Um Pedaço de Madeira e Aço

Com sua arte inigualável, seu excepcional domínio do preto e branco, e em uma narrativa totalmente sem balões, o quadrinista Chabouté (Moby Dick, Solitário), explora o dia a dia de uma comunidade por meio de um objeto muitas vezes ignorado: um banco de praça. Edição com capa dura com acabamento soft touch, lombada redonda e fitilho marcador.

Cadastre-se e seja o primeiro

Está buscando o quê?