CALAFRIOS

Junji Ito

Uma edição em capa dura com a seleção dos contos favoritos do mestre do macabro, Junji Ito; aqueles que ele mais gostou de produzir ao longo de sua carreira de 35 anos trabalhando com mangás de horror!

* 30% OFF até 26/agosto/2022

R$62,90

• Formato 15 x 5 x 22 cm
• 412 páginas
• Capa dura
• Marcador de página exclusivo
• Dez histórias fechadas
• Miolo em papel pólen bold de alta gramatura

CONHEÇA MAIS

Uma edição em capa dura com a seleção dos contos favoritos do mestre do macabro, Junji Ito; aqueles que ele mais gostou de produzir ao longo de sua carreira de 35 anos trabalhando com mangás de horror!

Um disco misterioso que fascina de maneira sinistra todos que o ouvem; balões assassinos que têm o formato da cabeça de suas vítimas; uma modelo fotográfica que perturba a mente daqueles que a veem; uma casa tomada por gordura com dois moradores nojentos; um homem atormentado por sonhos que duram séculos… Essas são apenas algumas das tramas grotescamente inventivas reunidas nesta edição.

Publicada no Japão em 2015 pelo selo Asahi Comics, da editora Asahi Shimbun, e também conhecida em inglês como Shiver, esta coletânea reúne nove das histórias preferidas de Junji Ito, acompanhadas de extras que apresentam a concepção de cada uma delas, com páginas do caderno de rascunhos do autor, de onde saem todas as suas ideias, e textos contando como curiosidades banais de sua vida se transformaram em imagens de gelar a espinha! Ao final, o volume ainda traz um conto inédito, feito exclusivamente para esta publicação.

Depois de publicar com sucesso Tomie, Frankenstein e A Sala de Aula que Derreteu, a editora Pipoca & Nanquim tem o orgulho de trazer para o Brasil mais uma obra do mestre dos mangás de horror! Todas as dez histórias desta edição são fechadas, e estão impressas em 412 páginas em papel polén bold de alta gramatura, acompanhadas de um marcador de página exclusivo.

SOBRE O AUTOR

Junji Ito

Nascido na província de Gifu, Japão, em 1963, Junji Ito trabalhou como técnico de próteses dentárias antes de abraçar a carreira de autor de mangás de horror, nos quais se especializou. Sua primeira obra na área editorial foi Tomie, publicada em 1987. Este título, além de receber uma menção honrosa no Prêmio Kazuo Umezu, em 1988, abriu as portas para que ele conquistasse muitos leitores por meio de histórias incômodas, estranhas e perturbadoras, amparadas por uma arte chocante e sem paralelos. Outras de suas grandes criações incluem Uzumaki, Gyo, Sensor, A Sala de Aula que Derreteu e Remina, além de coletâneas como Fragmentos do Horror, Calafrios e Smashed. Em 2019, Ito ganhou o Prêmio Eisner nos Estados Unidos, na categoria Melhor Adaptação de Outra Mídia, ao transpor para os mangás o clássico romance Frankenstein. Em 2021, ganhou novamente, nas categorias Melhor Roteirista e Artista, pelas obras Remina e Venus in the Blind Spot, e Melhor Edição Norte-Americana de Material Internacional – Ásia, com Remina.


Assista ao vídeo

Você também pode gostar de…