A Vingança de Ultron, da Salvat: vídeo review | Vlog do PN#65

Review em vídeo de uma das melhores histórias dos Vingadores e, A Vingança de Ultron, sem dúvida, a melhor envolvendo o vilão Ultron! Um marco na trajetória desses personagens, concebido pelos mestres Kurt Busiek e George Perez! Lançada aqui na segunda coleção de graphic novels da Salvat!

Aproveite pra ler antes de ir assistir a “Vingadores 2: A Era de Ultron” no cinema!

VLOG SOBRE ASTRO CITY E STAR WARS
APOIO: http://comix.com.br

—————————————–­­­————————————–­-­-­———————————————————————–
Se você gostou do que assistiu, ajude o videocast a se espalhar e clique no botão GOSTEI, adicione o vídeo aos favoritos e COMPARTILHE com os amigos nas redes sociais, isso é fundamental para a sobrevivência do canal. Contamos com a sua ajuda ;)

  • Curta nossa FANPAGE no Facebook: http://www.facebook.com/Pipocaenanquim
  • Siga o Pipoca e Nanquim no TWITTER: http://twitter.com/PIPOCAENANQUIM
  • Se inscreva em nosso CANAL NO YOUTUBE: http://www.youtube.com/pipocaenanquim
  • Siga o Instagram do Pipoca e Nanquim (por Bruno Zago): http://instagram.com/pipocaenanquim
  • E-mail para SUGESTÕES, CRÍTICAS, ELOGIOS E DÚVIDAS:[email protected]

Só Nanquim #05 – Direto do FIQ 2013

O Pipoca e Nanquim esteve no FIQ 2013 e aproveitou para gravar um Só Nanquim especial direto do evento! Esse é um programa mais curto, contando um pouco do que aconteceu em Belo Horizonte, neste que é o maior evento de quadrinhos da América Latina! Não perca nosso próximo episódio do Pipoca e Nanquim, no qual falaremos muito mais sobre o FIQ e mostraremos todas as nossas aquisições de quadrinhos.


8º FIQ Transforma BH na Capital dos Quadrinhos

Promovido pela Fundação Municipal de Cultura, o 8º Festival Internacional de Quadrinhos traz para Belo Horizonte uma intensa programação, totalmente gratuita, com mais de 80 convidados. Festival fará homenagem à obra do cartunista Laerte Coutinho

fiq-bh-610x915O traço como arte e ferramenta de comunicação de impacto imediato e sedutor. Conhecidos como a nona arte, os quadrinhos são celebrados em mais uma edição do Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte – FIQ, evento promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura entre os dias 13 e 17 de novembro, na Serraria Souza Pinto.

Mais do que um evento, o FIQ se reafirma como uma grande celebração do gênero, trazendo para Belo Horizonte exposições, artistas de estilos bem distintos, debates, oficinas e estandes que dimensionam a diversidade que os quadrinhos alcançaram e o alto patamar que ocupam na cultura brasileira e internacional. A edição deste ano conta com o patrocínio da Oi.

Ao todo, 85 convidados da cena local e também de várias partes do Brasil e do mundo vão se reunir nesses cinco dias, atraindo para Belo Horizonte leitores, artistas e editores nacionais e internacionais. Sediado num espaço central e com fácil acesso por meio de transportes públicos, o FIQ tem programação integralmente gratuita, com entrada e saída livres.

Criado em 1999 e realizado a cada dois anos, o FIQ tem sido uma peça fundamental no processo de valorização e crescimento dos quadrinhos no Brasil. Como o maior evento do gênero no país, o festival é referência obrigatória para os quadrinistas e público, uma vez que apresenta um painel da produção contemporânea de quadrinhos no mundo e propicia o intercâmbio entre artistas e editores nacionais e internacionais. “Belo Horizonte se orgulha de ser sede de um festival dessa envergadura sobre um tema tão envolvente como os quadrinhos. Nosso compromisso é melhorá-lo a cada edição. A tentativa da Fundação Municipal de Cultura para este ano é superar ainda mais o público da edição anterior, que ficou na casa de 150 mil pessoas. Para isso, o festival está sendo tratado com todo o zelo que merece. Será um belo evento”, avalia Leônidas Oliveira, presidente da Fundação Municipal de Cultura.

