BLOOD: UMA HISTÓRIA DE SANGUE, de J.M. DeMatteis & Kent Williams

BLOOD: UMA HISTÓRIA DE SANGUE

J.M. DeMatteis & Kent Williams

O quadrinho tem pré-venda exclusiva na Amazon, com um cupom que concede mais 15% de desconto, BLOOD15 (válido até 29/08/2018).

Link: http://bit.ly/bloodpn

Um bebê é encontrado por uma jovem em um rio e criado até o início da idade adulta, quando é deixado aos cuidados do Monastério para ser iniciado nos ensinamentos de Deus. Quando o rapaz descobre que não é a mão divina que escreve os livros que regem sua doutrina, mas sim a de seu mentor, ele se sente traído e parte, mas não sem antes assassinar o homem, em um acesso de fúria.

Sem rumo certo, ele dá início a uma jornada de autoconhecimento, até se deparar com uma tribo de vampiros em uma floresta que, contra a sua vontade, o transforma em um deles. Nesse dia nasce Blood, o vampiro…

Escrita pelo lendário J.M. DeMatteis (Moonshadow, Homem-Aranha: A Última Caçada de Kraven) e com a estupenda arte pintada de Kent Williams (Wolverine e Destrutor: Fusão), BLOOD: UMA HISTÓRIA DE SANGUE narra uma jornada metafórica pelos caminhos do interminável ciclo da vida para encontrar as sementes da redenção e do amor eterno. Uma vida tomada pela sede de sangue.

A edição da Editora Pipoca & Nanquim compila todas as quatro partes da história em 196 páginas coloridas, papel de alta gramatura e capa dura com verniz localizado e cor especial.

OS AUTORES:

J.M. DeMatteis – Nascido e criado no Brooklyn, em Nova York, John Marc DeMatteis era músico profissional e jornalista musical antes de entrar para o mercado de histórias em quadrinhos, no final dos anos 1970. Ele escreveu os principais ícones da DC e Marvel Comics – incluindo memoráveis sagas do Homem-Aranha, como a clássica A Última Caçada de Kraven, e Doutor Estranho: Shamballa. Também fez Liga da Justiça Internacional (pela qual, com seus parceiros, Keith Giffen e Kevin Maguire, recebeu o Prêmio Eisner); mas foi aclamado principalmente por suas graphic novels originais extremamente sofisticadas, como Seekers Into the Mystery, Blood: Uma História de Sangue, The Last One, Mercy, a autobiografia Brooklyn Dreams e a paradigmática Moonshadow, com arte de Jon J. Muth, Kent Williams e George Pratt. Seu sucesso nos quadrinhos o levou a trabalhos na televisão, onde escreveu roteiros para Liga da Justiça Sem Limites, Batman: Os Bravos e Destemidos, Os Jovens Titãs em Ação!, Constantine: City of Demons, entre outros; e no cinema colaborou com Batman vs. Robin e a sequência Batman: Sangue Ruim. Recentemente, cuidou dos roteiros de Scooby Apocalipse, para a reformulação do Universo Hannah-Barbera lançada pela DC Comics.

Kent Williams – Formado pelo Pratt Institute, de Nova York, Kent Williams tem uma longa lista de louvores por seus trabalhos como pintor, desenhista, ilustrador e quadrinista. Entre eles, o prestigioso Prêmio Yellow Kid, no festival de quadrinhos de Lucca, na Itália. Entre suas obras nos quadrinhos estão as graphic novels Blood: Uma História de Sangue, Wolverine e Destrutor: Fusão e The Fountain, do cineasta Darren Aronofsky. Ele fez exposições solo de suas pinturas em Nova York, Los Angeles, São Francisco, Sundance e muitas outras galerias. Atualmente, Williams mora em Los Angeles, com seus dois filhos, Kerig Sun e Ian Kai, e com a companheira Soey Milk.

FICHA TÉCNICA

– Editora Pipoca & Nanquim
– Formato: 17×26 cm
– 196 páginas
– Miolo em papel couchê 115g/m2
– Capa dura com aplicação de verniz e cor especial
– 1ª edição – agosto/2018.
– Preço: R$ 59,90
– ISBN: 978-85-93695-12-4
– Tradução: Bernardo Santana
– Pré-venda exclusiva na Amazon: http://bit.ly/bloodpn

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Tenho a primeira versão em 4 edições da editora Abril, considero a arte dessa hq fenomenal! Preciso reler, porque na época com 15 anos de idade achei a história confusa, assim como a de Moonshadow, do mesmo autor. Talvez uma nova leitura me faça admirar ainda mais esse trabalho… ou ficar ainda mais pirado, rs….

  2. Pingback: Pipoca e Nanquim | A Arte de Charlie Chan Hock Chye | Um Lugar sem Muito Sentido

  3. Pingback: Pipoca e Nanquim | Blood | Um Lugar sem Muito Sentido