Minha Estante #59 – Nuno Amado

Salve, salve, amigos dos Pipoca e Nanquim!

É com muita honra que apresentamos a vocês mais uma edição da coluna Minha Estante.
Essa é uma entrevista muito especial, pois marca um passo além na nossa iniciativa… atravessar o oceano! Isso mesmo, depois de mostrar as estantes de colecionadores de todo o Brasil, chegou a hora de conhecer o acervo de Nuno Amado, que mora em Portugal.

Espero que curtam muito e deixem seus comentários.

Nuno Amado Leituras de BD

Olá, Nuno! Muito obrigado por topar participar dessa entrevista. Para começar nos conte um pouco sobre você, onde nasceu, mora, o que faz na vida profissional?

Olá, Daniel.
Nasci no Ribatejo, província central de Portugal, e acabei vindo morar em Oeiras (perto de Lisboa) aos oito anos. Foi aqui que passei toda a minha juventude, só saindo quando me alistei na Força Aérea Portuguesa. Neste momento a minha profissão é Técnico de Manutenção Aeronáutica – Motores de Avião na TAP Portugal.
(E continuo a morar em Oeiras…)

Quando você começou a se interessar por quadrinhos?

Foi aos oito anos. O meu pai ofereceu-me a revista Tintim nº 12 do 4º ano, nunca mais me esqueci, embora já não tenha essa revista há décadas…
Naquele mesmo ano, descobri no sótão da minha avó duas revistas Marvel (penso que da Ebal), uma com o Quarteto Fantástico e outra com Namor e Hulk. A partir daí nunca mais parei até ter entrado na Força Aérea…

Você se lembra da primeira vez que se viu fascinado por uma HQ? Qual foi a história ou revista?

Num curto período de tempo, que aconteceu na passagem à adolescência, tive na minha mão os três títulos que mais me marcaram nas HQ:
Incal;
– Passageiros do Vento;
– Bela mas Perigosa.

Quando aconteceu a mudança de leitor ocasional para colecionador inveterado?

Nunca fui um leitor ocasional. Depois da minha primeira revista Tintim colecionei todos os números que o meu pai comprou pra mim. Entretanto a revista Tintim ficou cara e comecei a colecionar os formatinhos da editora Abril, a Mundo de Aventuras, Asterix em álbuns, entre outras séries que saiam nos anos 1980.
Infelizmente quando casei e mudei de casa, durante essa mesma mudança desapareceu metade da minha colecção. Quando mudei de casa novamente, passados cinco anos, desapareceu o resto. Cheguei à conclusão de que os trabalhadores de mudanças gostam muito de HQs… a partir daí não comprei mais quadrinhos até por volta dos anos 2000. Aí comecei novamente a comprar, visto que a Devir estava em força e com alguns bons títulos. Em 2004 aconteceu a desgraça… o vício bateu forte depois de tantos anos adormecido e decidi que queria recuperar todos os livros desaparecidos da minha juventude, e até hoje não parei!

Quantas HQs você tem?

No formato livros tenho cerca de 2500, em revistas e formatinhos serão mais 500/600.

IMG_4269

1071438_10203455790254434_1039988193_o 1926249_10203455791614468_398909923_o

Quais são os principais itens de sua coleção, séries e minisséries completas, encadernados de luxo, edições raras, etc?

Tenho alguns livros de valor. Mas as minhas pérolas são mesmo os 26 livros em formato Absolute (capa dura e com caixa) e o John Romita’s Spider-Man – Artist Edition, da IDW (formato extra gigante – A3 com scans de alta qualidade feitas a partir das páginas originais).

Qual o item mais raro de todos?

Bom, eles estão sempre a variar de preço no mercado paralelo. Mas posso destacar os dois Absolute Authority, o Absolute Planetary vol.1 (1ª edição), Umbrella Academy Deluxe Edition Vol.1, John Romita’s Spider-Man – Artist Edition, enfim, todos os encadernados de luxo atingem bom valor…

IMG_4319 IMG_4321IMG_4322

E qual foi a maior raridade que já comprou pelo menor preço?