As trocas e encontros que acontecem em função do festival também são motivo de orgulho para a organização. “O FIQ hoje, além de ser o maior festival do país em número de convidados e atrações, e também em longevidade, tem uma importância muito grande por ser um ponto referencial dos quadrinhos, aquele momento para o qual artistas e editores se mobilizam, preparam novas publicações e trocam ideias. Existe uma mobilização da cena que começa a acontecer muito tempo antes do festival”, destaca Afonso Andrade, coordenador de quadrinhos da Fundação Municipal de Cultura, que assina a curadoria geral do evento ao lado de Daniel Werneck. 

HOMENAGEM

Nesta sua 8ª edição, o FIQ traz no cerne de suas atividades a homenagem ao quadrinista Laerte Coutinho, figura de inegável importância na cena cultural e na produção de quadrinhos. “Já é uma tradição do festival homenagear um quadrinista brasileiro que tenha uma contribuição relevante para os quadrinhos no país. Fizemos o convite a ele no início de 2012 e anunciamos oficialmente a homenagem em maio do mesmo ano. Laerte é um quadrinista versátil, que vem produzindo desde os anos 1970, já publicou em revistas, jornais, livros e criou diversas histórias e personagens. Tem uma técnica admirável e mais do que isso, ele mostra que se reinventa o tempo todo como quadrinista e também como pessoa”, acrescenta Andrade.

Laerte vem a Belo Horizonte para o festival e vai participar de um bate-papo sobre seu trabalho, no dia 17 de novembro (domingo). Outra vertente da homenagem é a exposição sob curadoria de seu filho, o também quadrinista Rafael Coutinho.

CRESCIMENTO

O coordenador de quadrinhos da Fundação Municipal de Cultura, Afonso Andrade, destaca que o FIQ vem crescendo não apenas verticalmente, em número de convidados, exposições, atrações e público, mas também horizontalmente, ao se propor a funcionar como um catalisador para que quadrinistas tenham mais acesso às ferramentas e instrumentos de viabilização de suas artes. “O festival incrementa suas ações na questão da profissionalização. Paralelo às atrações, vamos realizar uma rodada de negócios em parceria com o Sebrae Minas, na qual quadrinistas que se inscreveram e foram selecionados vão ter seu trabalho avaliado e comentado por agentes e editores do Brasil, EUA e Europa, sendo ao todo 15 editoras”, destaca Andrade. Ele ainda destaca o caráter de incentivo à leitura e às artes que o festival investe ao oferecer visitações para grupos de escolas.

DIVERSIDADE

Nesta oitava edição, o FIQ cuidou em reunir pesos pesados de diversas áreas do universo dos gibis. Para começo de história, o Festival contará com a presença de George Pérez, um dos artistas mais importantes do quadrinho de norte-americano (que já passou por títulos como “Vingadores”, “Os Novos Titãs”, “Quarteto Fantástico”,  “Liga da Justiça” e “Mulher Maravilha”). Outra grande atração é Ivo Millazo, conhecido por ser o criador de Ken Parker. Jérémie Nsingi, primeiro quadrinista africano a participar do festival, é outro destaque. Do lado brasileiro, a programação inclui Marcatti e Fábio Zimbres, nomes importantes do quadrinho alternativo nacional. Além deles, participam do evento Vitor e Lu Caffagi, autores mineiros que acabam de lançar com enorme sucesso o álbum “Laços” pela Mauricio de Sousa Produções. Nomes como Danilo Beyruth, Gustavo Duarte, Ivan Reis e Cris Peter estão se destacando no cenário do quadrinho nacional, além de Fábio Coala, Ricardo Tokumoto, autores de destaque da nova safra de artistas. Ao todo, são 85 quadrinistas convidados, sendo 18 internacionais (EUA, Argentina, França, Itália, Alemanha e República Democrática do Congo), 32 de BH e Minas e 35 de outros estados do Brasil. Para conhecer mais sobre estes e outros convidados, clique aqui. 

