Tudo sobre os 25 anos do selo VERTIGO | Pipoca e Nanquim #328

– LOJA PANINI: http://bit.ly/pnvertigo
– PROMOÇÃO: quadrinhos com até 50% de desconto e cupom HALLOWEEN de +10% off. Oportunidade imperdível! (de 29/10 a 04/11)

Um dos selos de quadrinhos mais adorados de todos os tempos está completando 25 anos e o Pipoca não poderia deixar a data passar em branco. O que começou como uma iniciativa isolada a partir do sucesso de um autor, desdobrou-se em uma produção sem precedentes nos quadrinhos mainstream norte-americanos, reunindo um time excepcional de criadores e um conjunto de personagens dissonantes, cuja temática adulta em geral passava ao largo de uma editora do porte de uma DC Comics.

O selo VERTIGO tornou-se não só um divisor de águas, como uma referência, e mostrou aos leitores e a todo o mercado as possibilidades que a mídia dos quadrinhos oferece. Ao longo de sua trajetória emplacou sucessos como Sandman, Monstro do Pântano, Homem-Animal, Fábulas, Preacher, Os Invisíveis, Y: O Último Homem, e tantos outros, reunindo um catálogo de excelência raramente equiparada.

Neste vídeo narramos em detalhes esta trajetória de sucesso, ancorada pela presença vigorosa da competente editora Karen Berger, responsável pela iniciativa.

LINKS NA AMAZON:

Página de HQs em geral
https://amzn.to/2D74y3N

Escalpo Vol. 1
https://amzn.to/2yETMOb

Escalpo Vol. 2
https://amzn.to/2D8R4UW

Fábulas Vol. 1
https://amzn.to/2Q12exY

Sandman Vol. 1
https://amzn.to/2EWfp2i

Sandman Vol. 2
https://amzn.to/2Sn9h5C

Sandman Vol. 3
https://amzn.to/2EMYwXr

Sandman Vol. 4
https://amzn.to/2CJm5hg

Morte Edição Definitiva
https://amzn.to/2CJADxq

A Saga do Monstro do Pântano Vol. 1
https://amzn.to/2ELIHjS

V de Vingança
https://amzn.to/2Jlq7xK

Hellblazer Assombrado Vol. 1
https://amzn.to/2ENyinI

Hellblazer Assombrado Vol. 2
https://amzn.to/2CJmrV8

Hellblazer Infernal Vol. 1
https://amzn.to/2ELJq4A

Hellblazer Infernal Vol. 2
https://amzn.to/2CK8ZQT

Hellblazer Infernal Vol. 3
https://amzn.to/2F00rs7

Hellblazer Origens Vol. 5
https://amzn.to/2D8501r

Hellblazer Origens Vol. 6
https://amzn.to/2yKwlDp

Hellblazer Origens Vol. 7
https://amzn.to/2EQaGiB

Hellblazer Origens Vol. 8
https://amzn.to/2EQagsx

Y O Último Homem Vol. 2
https://amzn.to/2JmDCNE

Y O Último Homem Vol. 3
https://amzn.to/2Spr5wQ

Y O Último Homem Vol. 4
https://amzn.to/2qcttds

Os Leões De Bagdá
https://amzn.to/2yDzYut

Punk Rock Jesus
https://amzn.to/2yCcGp3

LOJA OFICIAL DO PIPOCA & NANQUIM:

📱 http://www.lojadopn.com.br

◾ PARTICIPE ENVIANDO SUA CORRESPONDÊNCIA: 

📩 Caixa postal 78913  CEP 05061-970  – São Paulo/SP

◾ Curta nossa FANPAGE no Facebook:
http://www.facebook.com/Pipocaenanquim
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
◾ Siga o Pipoca e Nanquim no TWITTER:
http://twitter.com/PIPOCAENANQUIM
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
◾ Inscreva-se em nosso CANAL NO YOUTUBE:
http://www.youtube.com/pipocaenanquim
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
◾ Siga o INSTAGRAM do Pipoca e Nanquim:
http://instagram.com/pipocaenanquim

