O Começo Do Fim! – Café com Quadrinhos #18

Não há melhor expressão para definir este novo ano, o interstício de 365 dias – melhor dizendo, 366 – mais badalado dos últimos milênios. A mãe de todas as profecias falhas será, ela mesma, a única verdadeira? 2012 significará o fim do mundo?

Pelo que temos visto até então, torço que sim.

Luiza voltou do Canadá; a grávida teve quadrigêmeos tão falsos quanto uma nota de 3 reais; o Big Brother consegue ser pior do que nunca; “Ai, se eu te pego” é a vó dele. É esse o país que irá sediar uma Copa e uma Olimpíada? Hah!

Isso me lembra de aconselhar o ano inteiro de 2015 como feriado, é uma boa ideia.

Sim, queiram perdoar essa ligeira divagação de mau gosto – um mero preâmbulo evasivo, para iniciarmos com o bom humor informal de sempre o retorno da mais saborosa coluna do site, após umas merecidas férias!

E o tema de hoje é: saudades do papel! É o começo do seu fim (ou não…).

Isso mesmo. O querido papel/celulose/folhinha está saindo de cena, dando lugar aos textos e imagens digitais que dilatam informações variadas ao mero toque dos dedos. O futuro, finalmente, chegou.

Como tantos, adoro essas tecnologias. Uma facilidade de manuseio e armazenamento de dados impressionante, onde o uso moderado torna o nosso cotidiano mais confortável e, sempre que possível, deveras suportável na correria da sociedade globalizada.

Mas não há como negar o prazer em ler um bom livro, analisar um arquivo de trabalho (Workaholic é lasca mesmo, nem aqui dá trégua ao ambiente laboral) ou um simples texto no formato impresso. Sentir o cheiro das laudas e a fricção dos dedos nas páginas vai ser algo que nossos netos, talvez, olhem fascinados enquanto contamos tais nostalgias…

Ou, talvez, nem tanto, pois ainda temos muitos anos de papel pra dar e vender.

Falo isso porque a cada dia o mundo digital está mais presente na minha vida, assim como na imensa maioria de vocês, queridos leitores. Se no ambiente forense os autos processuais já tomam forma de megabytes e nos obriga a ler praticamente tudo em enfadonhos arquivos em PDF (até os olhos arderem), o mesmo vem acontecendo nas leituras das horas vagas, dos livros aos quadrinhos.

É um fato gradativamente concreto o abraço à mídia digital.

Os comics mantêm a estrutura e conteúdo familiares, somente mudando de formato. Mas vejam como ainda estamos fortemente apegados às aparências físicas da coisa: muitos webcomics ainda sustentam o conhecido formato americano, nas disposições e dimensões das páginas.

Histórias em quadrinhos formam um simples conceito, sendo uma narrativa de arte seqüencial. Deste modo, não colaciona maiores obrigações quanto a uma forma restrita e obrigatória de 16cm x 24cm na tela de um computador, bastando que tenha uma continuidade lógica de fatos (texto + arte).

Ou seja, é necessário estudar e praticar mais uma narrativa não fragmentada em páginas e quadros, mas, isso sim, em cenas que se sucedam livremente. Sem linhas, sem “bordas” separando os momentos distintos da história.

Lembro que li uma HQ desse tipo depois de conferir uma resenha no Universo HQ. A trama girava em torno da viagem de férias de um garoto à casa dos avós, e lá ele tem uma espécie de quarto secreto, algo assim. E toda a leitura era exatamente nos moldes supracitados: várias imagens sucedendo-se e aproveitando partes/cenas umas das outras.

Só tá difícil lembrar o nome… Se alguém souber, avise-me! Quero ler a continuação, se já tiver sido publicada.

É o início dos derradeiros anos do papel? Creio que sim. Mas será um final ainda muito, muito longo.

Pelo menos, até dezembro próximo…

 … Massssss, antes que o mundo e o papel se acabem, nada melhor que inaugurarmos o primeiro sorteio da coluna Café com Quadrinhos de 2012! É o seguinte, amancebados e intrigados leitores:

O site Pipoca & Nanquim, em parceria com a Editora Évora, premiará com uma cópia inteiramente grátis de Quadrinhos no Cinema o leitor que melhor responder a seguinte pergunta: SE 1 + 1 SÃO 2, QUAL É A MASSA DO SOL? Heh.

Brincadeira. Eis a verdadeira pergunta: SE O MUNDO ACABAR EM 2012, QUAL SERIA A FORMA MAIS CRIATIVA DISSO ACONTECER?

Lembrando que somente as respostas escritas nos comentários abaixo irão concorrer. Portanto, nada de e-mail, nem facebook. Na próxima coluna, anuncio o resultado do felizardo(a).

Boa sorte nessa budega!

ATUALIZAÇÃO: Confira aqui o resultado.