Satsuma Gishiden Vol. 3

Hiroshi Hirata

Terceiro (e último) volume da mais consagrada obra do grande mestre dos mangás de samurai, Hiroshi Hirata, que chega ao Brasil numa luxuosa coleção! Este é o trabalho de um autor no auge de seu talento, que revela a brutalidade e a rebeldia dos homens convivendo lado a lado com temas como honra, companheirismo e dignidade.

R$69,90

Fora de estoque

• Formato 15,5 x 22 cm
• 436 páginas em preto e branco
• Capa cartão com sobrecapa com verniz em alto relevo
• Miolo em papel pólen bold 90 g/m²
• Acompanha marcador de página exclusivo

Normalmente comprados juntos:

++
Preço total:   R$174,70
  • "Com muito cuidado histórico, Satsuma Gishiden é uma série de mangás envolvente que vai melhorando a cada livro, e consegue manter em todas as edições boas doses de ação e drama."
    Fora do Plástico
  • "Satsuma Gishiden é uma excelente série que é contada de forma magistral por Hiroshi Hirata."
    Bernardo Righi, Vida de Colecionador
CONHEÇA MAIS

A época dos samurais é repleta de histórias de grandes proezas em batalha e de sistemas profundamente arraigados na honra e disciplina, mas, por trás desse rígido código de conduta, uma sociedade se despedaçava.

Com o longo período de paz trazido pelo resultado da Batalha de Sekigahara, em 1600, conflitos nos sistemas de classes e a necessidade de uma nação unida acabaram com os velhos modos de combater dos samurais, que perderam seu propósito de vida de uma hora para outra. Sem opção, eles passaram a se digladiar diariamente com o severo código de honra que norteava suas vidas, enquanto buscavam se adequar aos novos tempos.

E nenhuma província tinha mais samurais treinados para a guerra do que Satsuma, o que fazia dela a região mais temida pelo Xogunato. Lá, esse clima de apreensão ganha ares de rebelião quando uma ordem expressa do governo demanda a realização de uma obra quase impossível de ser executada, o que só poderia significar que as autoridades buscavam a derrocada do clã. O acirramento dos ânimos desses homens levará a desdobramentos que poderão tanto glorificá-los pela eternidade como decretar sua desgraça de uma vez por todas.

Satsuma Gishiden é um clássico gekigá (mangá de temática realista) sobre o começo do fim da era dos samurais. Publicado originalmente no Japão de 1979 a 1982, ele agora é apresentado em uma coleção fechada aos leitores brasileiros, em três volumes com sobrecapa com verniz localizado de alto relevo, papel de alta gramatura, miolo colado e costurado para o melhor manuseio na leitura, e marcador de páginas diferente em cada edição.

SOBRE O AUTOR

Hiroshi Hirata

Considerado uma lenda viva no Japão, Hirata nasceu em 1937 no distrito de Itabashi, em Tóquio. A carreira como desenhista teve início aos 21 anos, quando, após um encontro casual com um amigo dos tempos do ensino médio, Hirata, por motivos financeiros, se interessou pelos mangás e elaborou uma história de dezesseis páginas em apenas uma noite (Aizou Hissatsuken; “A Espada Mortal do Amor e do Ódio”, em tradução livre). Esse foi seu primeiro trabalho, que ele imediatamente conseguiu publicar, em 1958.

Seu estilo revela traços audaciosos e um grande conhecimento histórico de sua terra natal. Não por acaso, foram os gekigás, dramas com temática adulta e realista, que construíram sua trajetória. As tramas do autor costumam ser focadas nos menos favorecidos, que confrontam os interesses dos ricos e daqueles que detêm o poder.

Hirata foi o autor homenageado do Festival de Angoulême em 2009, na França, e em 2013 a Associação de Cartunistas do Japão concedeu a ele o prêmio MEXT (Ministério da Educação, da Cultura, dos Esportes, da Ciência e da Tecnologia do Japão).

Além de O Preço da Desonra: Kubidai Hikiukenin, publicado originalmente de 1971 a 1973, Hirata também é conhecido por diversas outras obras de samurai, sendo a principal delas a série Satsuma Gishiden: Crônicas dos Leais Guerreiros de Satsuma (1978), e pela criação da caligrafia do título do mangá Akira, de Katsuhiro Otomo.

Calígrafo renomado, apaixonado pela esposa e vidrado em eletrônicos de todos os tipos, de rádios a computadores, Hiroshi Hirata faz parte de um seleto rol de autores cujos trabalhos se engrandecem mais e mais com a passagem do tempo.

Como conteúdo extra gratuito deste lançamento, foi disponibilizada aqui mesmo nesta página uma grande entrevista com Hiroshi Hirata, feita pelo editor japonês Kentaro Takekuma e traduzida por Drik Sada (mesma tradutora do mangá), que fala bastante sobre sua vida e obra, ilustrada com dezenas de fotos. Conheça mais profundamente esse mestre dos mangás simplesmente clicando no botão “entrevista” no topo desta página.


Assista ao vídeo

Você também pode gostar de…