Persona – O jogo mais absurdo de todos os tempos

Lançado pela Grow, Persona, o jogo mais absurdo de todos os tempos, propõe que os jogadores reflitam sobre si mesmos enquanto têm seus rostos fundidos por meio de um vidro especial. Para completar a experiência amalucada, junto do jogo vinha encartado um LP de 10 polegadas que ajuda a criar o clima da partida.

Se esta não é a experiência mais insólita no mundo dos jogos, então eu não sei o que é.

04casadourada1_1

A história do jogo começa em 1973, quando o artista plástico italiano Roberto Campadello expõem na 12ª Bienal Internacional de Artes de São Paulo sua obra chamada Casa Dourada, que consistia em um grupo de espelhos nos quais as pessoas viam suas imagens refletidas se misturarem com a dos outros visitantes. No ano seguinte, graças ao sucesso alcançado na Bienal, Roberto abre o bar Persona, no bairro paulistano Bixiga. No local, faz uma adaptação de sua obra Casa Dourada, mas em tamanho reduzido, com apenas um único espelho e disponível só para dois participantes de cada vez, nasce a grande atração do bar.

Em 1975, com bar Persona já um tremendo sucesso, Luis Carlini –  que pouco depois iria fundar a banda Tutti Frutti – resolveu fazer uma trilha sonora para a brincadeira, gravando tudo de forma bem caseira, possivelmente usando apenas um gravador de duas pistas.

Todo esse cenário fez com que a empresa Grow se interessasse pelo jogo e possibilitou que no início dos anos 80 ele chegasse às lojas de todo o Brasil. Era um vidro/espelho, duas velas com castiçais, um pôster com o verso contendo as instruções e, como a cereja do bolo, um disco de 10 polegadas com as músicas compostas para ele.

Apesar de supercaprichada, a versão comercial do jogo gerou uma série de brigas entre Roberto Campadello e os diretores da Grow e acabou acarretando o fim prematuro da produção, tornando o disco numa raridade garimpada no mundo inteiro.

E então, já conhecia essa história? Já jogou Persona? Ouviu esse disco? Conta pra gente!

personafoto23
persona-lp-som-1975-10-polegadas-pokora-e-rato-laser-17131-MLB20133385978_072014-F

Ouça o disco!

[Imagens encontradas na internet.]