Afonso Andrade destaca na programação a força da cena local. “Por ser em Belo Horizonte, acreditamos que o festival tem que ter um reflexo na cidade. Os quadrinhos cresceram muito na cidade e de alguma forma o FIQ tem uma parcela importante nessa nova força. Temos artistas de renome nacional e internacional, como o Vitor e a Lu Cafaggi, que fizeram a GraphicMSP “Laços”, pela Mauricio de Sousa Produções, o Ricardo Tokumoto, que é uma figura importante nos quadrinhos de internet, o Eduardo Damasceno e o Luis Felipe Garrocho dos Quadrinhos Rasos, e Wellington Srbek, que é o editor da Nemo, editora de quadrinho de BH”, pontua ele. 

fiq_sup

WEB

O Festival Internacional de Quadrinhos está presente nos principais canais da Internet. O Twitter oficial do FIQ (@fiq_bh), o Instagram (@fiqbh) e o Facebook, e o site oficial do evento fazem uma cobertura completa e interativa da programação para que mesmo aquelas pessoas que não possam comparecer ao evento tenham a oportunidade de aproveitar as atrações do Festival. “Nós mantemos as redes sociais ativas o tempo inteiro, inclusive nos intervalos entre os festivais, porque nós entendemos essas ferramentas não só como instrumentos de divulgação, mas como redes mesmo, onde acontecem discussões, trocas de ideias e inclusive inspirações para compor a programação”, explica Afonso Andrade.

PROGRAMAÇÃO

Uma das prioridades do FIQ para 2013 é manter um espaço interativo, onde os visitantes tenham não só a oportunidade de aprendizado como também possam participar diretamente das atividades. Confira a programação completa:

Exposições:

Ícones dos quadrinhos.

Reúne 100 interpretações de personagens clássicos dos quadrinhos feitas por 100 quadrinistas do mundo inteiro. A exposição é organizada por Ivan Costa, um dos curadores do festival, que ganhou troféus HQ Mix pelas exposições “Batman 70 Anos” (2009) e “Criando Quadrinhos” (2011), também apresentadas no FIQ.

Lélis

Exposição em homenagem ao quadrinista e ilustrador mineiro Marcelo Lélis. Serão apresentadas cerca de 50 obras originais deste artista, entre aquarelas, esboços e desenhos. Recentemente, Lélis fez parte da comitiva de autores nacionais selecionados para a Feira de Frankfurt.

Laerte

Com curadoria do também quadrinista e filho do homenageado, Rafael Coutinho, a exposição/instalação irá apresentar elementos da obra de Laerte e apresentar algumas de suas atuais discussões.

Hélder Moreira

Em cartaz entre os dias 4 e 17 de novembro, no Oi Futuro Belo Horizonte, a mostra traz esculturas, fotos e ilustrações do artista belo-horizontino que tem sólida carreira no exterior, assinando histórias e esculturas para a Marvel Comics.

Exposição infantil

Nesta exposição, totalmente interativa, crianças e jovens poderão ter contato direto com o cenário e reconhecer elementos fundamentais da linguagem dos quadrinhos.

Estúdio ao vivo

Montado dentro da Serraria, o estúdio abrigará diversos quadrinistas, que demonstrarão técnicas e estilos de desenho, escultura e roteiro.

Jornal Paratodos

Com curadoria da equipe da extinta revista Graffiti, o jornal produzido diariamente na Serraria terá artigos, entrevistas e quadrinhos, que serão distribuídos ao público.

OuBaPo

Cinco quadrinistas e um desafio: improvisar uma história coletiva. A performance acontece no auditório sob os olhares do público.

Oficinas

O mezanino da Serraria abriga 52 oficinas, tanto básicas, voltadas para o público em geral, quanto as específicas, indicadas para aqueles que já possuem algum trabalho ligado a quadrinhos e ilustração.

