Podcast 77 – Arqueiro Verde / Arrow

Olá a todos,

Após um enorme hiato, eis que o podcast do PN dá as caras para a alegria dos fãs de rock n’ roll. E temos um convidado para lá de especial para este programa, nosso amigo Leando de Barros do site Super Novo. Chamamos o Leandro para falar de um herói que está em alta graças ao enorme sucesso de sua inusitada série de televisão: o Arqueiro Verde. Pois é, o mais bacana herói comunista que adora ser capitalista tem muita estrada e boas histórias e lembramos da maior parte delas. E não se esqueçam de comentar o que estão achando da série Arrow e das novas histórias de Oliver Queen.

Grande abraço a todos!

COMENTADO NESSE PODCAST

Super Novo, site do convidado de hoje, com podcasts, revista digital, notícias e muito conteúdo!
Compre os quadrinhos indicados na COMIX, a loja parceira do Pipoca e Nanquim!
– Compre O Grande Livro dos Mangás (JBC) na COMIX!

Músicas

Bloco 01
Não Vou FicarRoberto Carlos
RockixeRaul Seixas

Bloco 02
KarmaKamelot
Last GoodbyeRoyal Hunt

Bloco 03
Real WorldMatchbox Twenty
Get What You NeedJet

Bloco 04
Ain’t No Rest For The WickedCage the Elephant
How Far We’ve ComeMatchbox Twenty

 

Se você gostar do que ouvir, ajude o podcast a se espalhar e clique no botão de RETWEET ou  CURTIR do Facebook. Indique para os amigos, coloque no seu blog, abra uma comunidade no Orkut, segue a gente no Twitter, enfim, colabore com as coisas que gosta (no caso, com Pipoca e Nanquim, rs)! Segunda que vem tem mais.

OUÇA AQUI A VERSÃO SEM BLOCOS MUSICAIS
Para baixar clique com o botão direito e “salvar link como”

Reproduzir

Novo trailer de Arrow promete!

O canal CW Network acabou de liberar mais um preview do seriado Arrow, que terá como protagonista Oliver Queen, o Arqueiro Verde. E quer saber? Cada vez mais parece que a série se aproxima do Batman de Nolan e se distancia de Smalville – o que, para nós do PN, é algo bastante positivo.

A imagem urbana e obscura remete a um tom sério e realista, Stephen Amell parece muito bem no papel, alternando um olhar brutal e determinado como o justiceiro com capuz de Robin Hood, e o típico riquinho metido quando aparece em festas como Queen, e a ação também convence (pensando em termos de um orçamento televisivo).

A série estreia nos EUA no próximo dia 10 de outubro, mas ainda não tem previsão para chegar ao Brasil. Lembrando que comentamos o primeiro trailer aqui!

Arrow: a série de TV do Arqueiro Verde – Será que vai prestar?

Desde que Smallville terminou, a DC/Warner anseia por emplacar uma nova série de TV de um de seus super-heróis para o canal The CW. Primeiro, tentaram com a Mulher-Maravilha, que teve aquele fiasco de piloto e não recebeu sinal verde dos executivos. Agora, é a vez de Oliver Queen, o Arqueiro Verde, ser levado para a telinha. Mas, ao contrário da guerreira amazona, o episódio piloto de Arrow, como foi batizado o seriado, já está aprovado e a transmissão terá início em outubro ou novembro de 2012, toda quarta-feira.

O personagem possui muitos leitores admiradores, eu incluso, e um conceito que tem tudo pra dar certo em live-action, ou seja, a série carrega consigo algumas expectativas de sucesso. Trata-se de um herói humano, sem poderes, mas com algumas habilidades extremamente úteis, dono de uma grande riqueza e de um forte senso de fazer justiça, parecido com o Batman e com o Homem de Ferro. Mas, o mais interessante do Arqueiro é a sua personalidade forte e marcante, que já o colocou em conflito de opiniões com vários outros heróis da DC, incluindo seu grande amigo, Lanterna Verde.

Embora eu tenha achado o ator principal (Stephen Amell) parecido com o personagem (deixaram ele mais semelhante com a versão do reboot) e tenha gostado do uniforme e dos trailers revelados, eu não consigo afugentar a sensação de que, tirando talvez os dois primeiros episódios, Arrow será uma grande bomba. Acho que é um trauma causado por The Walking Dead, série que tinha tudo pra ser a minha favorita e, no entanto, é uma das que mais me irrita hoje em dia.