– Daniel Lopes: http://instagram.com/danielgillopes
– Bruno Zago: http://instagram.com/zagaiada
– Alexandre Callari: http://instagram.com/alexandrecallari
—————————————-­­—————————————­-­—————–­-­—–
📩 E-mail para SUGESTÕES, CRÍTICAS, ELOGIOS E DÚVIDAS:
[email protected]

Minha Estante #58 – Leonardo Dantas

Olá, colecionadores do Brasil!

Depois de um grande hiato, é com muita honra que apresentamos mais uma entrevista da coluna favorita de todos vocês! Dessa vez batemos um papo muito legal com Leonardo Dantas, um grande fã da nona arte, com uma predileção por quadrinhos do selo Vertigo. Provavelmente uma das maiores coleções desse tipo que já mostramos por aqui.

Quer ver mais edições de Minha Estante? Então no ajude a espalhar a notícia sobre esse espaço. Quem tiver uma coleção de gibis bem bacanuda pode nos mandar um e-mail ([email protected]) para combinarmos a participação. É isso!

2

Olá, Leonardo! Muito obrigado por topar participar dessa entrevista.
Para começar nos conte um pouco sobre você, onde nasceu, mora, o que faz na vida profissional?

Nasci em Salvador, vim para São Paulo com quatro anos e fiquei por aqui mesmo, moro num bairro chamado Vila Diva na Zona Leste (Lost), entre o Anália Franco e Tatuapé. Trabalho na Oi Wifi como analista de sistemas.

Quando você começou a se interessar por quadrinhos? 

Comecei a ler mesmo com 13 anos, há 16 anos atrás, e o meu começo nos quadrinhos foi inverso de qualquer pessoa normal, aos 13 anos tudo que eu conhecia e lia um pouco era Turma da Mônica em geral, não me interessava por HQs de heróis, achava que tudo era muito americanizado e clichê, estava entrando na era punk e como toda criança juvenil me achava muito adulto para esse tipo de coisa.
Quando, um dia andando pela rua, vi na banca a revista Almanaque Vertigo, com a capa do Preacher, aquele que só saiu a primeira edição, dei uma folheada e vi uma violência maravilhosa e como qualquer criança, li e adorei! Então você imagina ler Preacher, Homem-Animal e Shade na época de ouro da Vertigo, com 13 anos de idade.
Realmente foi um marco, e comecei minha carreira lendo apenas revistas supostamente para leitores maduros e depois fui abrindo a mente para comics e mangás, acho que 90% do que a DC e a Marvel lançam, são lixos comerciais mas dentro desses 10% temos muitas revistas e sagas excelentes, é só saber procurar e não ficar com preconceito sem antes conhecer.

Você se lembra da primeira vez que se viu fascinado por uma HQ? Qual foi a história ou revista?

A primeira revista que eu tive contato foi Preacher, depois, outro grande clássico: Sandman. 

1624

Quando aconteceu a mudança de leitor ocasional para colecionador inveterado?

Bom, com 13 anos já era um colecionador inveterado, pois comprava tudo que o dinheiro que uma pessoa dessa idade consegue ganhar. Como gostava de ler e tinha poucas revistas, vendia muita coisa para conseguir outras e ter sempre revistas novas para ler e tive um ótimo mentor nessa área: o Ricardo da LucaHq; ele me mostrava tudo que saiu ou já tinha saído, e sempre me incentivava a ler qualquer tipo de HQs indiscriminadamente.

Quantas HQs você tem? 

Algo entre 2000 há 2500, nunca cheguei a contar.
A maioria Vertigo e séries fora do eixo da DC e da Marvel.

4 6 8 9 10 11 7 5

Quais são os principais itens de sua coleção, séries e minisséries completas, encadernados de luxo, edições raras, etc?