Palco Cosplay

Um palco com camarim será instalado para que os cosplayers possam se preparar e tirar fotos. Serão realizados alguns concursos rápidos e informais, com distribuição de kits de quadrinhos para os vencedores.

Gibiteca

Na tenda instalada o estacionamento da Serraria, será montada uma gibiteca, com centenas de títulos para leitura do público.

Auditório Gutemberg Monteiro

Assuntos como mercado de quadrinhos no Brasil, colorização e financiamento colaborativo serão debatidos pelos convidados do festival. No auditório também acontecem o OuBaPo e as demostrações de desenho.

O nome do auditório é uma homenagem a um dos grandes quadrinistas de nosso país, tendo seu trabalho publicado pela RGE, Ebal e Continental. Além disso, ilustrou de títulos de terror, como a Creepy, e a tira infantil Tom & Jerry. Gutemberg faleceu em dezembro de 2012.

Praça Mauro Martinez

12 mesas recebem lançamentos e sessões de autógrafos simultâneos de convidados e outros quadrinistas presentes no evento. O nome da praça é uma homenagem ao editor Mauro Martinez, falecido em 2012. Ele foi um nome forte dos mercados de quadrinhos e de RPG, tendo ajudado a criar a a editora Devir. Grande conhecedor de quadrinhos, Mauro também chegou a escrever artigos sobre o tema para revistas e jornais e foi fundamental para que a revista Sandman.

Praça Naumin Aizen

Local de descanso com mesas e pufes, a praça também terá um telão onde serão transmitidas as palestras e debates do auditório.

Naumin Aizen foi um importante editor de quadrinhos, tendo trabalhado com seu pai, Adolfo Aizen, na lendária editora EBAL.

Estandes e mesas

28 estandes e 36 mesas abrigam editoras, livrarias, escolas e grupos de quadrinistas independentes. O público poderá encontrar desde o quadrinho das grandes editoras até as publicações independentes e fanzines.

rodadadenegociosbx-724x1024Rodada de negócios de quadrinhos

Em parceria com o SEBRAE será realizada primeira rodada de negócio de quadrinhos do Brasil. Nela, 15 representantes de editoras do Brasil, EUA e Itália irão receber 200 quadrinistas para a avaliação de portfólios e projetos de publicação de quadrinhos. A atividade acontece nos dias 14 e 15 de novembro, na Funarte.

Painel interativo de desenhos e  painel de classificados

No painel de desenho, o público poderá desenhar e interagir com o evento. No painel de classificados, os quadrinistas poderão colocar anúncios para parcerias profissionais.

PROGRAMAÇÃO PARALELA

Outra novidade apresentada pelo FIQ em 2013 é uma programação paralela, na qual eventos de quadrinhos ou realizados pelos quadrinistas ganham o selo FIQ e são incluídos nas atividades do festival. Um que já está confirmado e que promete mobilizar os participantes é o HQ Gol (http://www.fiqbh.com.br/5-hq-gol-entra-para-programacao-paralela-do-fiq-2013/), que será realizado no dia 15 de novembro e reunirá equipes formadas por quadrinistas. Outro evento já vem acontecendo é a exposição Crepúsculo dos Samurais”, que apresenta o trabalho de Daniel Werneck, até 17 de novembro no Café Sesc Palladium”.

Também se destacam na programação paralela do FIQ a exposição “Entre Ideias e Rascunhos”, em cartaz até 15 de dezembro no Sesc Palladium, que apresenta o trabalho e os processos criativos de cinco jovens quadrinistas brasileiros – João Marcos, Eduardo Pansica, Vitor Cafaggi, Lu Cafaggi e Pedro Cobiaco –, além da mostra “Quadrinhos Possíveis”, com trabalhos de artistas do grupo Pandemônio na Casa de Quadrinhos, também até 15 de dezembro. Outro destaque é o Projeto parede, um painel com uma tira de 12 metros de largura assinado por Eduardo Damasceno, co-criador dos Quadrinhos Rasos, no  foyer do Sesc Palladium (avenida Augusto de Lima, 420, centro).

