Conheça a Coleção de Graphic Novels da DC, da EagleMoss

Atualmente, vários novos leitores querem começar a ler quadrinhos, porém, encontram dificuldade para começar. Ao comprar aleatoriamente uma revista em banca, as chances de pegarem um herói em meio a um arco de história são grandes, de modo que, para compreender a ação, o novo leitor precisa procurar as edições anteriores e provavelmente levará alguns meses até se habituar.

A solução é comprar edições que contenham sagas fechadas, as quais são abundantes hoje no mercado brasileiro. E, recentemente, a EagleMoss disponibilizou no mercado uma belíssima coleção de edições em capa dura, com acabamento de luxo, que compilam justamente algumas dessas principais sagas.

 

DCGNEaglemossVols-1024x281[1]

 

Para o leitor iniciante, é uma oportunidade de ouro para conhecer material clássico e de qualidade, mas, como parte dessas histórias nunca saiu no Brasil num formato luxuoso, trata-se de uma coleção atrativa também para os leitores das antigas.

As edições são caprichadas e, além do arco principal com heróis rotativos, contêm sempre uma história antiga que esteja relacionada ao tema da edição, como uma aventura de origem ou um encontro entre heróis. Fazem parte da coleção verdadeiros clássicos da DC Comics, como Silêncio (de Jeph Loebe e Jim Lee), Batman: Morte em Família (a história que traz a morte do segundo Robin, Jason Todd) e O Homem de Aço (a reformulação mais clássica da origem do Superman, por John Byrne). Até o momento, quinze edições já foram lançadas num esquema de distribuição setorizada, mas a boa notícia é que, por meio do sistema de assinaturas, qualquer leitor pode começar a comprar desde o número um, com desconto especial de 10% e uma série de brindes atrativos aos fãs de colecionismo. Para assinar, é só clicar aqui.

Outro detalhe é que a lombada da coleção, uma vez concluída, formará uma belíssima imagem do mestre Alex Ross e a editora ainda promete muitos clássicos, como Arqueiro Verde: O Espírito da Flecha (de Kevin Smith), A Morte do Superman, Justiça e A Nova Fronteira. O Pipoca e Nanquim fez um vídeo com mais detalhes sobre esta bela coleção, que você pode assistir aqui.

 

DCGNEaglemossDestaque[1]

EXORCISMO! A história real que inspirou o clássico O Exorcista

Um fenômeno quase paranormal atingiu o mundo em 1973. Multidões sofreram de náuseas, desmaios, alucinações e calafrios, numa histeria coletiva sem precedentes. Todos aparentemente possuídos por um filme: o já clássico O Exorcista, dirigido por William Friedkin e adaptado do romance que o roteirista Willian Peter Blatty lançara dois anos antes e que completa 45 anos em 2016.

Se a ficção consegue ser tão assustadora, imagine o poder contido na história real? Muitos não sabem, mas a obra-prima de W. Peter Blatty não se trata de uma invenção. Ela foi inspirada num fenômeno ainda mais sombrio, desses que a ciência não consegue explicar: um exorcismo de verdade.

A história real aconteceu em 1949, e você pode conhecê-la — se tiver coragem! — no livro Exorcismo, do jornalista Thomas B. Allen, lançamento da DarkSide Books em 2016.

 

exorcismo-darkside-filme-03

 

Exorcismo narra em detalhes os fatos que aconteceram com Robert Mannheim, um jovem norte-americano de 14 anos. Robert gostava de brincar com sua tábua ouija, presente que ganhou de uma tia que achava ser possível se comunicar com os mortos. Acredite você em coincidências ou não, a verdade é que fenômenos estranhos passaram a acontecer com frequência na casa da família. Como, por exemplo, ruídos de unhas arranhando paredes ou objetos que pareciam se mover sozinhos, inclusive uma Bíblia e um quadro com a imagem de Cristo.

Em pouco tempo, o garoto passou a ser afetado pessoalmente. Mensagens surgiam misteriosamente arranhadas em seu corpo, entre elas a palavra “Hello/Hell” [“Olá/Inferno”]. Sua voz mudava de tom, ele gritava obscenidades enquanto dormia, e quando confrontado por um padre católico – o primeiro dos três exorcistas que o trataram – Robert vociferou em latim, língua que ele nunca havia estudado.

A família se mudou de um subúrbio da capital Washington para o Missouri, e lá dois jesuítas da Universidade de Saint Louis, os padres William S. Bowdern e Walter Halloran passaram a realizar os rituais de exorcismo. Ao todo, Robert passou por cerca de trinta sessões para se ver livre de seu estado psicótico, ou, se você não for cético demais, de seu demônio.

