O Último Voo das Borboletas

Kan Takahama

Japão, Nagasaki, século XIX. No glamoroso bairro de Maruyama, um lugar em que línguas orientais misturam-se aos acordes finos do tradicional shamisen, uma encantadora cortesã de luxo conhece um renomado médico estrangeiro, e a relação de ambos vai descortinar uma triste e secreta história de amor e morte.

R$44,90

222 em estoque

• Formato 15,5 x 22 cm
• 172 páginas em preto e branco
• Capa cartão com impressão metalizada e sobrecapa
• Miolo em papel lux cream 80 g/m²
• Acompanha marcador de página exclusivo

COMPLETE SUA COLEÇÃO

++
Price for all:   R$154,70
  • “Este é um mangá que precisa ser lido. A história de uma bela cortesã, vivendo num período que sabemos que existiu, mas do qual conhecemos muito pouco. Destaque para a arte minuciosa e o primor da narrativa, que fazem o nosso coração tremer. Kan Takahama se aperfeiçoa a cada trabalho lançado.”
    Jiro Taniguchi, Guardiões do Louvre
  • “Kan Takahama, com uma narrativa sábia e poderosa, convida o leitor a ir além do que é mostrado, a compreender o não dito, a superar a aparência externa dos esplêndidos quimonos e penteados vistosos e imaginar a vida dessas jovens, marcadas por dores e traumas.”
    Lo Spazio Bianco
  • “Temos acompanhado o estilo delicado de Kan Takahama desde os seus primeiros trabalhos, e, com este mangá, podemos dizer que ela cruzou uma nova fronteira, que certamente a levará ao mais alto dos picos, onde se encontram os maiores quadrinistas do mundo.”
    Benoît Peeters & François Schuiten, Les Cités Obscures
  • “Um mangá diferente do convencional, O Último Voo das Borboletas, de Kan Takahama, conquista pelo roteiro bem amarrado e pelas belas ilustrações.”
    Fora do Plástico
  • “O bom gosto permeia este mangá lançado pela Pipoca & Nanquim. Na narrativa calma de Kan Takahana, a HQ apresenta um retrato instigante do Japão do século 19 e da realidade vivida pelas mulheres dos bordéis da época.”
    Gustavo Vícola, Mundo dos Super-Heróis
  • “Um verdadeiro caldeirão de influências que se tornam uma obra bela. A ideia não é construir uma arrebatadora história de arroubos chocantes, mas sim uma contínua e decrescente cadeia de eventos que denunciam a frugalidade de nossas vidas.”
    Raphael Ranieri, Formiga Elétrica
CONHEÇA MAIS

A renomada mangaká Kan Takahama nos traz um recorte singular de um momento turbulento do Japão, quando, no século XIX, se encerrava a Era Edo e se iniciava a Era Meiji, com as forças do xogunato recuando e as fronteiras do país começando a se abrir para negócios com nações estrangeiras. Enquanto uma parte da população temia que uma invasão ocidental irreversível atingisse o Japão em seu âmago, outra porção enxergava essa interação com bons olhos. É nesse panorama de grandes mudanças que acompanhamos a história de Kichou, uma tayu (prostituta de alta classe) que se encontra no topo da hierarquia do bordel onde oferece seus serviços.

Vivendo dia após dia como a profissional do ramo mais cobiçada do luxurioso bairro de Maruyama, em Nagasaki, Kichou, ao contrário de suas colegas, não vê problema algum em ter que atender clientes de outras nacionalidades… até que sua vida se cruza com a de um médico holandês, e a relação de ambos vai revelar que, por trás de uma fachada de austeridade e resignação, ela esconde um trágico segredo.

Uma trama com passagens ao mesmo tempo ásperas e cruéis, mas que também evoca uma beleza indelével, despertando um tipo de fascinação que só poderia ser causada pelo talento e sutileza de Kan Takahama. Seu cuidado em ambientar uma ficção dentro de um cenário que realmente existiu traz ainda mais destaque para a obra, pois o nível de detalhes que sua arte e enredo alcançam para retratar o cotidiano japonês da época impressionam até mesmo grandes conhecedores dos costumes e da história do Japão.

Edição completa em um único volume, com o acabamento luxuoso que os fãs colecionadores exigem para sua biblioteca, e que traz também um posfácio da autora, contando um pouco sobre a pesquisa histórica que fez para enriquecer sua narrativa, e um glossário com notas explicativas que engrandecem ainda mais a experiência de leitura.

O mangá foi impresso em papel lux cream de alta gramatura, com encadernação colada e costurada para garantir o melhor manuseio e acabamento, capa cartão de alta gramatura impressa em cor metalizada, sobrecapa com reserva de verniz highprint e marcador de página exclusivo.

SOBRE A AUTORA

Kan Takahama

Premiada no Japão e bastante reconhecida pelo alto nível de suas obras, muitos dos trabalhos de Kan Takahama já foram traduzidos e lançados na França, e agora estão começando a ganhar o mundo todo.

Nascida em Amakusa, na província de Kumamoto, Japão, e graduada pela Escola de Arte e Design da Universidade de Tsukuba, ela é a autora de obras como Yellowbacks (2002), Mariko Parade (2003, em coautoria com Frédéric Boilet), Awabi (2004), Nagiwatari (2006), Two Espressos (2010), Sad Girl (2012), Yotsuya-ku Hanazono-cho (2013) e Nyx no Lantern (2016), entre outras.

Em 2019, a Associação Francesa de Críticos de Quadrinhos (ACBD), durante a premiação da Japan Expo Paris, a maior feira de cultura nipônica fora do Japão, listou La Lanterne de Nyx (Nyx no Lantern), série spin-off de O Último Voo das Borboletas, como um dos cinco melhores mangás lançados na França naquele ano.

A artista é um dos principais expoentes da nouvelle manga, movimento artístico cuja proposta é juntar a experimentação narrativa dos mangás com a força da imagem dos quadrinhos franco-belgas e a atmosfera intimista dos filmes da nouvelle vague.

Seus mangás costumeiramente abordam mulheres que precisam encontrar sua força de superação dentro das limitações que lhes são impostas por pressões sociais e/ou históricas, em épocas que ainda não tinham um papel de protagonismo na sociedade e eram julgadas pelo tipo de vida que levavam (ao mesmo tempo em que eram cobradas sobre o que é ser “mulher”), ou por sofrerem com comportamentos machistas que lhes restringem a liberdade. São personagens que, apesar das privações, fazem a sua vontade prevalecer, usando o que têm à mão para sobrepujar as distorções que as afligem das mais diversas formas.

O nome de sua gata de estimação é Shiratama, uma das personagens centrais de O Último Voo das Borboletas e Nyx no Lantern.


Assista ao vídeo

Você também pode gostar de…