Tenho alguns encadernados de luxo como, Watchmen, Preacher, Transmetropolitan, Os Supremos, X-men: Messiah Complex, Eu sou Legião, Tom Strong, Promethea…
Tenho coleção importada completa do Invisibles, Chosen (do Mark Millar), umas 200 HQs em grampo do Hellblazer e, infelizmente, vendi há algum tempo a coleção completa do The Books of Magic, a série mensal.

De raridade pode-se dizer que tenha a edição 10 do Spawn original americano e o primeiro TP de Doom Patrol. E Hérois em Ação 4 e 5 com a origem do Homem-Animal.

Qual o item mais raro de todos?

Não saberia dizer qual é o item mais raro entre todos, como não coleciono Ebal ou Abril, não tenho nada muito raro.

20 22 43 6215 17 19 31 422136

E qual foi a maior raridade que já comprou pelo menor preço?

Akira 31 por 1 real, Sandman: Préludios e Noturnos (editora Globo) do 1 ao 9 por 20 reais.

Você compra HQs importadas?        

Antigamente pegava bastante, pois a situação aqui era caótica, principalmente para quem gosta de quadrinhos subversivos e, consequentemente, tem bem menos leitores.
Hoje em dia, a Panini e a Mythos estão fazendo um ótimo trabalho com encadernados e muitos lançamentos bons.

30 32 33 57 70 7139

Onde costuma comprá-las?

Encomendava com o Celso, da Comic Hunter, e alguns na Super. Às vezes encontro algo no Mercado Livre, mas faz uns bons anos que não pego nada importado.    

Possui algum item autografado? 

Tenho alguns do Nanquim Descartável, com dedicatória do Daniel Esteves, que sempre que pode, pede para eu parar de ler Vertigo e ler coisa boa nacional. (risos)       

5960

Como você guarda sua coleção de HQs? E qual técnica usa para conservá-las?

Todas ficam dentro do armário, em pé, para fácil retirada (quem guarda em pilha sabe o trabalho que dá buscar algo em especial), lacradas com plástico normal para conservar de qualquer tipo de problemas como, mofo, traça e pó. Tem quem diga que isso causa amarelamento, mas depende muito do papel, e ele ficará assim com ou sem plástico. Tira um pouco da vivacidade e nas fotos não ficam tão legal, mas prefiro não arriscar possíveis acidentes.

12 13 14

Todo colecionador tem manias, seja um ritual para leitura, uma bela cheirada na revista nova ou nunca se desfazer de nada… qual é a sua?

Minha mania deve ser emprestar revistas, ao contrario da maioria dos colecionadores que não gostam de emprestar nada, eu gosto de emprestar para pessoas de confiança conhecerem e não precisarem gastar para apreciar uma boa leitura, claro que isso já me causou bastante aborrecimentos, porque só um colecionador sabe como é importante cada revista e sabe cuidar.
Também gosto de ler e guardar na hora, sou bastante organizado nos títulos, dividindo eles em categoria e nada de deixar jogado pela casa.
Como gosto de tatuagem, fiz uma em homenagem ao Spider Jerusalém (protagonista de Transmetropolitan), cheguei a mandar para o Ellis e o Robertson e recebi uma resposta do desenhista agradecendo o apoio ao trabalho dele, já o bastardo do Ellis nunca me respondeu, também não esperava menos dele. (risos)

3

Tem algum item que quer muito ter, mas está praticamente impossível de encontrar?

O Fábulas 4 da Panini tá quase impossível, eu tenho o importado, mas agora vou completar a nacional mesmo. The Filfh do 5 ao 13. E também o Doom Patrol: The Painting That Ate Paris.

Qual foi sua última leitura e qual está sendo a atual?

Juiz Dredd – Origens e estou lendo Fábulas. 