Em relação a preço versus raridade vem-me logo à cabeça o Clic 3 em capa dura da editora Meribérica, que me custou 5€ novo há uns meses… andei anos à procura desta edição que nem tem preço porque simplesmente não aparece à venda em lado nenhum. A única vez que vi um à venda foi num alfarrabista (sebo) muito maltratado e tinha um preço de 100€.

Você compra HQs importadas?

Sim, grande parte da minha coleção é em inglês, aliás, já é a maior parte da minha coleção. As publicações portuguesas são poucas e curtas, por isso me virei para livros em inglês.

Onde costuma comprá-las?

Amazon e Book Depository essencialmente.

IMG_4276 IMG_4277 IMG_4278 IMG_4284 IMG_4285 IMG_4292 IMG_4296

Possui algum item autografado?

Tenho muitos livros autografados em festivais de HQ. Podia ter mais, mas não tenho “pachorra” para estar de pé durante horas à espera de um autógrafo. Prefiro estar com amigos, a visitar o festival, ir às zonas comerciais procurar algum livro que me interesse. Se de repente houver uma abertura numa fila, aí eu avanço!

Como você guarda sua coleção de HQs? E qual técnica usa para conservá-las?

Guardo em móveis com os livros, todos na vertical. Não ponho os livros uns por cima dos outros… (só alguns formatinhos). Tenho um desumificador por causa da umidade no inverno, e tenho uma cortina para entrar o menos Sol possível na sala onde estão os livros: a minha Bedeteca!

Todo colecionador tem manias, seja um ritual para leitura, uma bela cheirada na revista nova ou nunca se desfazer de nada, qual é a sua?

Eu lavo as mãos, retiro a dust cover (se o livro tiver), acendo a luz de leitura por cima do sofá e sento-me confortavelmente…

IMG_4271 IMG_4272 IMG_4273 IMG_4274 IMG_4275 IMG_4281 IMG_4282 IMG_4283 IMG_4289 IMG_4290 IMG_4294 IMG_4316

Tem algum item que quer muito ter, mas está praticamente impossível de encontrar?

Tenho muitos!!! Ahahahhaha
Neste momento ando à procura de um Hawkman Vol.1 DC Archive por preços decentes, e de um Mouse Guard que também está esgotado e com preços muito “salgados”. Esses são os dois livros de que eu ando mesmo à procura neste momento.

Qual foi sua última leitura e qual está sendo a atual?

A minha última leitura foi o Óh, Miúdas do autor Lepage, e neste momento estou a ler o Omnibus Hack/Slash Vol.4 do Tim Seeley.

Quais são seus 10 quadrinhos brasileiros favoritos?

Bem, o meu conhecimento dos quadrinhos brasileiros não é muito grande, mas adorei o Daytripper, Piratas do Tietê, 10 pãezinhos, Encantarias – A Lenda da Noite, Astronauta – Magnetar, enfim… deve haver outros tantos na minha coleção de que eu não me estou a lembrar neste momento!

IMG_4270 IMG_4279

Além de quadrinhos, você também possui outras coleções?

Claro… todo o bom colecionador de Banda Desenhada TEM de colecionar figurinhas!
Possuo 100 figuras de chumbo DC e 50 da Marvel, tudo em chumbo da marca Eaglemoss; possuo muitos Smurfs, vários Dragões McFarlane em PVC e tenho muitos Elfos e Guerreiros a cavalo também em PVC.

IMG_4297 IMG_4299 IMG_4300 IMG_4301 IMG_4305 IMG_4310 IMG_4313

Obrigado pelo papo, Nuno! Para finalizar, deixe um recado para os leitores do Pipoca e Nanquim e colecionadores do Brasil.

Leiam, leiam muito!
Não sejam preconceituosos em relação aos vários tipos de quadrinhos. Sei que no Brasil a maioria dos leitores ou são “Marvettes” ou “DCnautas”… isso é muito curto!
Leiam HQ Europeia, e leiam HQ Japonesa! Não se prendam com preconceito, quem gosta MESMO de HQ tanto lhe faz de onde vem, se é a cores ou a preto e branco, capa dura ou mole, se se lê da direita para a esquerda ou ao contrário! Desde que tenha qualidade e prazer na leitura todos os gêneros são válidos. Eu sempre evitei Mangá. Até que li o primeiro. A partir daí acabaram os preconceitos! Existem muitos Mangás de alta qualidade!

