, de R$ 59,90 por R$ 41,90 até 14/09): https://amzn.to/2WXu5aT

A Profa. Dra. Yun Jung Im, tradutora do nosso lançamento A Espera, de Keum Suk Gendry-Kim, fez mestrado em Literatura Moderna da Coreia na Universidade Yonsei, uma das mais tradicionais universidades coreanas, e doutorado em Comunicação e Semiótica na PUC de São Paulo, sobre tradução poética. Já traduziu dezenas de livros coreanos para o português, e recebeu duas vezes o Prêmio Coreano de Tradução Literária, em 2001 e 2014. É fundadora e coordenadora do curso de Língua e Literatura Coreana da USP, o único curso universitário em língua coreana do país.

✨ Canal Poesia Coreana: https://www.youtube.com/channel/UC1pbdbUDYQTau3DmQaBGziA

SINOPSE DO MANHWA:

Keum Suk Gendry-Kim, a premiada autora sul-coreana de Grama, apresenta sua nova graphic novel a tratar dos males da guerra: A Espera.

A obra surgiu de uma revelação que a artista teve em seu núcleo familiar: sua própria mãe foi separada da irmã durante a Guerra da Coreia. Keum veio a descobrir depois que isso não era algo tão incomum entre o povo coreano, que teve a vida completamente alterada quando Sul e Norte se lançaram em um combate armado nos anos 1950.

A partir daí, entrevistando a mãe e outras vítimas de separações forçadas como essa, nasceu A Espera, assumindo contornos documentais e pessoais que lhe são muito caros e que influenciaram completamente os rumos deste emocionante quadrinho.

Jina é uma romancista filha de Gwija, uma senhora coreana que, aos dezessete anos, foi obrigada a se casar com alguém que não conhecia para escapar do destino cruel de servir às tropas japonesas como “mulher de conforto” na Segunda Guerra Sino-Japonesa. Apesar de esse ter sido um casamento forçado, Gwija encontrou a felicidade; mas ela durou pouco. Separada do marido e do filho durante a Guerra da Coreia, ela conseguiu chegar ao Sul e recomeçar com uma nova família, porém sem jamais esquecer da antiga. Então, a caçula Jina prometeu ajudá-la a encontrar seus amores de outrora, só que, tendo se passado 70 anos desde a trágica separação, essa espera tem se tornado cada vez mais aflitiva e desesperançada, afastando Gwija, agora uma idosa de saúde frágil, do sonho de rever os entes queridos e fazer as pazes com o passado. Ao mesmo tempo, Jina se martiriza com a promessa não cumprida que fez à mãe, o que resulta em uma trama forte e tocante que envolve o leitor a cada virada de página.

Conforme escreveu o jornalista e quadrinista Joe Sacco, autor de Palestina e Notas sobre Gaza, “A Espera é uma reflexão comovente, lindamente desenhada e magistralmente contada, de como a História se impõe, separa as pessoas e deixa tantas vidas sem solução.”

A edição da editora Pipoca & Nanquim foi traduzida diretamente do coreano, tem 252 páginas em papel offset 90g, capa dura, sobrecapa macia ao toque e com verniz localizado, lombada redonda e fitilho de tecido.

————-
CAIXA POSTAL 81382
CEP 08050-970 São Paulo/SP

NOSSOS LINKS:
– Site e loja virtual: https://pipocaenanquim.com.br
– E-mail: contato@pipocaenanquim.com.br
@pipocaenanquim
@alexandrecallari
@zagaiada
@danielgillopes

#aespera #quadrinhos #hqs
Os bastidores de TRADUÇÃO de um quadrinho sul-coreano! Live com a tradutora de A ESPERA
https://youtu.be/nKqzfTuGmVE

VER MAIS
Cadastre-se e seja o primeiro

Está buscando o quê?