 

post Exorcismo

 

Willian Peter Blatty conheceu a história numa matéria publicada em 20 de agosto de 1949 no Washington Post. Ele passaria as próximas duas décadas recolhendo informações do caso que transformaria num clássico do terror. Robert Mannheim daria lugar à menina Regan, vivida no cinema por Linda Blair.

Já Thomas B. Allen contou com uma santa contribuição para a pesquisa do seu trabalho. Ele teve acesso ao diário de um padre jesuíta que auxiliou o exorcista Bowdern. Como resultado, seu livro é considerado o mais completo relato de um exorcismo pela Igreja Católica desde a Idade Média. Os investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren definiram a obra de Thomas B. Allen como “um documento fascinante e imparcial sobre a luta diária entre o bem e o mal”.

Exorcismo é um livro exclusivo da DarkSide Books, que vem em capa dura e o padrão de qualidade quase psicopata da editora. Ele ainda vem com uma surpresa para os leitores mais audaciosos: uma reprodução da tábua Ouija que pode ser jogada usando o marcador de página. Depois de conhecer a verdade, você terá sangue-frio para tentar se conectar com o outro lado?

 

exorcismo-darkside-ouija

 

Thomas B. Allen é jornalista desde os anos 1950. Na década seguinte, foi contratado e pela divisão editorial da National Geographic, onde contribui como freelancer até hoje. Tem mais de quarenta livros publicados sobre os mais diversos temas, como política internacional, história dos Estados Unidos, guerras, espionagem, romances, vida selvagem e fauna marinha, incluindo alguns títulos sobre tubarões. Exorcismo é seu primeiro lançamento pela DarkSide Books.

 

exorcismo-darkside-capa-finalFicha Técnica
Título | Exorcismo
Autor | Thomas B. Allen
Tradutor | Eduardo Alves
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 254 páginas (estimadas), Limited Edition (capa dura)
Dimensões | 16 x 23 cm

 

O Circo Mecânico Tresaulti agora em capa dura!

Complete sua coleção Darkside® Books em capa dura. Respeitável público, o Circo voltou!

O Circo passou por aqui e deixou saudades. A primeira edição esgotou tão rápido que não foi suficiente para atender o respeitável público, esses novos darksiders que não param de chegar. Sempre que eles descobrem que O Circo Mecânico Tresaulti está esgotado, a comoção é a mesma: “Como assim, tem um livro da DarkSide® Books faltando na minha coleção? Isso não pode ficar assim!”. E não vai mesmo! Pode ir separando um lugar de destaque na sua estante.

Atendendo a pedidos, súplicas, ameaças, subornos, e-mails, posts, comentários e tuítes, é com prazer que anunciamos o relançamento desta pérola perdida. Em 2016, O Circo Mecânico Tresaulti está de volta. E em grande estilo. Quem conhece a DarkSide® sabe o que isso quer dizer: Limited Edition, em capa dura.

Desde o nascimento da editora, no Dia das Bruxas de 2012, a DarkSide® reinventou o lançamento simultâneo de um mesmo título em dois formatos: Classic Edition (brochura) e Limited Edition (capa dura). Alguns títulos já saem exclusivamente na edição luxuosa, que os darksiders apreciam tanto. Em três anos, apenas dois livros foram lançados somente na Classic Edition: A Menina Submersa e O Circo Mecânico Tresaulti. Vocês pediram (suplicaram, ameaçaram etc.) e a DarkSide® relançou A Menina Submersa numa capa dura linda de morrer. Só faltava o Circo. Agora não falta mais.

 

circo-mecanico-tresaulti-limited-edition-darkside-books-banner

 

Ah, a Limited Edition vem com um marcador de livro exclusivo, inédito, mas tão bonito quanto o marcador original.

E para quem ainda não leu (ou releu) O Circo Mecânico Tresaulti recentemente, uma breve sinopse, sem spoilers:

Num mundo pós-apocalíptico, onde as pessoas não tem mais acesso à tecnologias de ponta, uma caravana circense leva esperança por onde passa. Os artistas são sobreviventes de guerra, que tiveram seus corpos mutilados reconstruídos com complexas estruturas mecânicas.

Olha só o que disse o New York Times sobre o livro: “A autora Genevieve Valentine consegue transmitir a riqueza da vida e dos sentimentos de cada artista com uma escrita impressionante”.

Genevieve Valentine já participou de várias coletâneas de novos autores e antologias ao lado de autores consagrados como Max Brooks, Kelly Link, Mira Grant e Joe McKinney. O Circo Mecânico Tresaulti, seu primeiro romance, ganhou o Crawford Award 2012 e foi indicado para o Prêmio Nebula. Seu conto “Light on the Water” foi indicado ao World Fantasy Award 2009, e outro conto, “Things to Know about Being Dead”, foi indicado ao Shirley Jackson Awards 2012. Ela escreve para sites de cultura pop e é amante insaciável de filmes B.