Tenho dois motivos para nutrir esse sentimento. Primeiro: eu nunca consegui assistir Smallville. Entendo que a série teve sua graça lá no comecinho e por isso conquistou muitos fãs, mas jamais me cativou. Até mesmo os fãs não aprovaram as últimas temporadas e hoje é comprovadamente um seriado galhofa. Bom, isso pode até ter um lado positivo se servir como um exemplo a não ser seguido com o Arqueiro. Segundo: o principal roteirista, Greg Berlanti, e o diretor David Nutter, do episódio piloto, não entendem de quadrinhos e só trabalharam uma vez com super-heróis, Berlanti como um dos roteiristas do filme do Lanterna Verde e Nutter como diretor da maioria dos episódios da antiga série do Superboy. Que currículo, não?

Só que, como disse, gostei desse primeiro trailer, parece que a origem será fiel a dos quadrinhos, com Oliver Queen na ilha deserta e tudo mais, então vou dar uma chance e assistir, mas não aposto que será uma série que vai me pegar do começo ao fim. Mas, como sempre quando o assunto é adaptações de HQs, torço para queimar a língua e pela qualidade de todos os episódios.

E vocês, o que acham? Estão ansiosos por ver o Arqueiro Verde em ação ou acham que será um fiasco? Será que é justo comparar com Smallville ou isso não tem nada a ver? Deixe sua opinião aí nos comentários!

Videocast 96 – Kevin Smith

O papo de hoje é sobre um diretor meio controverso, muitos amam, ao mesmo tempo outros muitos odeiam! A quem diga que sua única grande obra foi O Balconista, de 1994, e que de lá pra cá apenas entregou filmes no mínimo medianos. Será? Nós do PN também mantemos opinião um pouco diferentes sobre o cara, mas respeitamos muito seu trabalho, tanto no cinema quanto nas histórias em quadrinhos! Sim, óbvio que o diretor mais nerd do mundo não conseguiria ficar longe das HQs após seu sucesso na carreira, então logo tratou de realizar o sonho da maioria dos fãs de quadrinhos e escrever roteiros pras maiores editores dos EUA, dentre eles Demolidor: Diabo da Guarda para a Marvel e Batman: Cacofonia para DC, duas HQs que consideramos muito boas.

Lembrando que tem promoção rolando, você pode ganhar um livro Os Três Mosqueteiros, traduzido diretamente do francês pela Editora Generale e com caderno especial de Alexandre Callari do Pipoca e Nanquim!!

Dê logo o play e diz aí nos comentários, você curte ou não o trabalho de Kevin Smith?

QUADRINHOS INDICADOS

Demolidor: Diabo da Guarda (Panini)
Batman: Cacofonia (Panini)
Arqueiro Verde: O Espírito da Flecha (Panini)
Besouro Verde (Dynamite/Inédito no Brasil)

FILMES INDICADOS

O Balconista (Clerks, 1994)
Barrados no Shopping (Mallrats, 1995)
Procura-se Amy (Chasing Amy, 1997)
Dogma (Dogma, 1999)
Stan Lee’s Mutants, Monsters & Marvels (2002)
O Balconista 2 (Clerks 2, 2006)
Pagando Bem, Que Mal Tem? (Zack and Miri Make a Porno, 2008)

__________________________________________________________________________________________

Videocast 55 – Road Stories

Enfim Sexta-Feira!

Então depois de suas obrigações cotidianas, relaxe e assista nosso mais novo episódio, hoje vamos conversar sobre Road Stories, ou seja, filmes e HQs que tem como principal cenário a estrada.

Para começar a falar disso, nada melhor do que a indicação do livro que desencadeou esse gênero e  abriu a cabeça e mudou o comportamento de milhares de pessoas no mundo todo, o clássico On The Road, de Jack Kerouac,  na sequencia conversamos sobre filmes excelentes como The Hitch-Hiker (1953), Encurralado (1971), Sem Destino (1969), Priscilla, a rainha do deserto (1994), Sideways (2004), Rain Man (1988), The Go-Getter (2007), Thelma e Louise (1991) .

Não poderíamos deixar de esquecer alguns quadrinhos sobre o tema, como o arco Vidas Breves de Sandman, o fundamental encontro do Lanterna Verde e Arqueiro Verde Midnight Nation.

Além de tudo isso o Bruno e o Alexandre (quase) soltam a franga e dançam I Will Survive!!

Ah! Não se esqueçam de comentar o que acharam do episódio, indicar outros bons filmes de estrada ou mesmo nos xingar por ter falado muita porcaria.

Tchau, até semana que vêm!