29 56

Quais são seus 10 quadrinhos Vertigo favoritos?

Os Invísiveis;
Sandman;
Preacher;
Transmetropolitan;
Monstro do Pântano;
Homem-Animal;
Hellblazer;
100 Balas;
Os Livros da Magia;
V de Vingança.

Hey!!! Mas quem disse que eu só gosto de Vertigo?

Da DC:

Grandes Astros: Superman;
O Cavaleiro das Trevas.

Da Marvel:

Os Supremos;
Os Novos X-men, por Grant Morrison;
Poder Supremo.

Nacional:

Todos do Mutarelli;
Material do pessoal do Petisco.

Mangá:

Vagabond;
Blade – A Lâmina do Imortal;
Homunculus.

34 46 53 58 61 63

Além de quadrinhos, você também possui outras coleções? 

Coleciono livros e tenho alguns bonecos como mostrado nas fotos.

81 82 83

Obrigado pelo papo, Leonardo! Para finalizar, deixe um recado para os leitores do Pipoca e Nanquim e colecionadores do Brasil.

Primeiramente, espero que para quem tem a mente fechada para a leitura, como eu quando comecei a ler,  veja por meio dessa história, que temos uma gama mas diversificada e consiga sair um pouco do eixo Marvel, DC ou mangá.
Temos muitas histórias boas para ficarmos limitado, e não ligue para críticas que outras pessoas fazem para certas histórias ou editoras e selos, leia e faça sua própria crítica.
E que sempre continuemos com essa que é e sempre será o melhor tipo de coleção.
Um ótimo natal e ano-novo!!! Abraços para os amigos da Bacia!

David,Ricardo,Leo,Daniel Leo&Jad2325 2627 2837 4552 66693567 65 64 62 55 54 51 50 48 47 41 40

 

 

read-comicsMinha Estante é um espaço pra você, colecionador de HQs, mostrar sua coleção, falar sobre prazeres e vicissitudes desse hobby, conhecer outros fãs e proporcionar aquela inveja boa.

Convidamos a todos que possuem belas coleções de quadrinhos a mostrarem elas aqui!

É só mandar um e-mail para [email protected] dizendo alguns detalhes (números de revistas, itens raros e particularidades) que em seguida combinamos a entrevista.

Até a próxima!

 

Sonho de Consumo #09 – Agosto 2012

A coluna atrasou, e atrasou bonito! Estamos no começo de dezembro de 2012 e nossa última edição da “Sonho de Consumo” foi em julho! Mas, como não queremos pular nem um mês, voltamos no tempo até agosto para listar as melhores HQs que foram lançadas naquele mês! E teve bastante coisa legal!

Em agosto a Panini inundou as livrarias com títulos bem legais! O melhor de todos foi, sem dúvida, o terceiro volume da Edição Definitiva de Sandman, com mais de 600 páginas! Que bom que a editora vai completar a série por aqui neste formato. E falando em completar séries, também saiu a segunda edição luxuosa de Novos Vingadores, a quarta edição de Biblioteca Histórica Marvel – Homem Aranha (que parecia estar abandonada), o último volume da Coleção Histórica Marvel, dessa vez com aventuras clássicas dos Vingadores (foi uma excelente coleção), outra edição da linha Marvel Noir, com Wolverine, mais um volume de Fábulas e o segundo encadernado de Batman por Tim Sale e Jeph Loeb, o Vitória Sombria, uma “continuação” de O Dia das Bruxas lançado pouco tempo antes. Só que o destaque do mês nem foi pra esses lançamentos luxuosos de coleção, mas sim pra uma polêmica HQ de Alan Moore, a Neonomicon, baseada no universo de H.P. Lovecraft! Outro destaque foi Ouro da Casa, projeto de Sidney Gusman com os personagens do Mauricio de Sousa!

