A versão brasileira da revista mais maluca do mundo ganha assinatura!

Nunca antes na história deste país a revista MAD teve uma assinatura! Desde que foi publicada em 1974, os leitores da revista de humor mais escrachada do mundo nunca tiveram a oportunidade de recebê-la em casa.A MAD possui um humor bastante característico e que mistura tiradas ácidas, crítica social exagerada e non sense. As páginas não são menos anárquicas e trazem histórias em quadrinhos, matérias falsa, piadas visuais, sátiras de filmes, propagandas falsas e muitas outras maluquices. Nada é sagrado para os colaboradores da MAD. Nem mesmo a própria revista, que vive sendo comparada a papel higiênico.

A versão brasileira é uma das poucas do mundo que publica mais material nacional do que republicações da revista norte-americana original. No entanto, os grandes clássicos da MAD continuam sendo publicados, como Sergio Aragonés (Groo), Al Jaffee (Dobradinha, Respostas Cretinas para Perguntas Imbecis), Spy vs. Spy e muitos outros.

Entre os nomes que estrelam a MAD brasuca estão monstros consagrados da HQ nacional, como Marcatti, Bira Dantas e Marcio Baraldi. Além dos jovens talentos revelados pela própria publicação: Raphael Salimena, Alves, Victor Freundt, Jackson, Doug Lira e muitos outros. A MAD é um dos últimos espaços que os cartunistas, humoristas e desenhistas brasileiros têm de mostrar seu trabalho nas bancas de todo o Brasil.

Sem falar nos grandes nomes do humor nacional que começaram a produzir roteiros (e até mesmo desenhos) para a revista. Como é o caso de Danilo Gentili, Nizo Neto, José Luiz Martins e o novato Marcelo Saravá.

Outra coisa inesquecível sobre a revista são as capas satirizando assuntos que estão na boca do povo. Entre as próximas capas estão sátiras de Michel Teló, do filme Os Vingadores e das séries de televisão Game of Thrones e The Walking Dead. A maioria das nossas capas é inédita e feita pelo desenhista Camaleão.

Assine a revista clicando aqui e garanta boas risadas todos os meses.

Conheça o facebook demente da revista: http://facebook.com/revistamad