 

circo-mecanico-tresaulti-limited-edition-darkside-books-post1

 

“Uma experiência totalmente desafiadora. […]
O Circo Mecânico Tresaulti é um conto sobre a humanidade,
o significado de ser humano e as escolhas que temos que fazer sobre a vida.”
— BIBLIOTECA DO TERROR —

O Circo Mecânico Tresaulti é uma história que aborda os
sentimentos humanos mais profundos, que traz esperança e lealdade,
mas também é inundada por corações ambiciosos e cheios de ilusões, onde
pessoas vivem no próprio limite da sobrevivência. É uma história que fala,
sobretudo, sobre a árdua busca de recomeços.”
— JULIANA FIORESE —

“Uma história inovadora com personagens extremamente cativantes
e ambientada em um cenário pós-guerra bem estruturado.”
— CHÁ DE PROSA —

“As ilustrações ao longo das páginas atiçam a imaginação
e intensificam a sensação de sentir-se imerso na ambientação sombria,
soturna e, contraditoriamente, reconfortante, em meio a um mundo às avessas.”
— BOOK ADDICT —

circo-mecanico-tresaulti-limited-edition-darkside-books-aplicacaoFicha Técnica
Título | O Circo Mecânico Tresaulti
Autor | Genevieve Valentine
Tradutor | Dalton Caldas
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 320 páginas, Limited Edition (capa dura)
Dimensões | 14 x 21 cm

 

 

Netflix dominando o mundo!!!

A Netflix está agora disponível no mundo todo

O principal serviço de TV por Internet passa a operar em mais de 190 países

A Netflix lançou seu serviço globalmente, levando sua rede de TV por internet simultaneamente a mais de 130 novos países em todo o mundo. A empresa fez o anúncio – e o serviço entrou no ar – durante a apresentação de Reed Hastings, cofundador e CEO da empresa na CES 2016.

“Hoje vocês estão testemunhando o nascimento de uma nova rede mundial de TV por internet”, disse Hastings. Com esse lançamento, consumidores – de Cingapura a São Petersburgo, de São Francisco a São Paulo – vão poder assistir a séries e filmes simultaneamente. Chega de esperar. Com a ajuda da internet, estamos passando o controle para as mãos do consumidor, que agora poderá assistir ao que quiser, quando quiser, e no aparelho de sua escolha.”

Por um preço mensal, assinantes do mundo todo poderão assistir às séries originais Netflix, que incluem Marvel – Demolidor, Marvel – Jessica Jones, Narcos, Sense8, Grace and Frankie, e Marco Polo, além de um vasto catálogo de séries e filmes licenciados. Em 2016, a empresa planeja disponibilizar 31 novas séries originais e novas temporadas, mais de 20 filmes e documentários originais, uma grande variedade de especiais de comédia stand-up e 30 séries originais para crianças. Todos estarão disponíveis ao mesmo tempo para os assinantes do mundo todo.

Embora ainda esteja disponível em inglês na maior parte dos novos países, hoje a Netflix passa a oferecer conteúdo em árabe, coreano, chinês simplificado e tradicional, além dos outros 17 idiomas já disponíveis.

“A partir de hoje, vamos ouvir e aprender com nossos novos assinantes, adicionando gradualmente mais idiomas, mais conteúdo e mais maneiras de levar a Netflix até as pessoas”, disse Hastings. “Será um grande prazer levar histórias incríveis do mundo todo para o mundo todo.”

A Netflix ainda não estará disponível na China, porém a empresa continua analisando opções para oferecer o serviço no país. Também não estará disponível na Crimeia, região da Ucrânia, Coreia do Norte e Síria devido a restrições do governo dos EUA a empresas americanas.

Após o lançamento do serviço de streaming em 2007, a Netflix iniciou seu processo de expansão começando pelo Canadá, depois América Latina, Europa, Austrália, Nova Zelândia e Japão, chegando a mais de 60 países.

A Netflix está disponível em praticamente qualquer aparelho com conexão à internet, incluindo computadores, tablets, smartphones, Smart TVs e videogames, e oferece automaticamente a melhor qualidade possível de transmissão de acordo com a largura de banda disponível. Muitos títulos, incluindo séries e filmes originais Netflix, estão disponíveis em alta definição com sistema de som surround Dolby Digital Plus 5.1, e alguns em Ultra HD 4K. Com sua tecnologia avançada e a possibilidade de criação de até 5 perfis, a Netflix proporciona aos assinantes mais maneiras de descobrir conteúdo incrível.