Tirando a Panini, a Devir trouxe dois excelentes títulos: Creepy, reunindo antigas HQs de terror que publicadas na lendária Creepy Magazine, que já estavam mais do que na hora de serem compiladas por aqui; e também relançou o primeiro volume de Sin City, que estava esgotado. Leituras obrigatórias! Outro relançamento marcante foi Estórias Gerais, publicado originalmente pela Conrad em 2007 e agora nas mãos da editora Nemo, um quadrinho nacional excelente!

E nada menos que dois dos melhores quadrinhos de 2012 foram lançados em agosto,: Pinóquio, pela editora Globo, e Habibi, pela Quadrinhos na Cia! Podem esperar as duas figurando na maioria das listas de Top do ano que vão começar a sair agora em dezembro! Todos precisam ler!

E todos também precisam ler o livro EXCEPECIONAL que foi publicado em agosto durante a Bienal Internacional de São Paulo: Quadrinhos no Cinema Vol.2, de autoria do trio Pipoca e Nanquim! Aoooo aí sim, hein? Vingadores, Homem-Aranha, Batman e Juiz Dredd, saiba tudo sobre esses personagens nessa obra totalmente ilustrada e em cores! Compre, compre, compre, rsrs.

Enfim, fiquem com a lista toda:

 

Creepy – Contos Clássicos do Terror – Volume 1 (capa dura)

Editora: Devir

Autores: Vários Autores

Preço: R$60,00 (capa dura), R$49,00 (capa cartonada)

Número de Páginas: 240

Compre aqui!

 

Sin City – A Cidade do Pecado

Editora: Devir

Autor: Frank Miller (roteiro e arte)

Preço: R$39,00

Número de Páginas: 216

Compre aqui!

 

Quadrinhos no Cinema – O Guia Completo dos Super-Heróis – Volume 2

Editora: Generale

Autores: Alexandre Callari, Bruno Zago, Daniel Lopes

Preço: R$69,90

Número de Páginas: 336

Compre aqui!

 

Pinóquio (capa dura)

Editora: Globo

Autor: Winshluss (roteiro e arte)

Preço: R$75,00

Número de Páginas: 192

Compre aqui!

 

Os Cavaleiros do Zodíaco – Saint Seiya – The Lost Canvas Gaiden #01

Editora: JBC

Autores: Masami Kurumada (roteiro), Shiori Teshirogi (arte)

Preço: R$12,90

Número de Páginas: 200

Compre aqui!

 

20.000 Léguas Submarinas em Quadrinhos

Editora: Nemo

Autores: João Marcos (roteiro), Will (arte)

Preço: R$19,80

Número de Páginas: 64

Compre aqui!

 

Estórias Gerais (Relançamento)

Editora: Nemo

Autores: Wellington Srbek (roteiro), Flavio Colin (arte)

Preço: R$48,00

Número de Páginas: 160

Compre aqui!

 

Grandes Astros do Faroeste – Volume 1 – Onde Começa o Inferno

Editora: Panini

Autores: Justin Gray e Jimmy Palmiotti (roteiro), Jordi Bernet e Phil Winslade (arte)

Preço: R$21,00

Número de Páginas: 176

Compre aqui!

 

Sandman Apresenta – Volume 5 – Contos Fabulosos (capa dura)

Editora: Panini

Autores: Bill Willingham (roteiro), Mark Buckingham e outros (arte)

Preço: R$20,90

Número de Páginas: 128

Compre aqui!

 

John Constantine – Hellblazer – A Cidade dos Demônios

Editora: Panini

Autores: Si Spender (roteiro), Sean Murphy (arte)

Preço: R$18,90

Número de Páginas: 128

Compre aqui!

 

Sandman – Edição Definitiva – Volume 3 (capa dura)

Editora: Panini

Autores: Neil Gaiman (roteiro), Jill Thompson, P. Craig Russel, Tony Harris, Vince Locke, Mark Buckingham, Bryan Talbot e outros (arte)

Preço: R$145,00

Número de Páginas: 616

Compre aqui!