E tentem a BD Europeia… é de grande qualidade! Não se fiquem por super-heróis… aliás, nos EUA tem muita HQ sem ser de super-heróis e de grande qualidade!

Alarguem as vossas prateleiras a coisas novas!
E claro… apoiem a HQ brasileira de qualidade, porque ela existe e precisa de ser acarinhada.

Um abraço a todos!

IMG_4325 IMG_4291IMG_4302IMG_4286IMG_4295 IMG_4296 a IMG_4318

 

Minha Estante é um espaço pra você, colecionador de HQs, mostrar sua coleção, falar sobre prazeres e vicissitudes desse hobby, conhecer outros fãs e proporcionar aquela inveja boa.

Convidamos a todos que possuem belas coleções de quadrinhos a mostrarem elas aqui!

É só mandar um e-mail para [email protected] dizendo alguns detalhes (números de revistas, itens raros e particularidades) que em seguida combinamos a entrevista.

Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

  1. Reportagem horrível, ridícula… ok ok, tô de brinks, é que bateu a inveja aqui! Entrevista sensacional! Parabéns e obrigado pessoal!!!

  2. Que coleção espetacular. Sensacional!
    Vida longa ao colecionismo!!

    Fiquei feliz. O site do P&N voltou à vida. Legal. ; )
    Um abraço, pessoal.

  3. Muito bonita sua coleção, eu fiquei babando aqui por aquela coleção de Star Wars. hahah

    Eu sempre tenho o costume te procurar nas coleções das pessoas, o mangá de Vagabond, pois é bem complicado a situação aqui no Brasil, pelo fato de terem parado de publicar tempo atrás (mas voltaram esse ano, porém com um preço absurdo de R$40,00, sendo que pago menos de U$10).

    Mantenho essa minha coleção na versão americana, comprando sempre na BD também, apesar de demorar muito para chegar aqui no Brasil!

    Parabéns Nuno, é sempre legal ver essas coleções, e a sua está muito bonita!

    • Obrigado!
      🙂
      A minha colecção Star Wars já está completa: 70 volumes!
      Vagabond já vou com 8 volumes dos VizBig, estou quase a chegar ao 11º que foi o último que saiu!
      😀

  4. Parabéns pela coleção, realmente fantástica! De deixar o queixo caído. E parabéns também ao Pipoca e Nanquim. Vida longa ao “minha estante”.

  5. Nuno, vi umas versões encadernadas na sua estante que fiquei muito curioso em saber como você fez, são as revistas capa de livro do x-men e do homem aranha. Você mandou encadernar? tirou as capas originais ou as manteve?

    Parabéns pela coleção.

    • Obrigado! 🙂

      Esses livros foram encadernações que fiz das revistas da Devir que saíram à volta do ano 2000 aqui em Portugal. Tinha duas soluções, ou vendia ou encadernava. Optei por encadernar e ficou muito bem!
      Mantive as capas originais sim, apenas foram retirados os agrafos e as páginas guilhotinadas para ficar tudo do mesmo tamanho. Ficou com uma qualidade muito superior aos Omnibus da Marvel! 😉

  6. Isso me deprime, cara, sério.

    A inveja mata e nem sei por que vivo depois dessa.

    Parabéns a todos os envolvidos nesta publicação.

    • [email protected], obrigado. Penso que qualquer pessoa consegue ter um livro que gosta na minha colecção. Tento ter de tudo, Comics, Manga, BD Europeia, Manhua, de autor, ilustração, alternativa, enfim… gosto de HQ e não tenho tipicamente um estilo preferido. Gosto de tudo desde que me agrade a leitura.
      😉

  7. Amigos, perdoem-me eu não ter respondido atempadamente, mas nunca recebi as notificações de comentários aqui deste artigo. Devo ter feito algo errado visto que tinha pedido para ser notificado caso houvesse algum comentário… desculpem.
    Vou responder agora, já não deve ir a tempo, mas pronto… 🙁

    Abraço a todos