O Festival Internacional de quadrinhos – FIQ é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte através da Fundação Municipal de Cultura.   A iniciativa tem patrocínio da OI por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Apoiadores: Oi Futuro, SEBRAE, UNA, Consulado da França, Consulado da Alemanha, Consulado da Itália, ACIBRA, Panini Edotora, Livraria Comix, Casa de Quadrinhos. Colaboração COPASA. Realização: AMICULT. Produção: Plural Cultura e Entretenimento

Até o início do FIQ, outras atrações da programação paralela serão anunciadas no site oficial do festival.

George Pérez confirmado no FIQ 2013!!!

O FIQ acaba de anunciar mais um convidado de peso que deverá causar verdadeiras peregrinações rumo à capital mineira.

GEORGE PÉREZ é o mais novo artista confirmado para o FIQ 2013!!!

Com quase 40 anos de carreira, Pérez conquistou a atenção do público ainda na década de 70 ao desenhar a revista “Vingadores”, além de vários outros títulos da Marvel e DC. O estrelato veio na década de 80, com a recriação dos “Novos Titãs” ao lado de Marv Wolfman. O sucesso do título os levou a criar a lendária “Crise nas Infinitas Terras”, na qual reorganizaram todo o Universo DC. Em seguida, escreveu e desenhou a nova revista da “Mulher Maravilha”, que apresentou a versão definitiva da personagem para as próximas gerações.

Conhecido pelo seu traço limpo e dinâmico, além da maestria na criação de painéis com múltiplos personagens, Pérez também desenhou e escreveu para as editoras CrossGen, Gorilla Comics, Event Comics. Malibu Comics e Tekno Comix. De volta à Marvel, relançou o título dos “Vingadores” em 1998 ao lado do escritor Kurt Busiek.

Os anos 2000 marcaram o retorno aos projetos de maior repercussão. Em 2003, desenhou a minissérie “Liga da Justiça/Vingadores”, além de ter contribuído com capa e páginas internas em “Crise Infinita” (2005-2006); desenhou as primeiras 10 edições da série regular “The Brave and The Bold” (2007-2008) e a minissérie “Crise Final: Legião dos 3 Mundos” (2008-2009), além de várias edições especiais e capas.

Mais recentemente, foi o escritor e fez os esboços para as primeiras edições do título “Superman” da fase “Os Novos 52” e, atualmente, desenha o título mensal “World’s Finest”.

Pérez é membro atuante da organização HERO Initiative, que levanta fundos para auxiliar artistas veteranos que enfrentam necessidades financeiras.

George Pérez mora na Flórida com a esposa Carol Flynn.

Em sua primeira visita ao Brasil, George Pérez participará do FIQ nos dias 16 e 17 de Novembro (sábado e domingo).

A presença de Pérez no FIQ acontece graças ao apoio da livraria Comix.

AnucioFIQ

 

Texto originalmente publicado no site oficial do FIQ 2013. 

Ganhe um encadernado autografado por George Pérez!

Oportunidade única galera!! Nosso amigo Daniel HDR, grande ilustrador e apresentador do podcast de quadrinhos ArgCast, preparou uma promoção que vai sortear um sonho de consumo da grande maioria dos colecionadores: um quadrinho da lenda viva George Pérez autografado pelo próprio!! Confiram o release oficial e PARTICIPEM!

Você já pensou em ganhar o ENCADERNADO GRANDES CLÁSSICOS DC – OS  NOVOS TITÃS, autografado pelo próprio desenhista da série, GEORGE PÉREZ?

Pois o ArgCast, o podcast do DINAMO STUDIO, premiará os ganhadores do CONCURSO ARGCAST + GEORGE PÉREZ!

Escute o episódio 107 do ArgCast, sobre os NOVOS TITÃS e fique atento na promoção, que testará seu poder de raciocínio para decifrar a FRASE SECRETA!
Leia atentamente o regulamento clicando aqui!

Promo-ARGCAST_TEENTITANS