 

Fábulas – Volume 12 – A Era das Trevas

Editora: Panini

Autores: Bill Willingham (roteiro), Mark Buckingham e outros (arte)

Preço: R$24,90

Número de Páginas: 180

Compre aqui!

 

Batman – Vitória Sombria (capa dura)

Editora: Panini

Autores: Jeph Loeb (roteiro), Tim Sale (arte)

Preço: R$96,00

Número de Páginas: 396

Compre aqui!

 

Wolverine Noir (capa dura)

Editora: Panini

Autores: Stuart Moore (roteiros), C. P. Smith (arte)

Preço: R$19,90

Número de Páginas: 104

Compre aqui!

 

Biblioteca Histórica Marvel Homem-Aranha – Volume 4 (capa dura)

Editora: Panini

Autores: Stan Lee (roteiros), Steve Ditko e John Romita (arte)

Preço: R$65,00

Número de Páginas: 240

Compre aqui!

 

Coleção Histórica Marvel – Volume 4 – Os Vingadores

Editora: Panini

Autores: vários autores

Preço: R$22,90

Número de Páginas: 160

Compre aqui!

 

Os Novos Vingadores – Volume 2 – Guerra Civil (capa dura)

Editora: Panini

Autores: Brian Michael Bendis (roteiro), Steve McNiven (arte)

Preço: R$78,00

Número de Páginas: 294

Compre aqui!

 

Neonomicon

Editora: Panini

Autores: Alan Moore (roteiro), Jacen Burrow (arte)

Preço: R$24,90

Número de Páginas: 184

Compre aqui!

 

Ouro da Casa (capa dura)

Editora: Panini

Autores: Vários autores

Preço: R$64,00 (capa dura), R$49,90 (capa cartonada)

Número de Páginas: 200

Compre aqui!

 

O Vira Lata

Editora: Peixe Grande

Autores: Paulo Garfunkel (roteiro), Libero Malavoglia (arte)

Preço: R$69,00

Número de Páginas: 440

Compre aqui!

 

Habibi

Editora: Quadrinhos na Cia.

Autor: Craig Thompson (roteiro e arte)

Preço: R$57,00

Número de Páginas: 672

Compre aqui!

 

Minha Vida Ridícula

Editora: Zarabatana

Autor: Adão Iturrusgarai (roteiro e arte)

Preço: R$39,90

Número de Páginas: 64

Compre aqui!

 

Mas Podemos Continuar Amigos…

Editora: Zarabatana

Autor: Mawil (roteiro e arte)

Preço: R$31,00

Número de Páginas: 64

Compre aqui!

 

Tune 8 #02

Editora: Independente

Autor: Rafael Albuquerque (roteiro e arte)

Preço: R$12,00

Número de Páginas: 32

Compre aqui!

 

O Turno da Noite – Escuridão Eterna

Editora: Novo Século

Autores: André Vianco (roteiro), Santtos (arte)

Preço: R$39,90

Número de Páginas: 126

Compre aqui!

Neil Gaiman escreve nova HQ de Sandman

Escrito por Doctor Doctor do SOC! TUM! POW!

A San Diego Comic Con começou antes de ontem (12/07) com uma ótima notícia: o escritor inglês Neil Gaiman anunciou seu retorno a The Sandman com uma minissérie de Morpheus.

Segundo informou em um vídeo exibido durante o painel da Vertigo no evento, ele contará uma história não-contada sobre o personagem que ele deseja revelar há anos.

“Quando terminei de escrever The Sandman, havia somente uma história que não foi contada: a que mostra o que aconteceu com Morpheus para que ele fosse tão facilmente capturado emThe Sandman 1 e porquê estava voltando de um lugar muito distante, bastante cansado e vestido para a guerra”, revelou o escritor.

A minissérie, que permanece sem nome, terá seis edições e será lançada em 2013 pela DC através do selo Vertigo, no qual The Sandman estreou há quase 25 anos. “É uma história que havíamos cogitado lançar no vigésimo aniversário da série, mas deixamos passar. E agora, com o aniversário de 25 anos se aproximando, estou satisfeito e tenso que esteja finalmente sendo contada”, disse Gaiman.

Como se o simples fato da HQ ser escrita por ele não fosse suficiente, foi anunciado no mesmo painel que a minissérie será desenhada por J. H. Williams, artista que há meses arranca elogios da crítica especializada e dos leitores devido a seu trabalho na série Batwoman. Apesar de ele assumir o projeto com Gaiman, a DC informou que Williams não deixará de trabalhar com a série da heroína.

Pronto! Podem encerrar a San Diego Comic Con, pois a notícia mais importante que poderia ser anunciada nela já aconteceu.

Ir para o artigo original.

Lúcifer: A Opção Estrela da Manhã (2ª parte) – Se não leu, leia!

Dando sequência ao review de Lúcifer: Opção Estrela da Manhã, vemos na cena de abertura da segunda edição Bradiach exaurido, ao que parece graças à sua maldição de “ver” várias imagens de acontecimentos aleatórios. Aparentemente tudo parece resultante dos desejos atendidos pela Veleidade, e com consequências nem sempre satisfatórias. Bradiach vê também Lucifer caminhando em direção ao Nono Círculo do Inferno. Na Divina Comédia de Dante Alighieri, esse lugar é o Lago Cocite, local das lamentações que fica no centro da Terra, formado pelas lágrimas e sangue dos condenados. No Cocite estão imersos todos os traidores, representados pela figura de Lúcifer, o traidor de Deus. Nesse lago, os traidores são distribuídos em quatro esferas diferentes, dependendo da gravidade da traição.

Lúcifer encontra Remiel, um dos dois anjos incumbidos de guardar o Inferno após o abandono de Lucifer. Percebemos a sagacidade de ex-dirigente do Inferno, que com sarcasmo e arrogância, passa facilmente por Remiel, “porquinho, porquinho, me deixe entrar”, diz. Durante a saga Entes Queridos em Sandman, Remiel havia pedido a Lúcifer para reconsiderar e voltar para o Inferno.

Lúcifer encontra também Duma, o Anjo do Silêncio, o outro responsavel pelo Inferno, curiosamente um dos poucos anjos cujo nome não termina na sílaba “el”. A saudação de Lúcifer é uma citaçao do poema “O Jardim” de Andrew Marvell, uma obra que exalta a Natureza idealizada em contraste com o estado decadente das coisas sob influência do Homem. Essa passagem é também uma referência direta ao poeta Virgilio, nas Bucólicas, onde “ninguém mais juncará o solo com ervas floridas, ou cobrirá as fontes com verdes sombras?”. O poema de Marvell é uma espécie de retorno ao Éden, o mundo idealizado, que leva a imaginar um Deus Jardineiro tendo Adão (Homem) como seu ajudante, incumbido de cuidar do Jardim, e que depois seria expulso por desobediência ao Criador e por não cuidar do jardim.

Vemos aqui transparecer o quão parece ser pesado o fardo para Lúcifer ao admitir a Duma que ele, Lúcifer, está ali a serviço do Senhor. No entanto, Lúcifer sabe que precisará da orientação de Duma para encontrar as Veleidades, que estão escondidas quatro níveis abaixo. Descobrimos que as Veleidades tem origem no início dos tempos, quando ainda imperava o silêncio no mundo dos Homens, quando ainda viviam em cavernas, e não possuíam voz para se expressarem, apenas pensamentos. Época em que os pequenos deuses silenciosos foram criados a partir dos desejos mudos de seus adoradores.  Diferente de Remiel, Lúcifer aparenta ter certo grau de respeito com Duma, tanto que o agradece ao saber qual direção deve tomar. Os quatro níveis mencionados, certamente se referem à Criação e não ao Inferno.

Lúcifer volta a Bradiach, conversa de um telefone público com Pharamond Farrell, uma deidade vista pela ultima vez em Sandman: Vidas Breves. Ao que parece a busca de Lúcifer deve ser feita em forma de peregrinação, tanto que ele irá andar a pé, usar avião e automóvel como meio de transporte. O confronto com Mahu se dá de forma rápida e eficiente. Nesse ponto novamente vemos como o poder da luz de Lúcifer é usado para derrotar os dois Lilim, que “não são truques, mas pura magia simpática”, diz o personagem. Descobrimos a utilidade da pena retirada da ave – finalmente asas – e também que Mahu raptou Rachel para servir de barganha com Lúcifer.

De volta ao piano bar, vemos Mazikeen trabalhando silenciosamente, e logo em seguida ser possuída por algum tipo de entidade. Embora não seja claro, parece que se trata da Veleidade, que aprisiona Lúcifer juntamente com Rachel em uma armadilha de realidade através do reflexo no olho de Mazikeen.

Bradiach debate com Mahu que “o céu está rompido, e o inferno é um gesto vazio, quando mundo e o desejo se tornarem um, não haverá necessidade de um lugar separado chamado Inferno”. As implicações desse comentário seriam os apontamentos que atos demais desastrosos para o equilíbrio universal estão em andamento, e por isso a intervenção dos Céus se fez necessária, pois conhecendo a natureza humana, o Inferno estaria instalado na própria Terra, por conta do caos gerado graças ao desenfreado desejo humano. A referência certamente seria pela ausência de Lúcifer no Inferno, que agora está sob a administração dos Céus, através de Remiel e Dumas. Lúcifer que fora uma vez expulso dos Céus, caminha livremente entre os Homens para cumprir um trabalho para o Criador, em troca de uma carta de passagem.

No encontro de Lúcifer com Farrell descobrimos que o poder da Veleidade atingiu também seus negócios. O pedido de Lúcifer de não ser mais chamado de Lorde tem relação com sua abdicação na regência do Inferno. Rachel à primeira vista não acredita na identidade de Lúcifer, e demonstra certa ingenuidade ao pensar que Lúcifer teria levado a alma de seu irmão Paul ou que ela teria que jogar algum tipo de jogo com Lúcifer para ter Paul de volta.

Percebemos que a travessia de Lúcifer para o primeiro nível deve ser sob a forma de peregrinação, e que pagamentos devem ser feitos e caminhos devem ser encontrados. O aes grave, mencionado nesta estória, era usado como moeda de pagamento na Itália Central nos séculos quarto e quinto antes de Cristo. A ascendência navajo de Rachel também será parte da peregrinação, e a passagem deve ser encontrada em terras navajos. O monte Tsoodzil, é o nome atual do Monte Taylor, localizado no noroeste do Novo México, também conhecido pelos Navajos como Montanha Sagrada do Sul ou Montanha Turquesa, local sagrado como o berço ancestral dos Navajos, o Dinétah, que na mitologia navajo é a área onde está centrado o mito da Criação Navajo. Os clãs da Pena (‘Ats’oos dine’e) e dos Hogan (Hooghan lani) são alguns dos clãs navajos, e pelo comentário de Lúcifer de que Rachel não é um dos Dineh, significa que ela não era navajo legítima, ou seja, Rachel é mestiça. O comentário de Lúcifer de que está “indo matar alguns deuses” certamente é o prenúncio do conflito com os Deuses Silenciosos.

Na próxima edição veremos como se dará o conflito entre Lúcifer e a Veleidade, onde algumas respostas serão dadas, e mais perguntas surgirão no capítulo final dessa magnífica saga destilada com várias referências sobre a Criação dos Mundos.

Leia mais sobre essa obra: Parte 1 e Parte 3.