Wolverine Vs. Ciclope: Podia ser legal, mas…

Há muito tempo que os mutantes não tomam partido em conflitos dos demais heróis e vilões do universo Marvel. Eles tinham suas próprias situações para resolver e ficavam no canto deles. Não que isso fosse ruim, pelo contrário, eu achei bom que não foram envolvidos na Guerra Civil, por exemplo, e essa saga Segundo Advento publicada pela Panini está emocionante, segundo amigos meus que estão acompanhando (aqui sim, alguns Vingadores aparecem para ajudar os mutunas). Agora, em 2011, parece estar nos planos da Marvel arremessar os filhos do átomo de volta para o centro de seu universo.

Tal evento está sendo preparado na atual saga em andamento lá fora, Schism, que promove mudanças nos sentinelas e insere um novo grande vilão, além de colocar os mutantes para brigarem entre si quando mais precisavam permanecer unidos. A peleja divide os X-Men em dois times e a lista de integrantes de ambos os lados foi revelada poucos dias atrás pela editora, equipe Azul e Dourada. Isso vai reformular toda a linha de revistas X a partir de outubro, na nova fase intitulada Regenesis.

Pelo que pudemos ver em teasers da quinta edição de Schism liberados na semana passada, o clímax do embate entre os X-Men ocorre quando Wolverine e Ciclope, os líderes de cada uma das facções, caem na porrada. É sobre esse duelo que vamos falar.

Muitos estão vibrando com as páginas mostradas (vejam abaixo) “caramba, que animal, muito foda essa treta!!”. Rajada óptica que arranca a pele da cara do carcaju, punho de adamantium quebrando nariz e garras que trespassam mão e braço do Ciclope, um sentinela gigante no meio de tudo isso, “uau!”. Os dois já se enfrentaram antes, mas não com esse nível de selvageria, é isso que chama atenção à primeira vista. Contrariando os vários comentários empolgados que vi em alguns sites, preciso dizer que achei essa sequência uma grande porcaria! Nada contra a arte, o traço é dinâmico, boa escolha de planos panorâmicos e fechados em detalhe, diagramação que contribui para a agilidade da leitura, tudo muito bonito, mas a cena em si é de péssimo gosto.

Alguém precisa ensinar uma coisa para os roteiristas dessas HQs: ser um super-herói ou mutante não necessariamente confere super-resistência ao personagem. O Ciclope é um sujeito que dispara raios dos olhos, só isso! Ele certamente tombaria assim que recebesse aquela pancada da mão gigante do sentinela ou os primeiros socos de Wolverine, e nem todo o fator de cura do mundo impediria o baixinho de GRITAR de dor e parar de investir tão logo uma rajada derretesse a pele de seu rosto! Os dois arremetendo ser serem afetados pelos fortes danos recebidos é, em minha opinião, uma falta de noção que chega a agredir! Wolverine vira esqueleto e um olho pula fora de sua cabeça, mesmo assim ele continua por cima!! Ciclope tem o braço varado por garras e nem sente, sequer fica tonto com o direto de punho de adamantium no meio da fuça.  Pra quê escrever uma cena assim? Porque tanta apelação? Pra um cara como eu, que mantém as esperanças de quadrinhos mainstream continuarem a apresentar a mesma qualidade de títulos como Os Supremos de Mark Millar e Capitão América do Brubaker, isso é de causar uma profunda irritação.

Seria muito melhor, sem dizer mais provável, uma luta mais estratégica entre os dois, Wolverine usando sua agilidade para se esquivar dos raios e Ciclope fazendo o possível para manter-se afastado do corpo-a-corpo. Imaginem só, um combate ágil e de movimentos calculados, o caolho disparando rajadas e se defendendo com golpes de arremesso e o Wolverine avançando com deflexão, ambos tendo que se preocupar com a ameaça do sentinela, e mais legal ainda, tentando usá-lo como meio de nocautear o adversário. Invés de simplesmente ignorarem o robô gigante, a criatura seria inserida no contexto da ação como uma peça crucial na vitória de um deles. Poxa, essa poderia ser uma batalha e tanto!

Tem alguns fãs que estão descontentes pelo simples fato de colocarem esses personagens em rixa mais uma vez, alegando a falta de criatividade em criar mais um caso de herói contra herói que depois acabará em pazes. Esse nem chega a ser o meu caso (embora eu concorde que a saga se mostre carente de originalidade), se fosse bem executada nada teria contra essa história. O papo de Wolverine como líder é que não cola, sempre vi o personagem como um anti-herói solitário, alguém que detesta ser comandado tanto quanto comandar, uma desordem com Ciclope deveria se desencadear por qualquer outro sentimento, menos o de liderança.

A ânsia em conceber uma luta verdadeiramente de macho entre os dois principais x-man da Marvel acabou por perverter totalmente a ideia. Uma história que a meu ver mancha a imagem de personagens tão sofisticados como Ciclope e Wolverine e mostra que quadrinhos de super-heróis ainda vão sofrer muito do mal das grandes sagas comerciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Que é que é isso??? Eles simplesmente ignoram o sentinela gigante disparador de raios!!!
    Concordo demais com o Bruno, o confronto entre dois lutadores tão experientes deveria ser mais estratégico!

  2. Concordo com o que o bruno falou, mais vo esperar para ver o MOTIVO para eles terem fica assim com tanta raiva um o outro para chegar a esse ponto.

  3. Concordo com vc Bruno desenho foda historia uma b###, infelizmente as revistas são feitas para vender na maioria das vezes e a historia em si fica de lada estes personagens são os mesmos preferidos no universo mutante,mas a luta em si o ciclope não teria chance numa luta corpo a corpo com o Wolverine e ainda mais tendo um sentinela(outro personagem que eu adoro e esta muito estiloso neste desenho) a suas espreita !!! Outra saga para se tornar esquecivel.

  4. Eu já achei do [email protected]@jo essa luta e até que estava demorando muito apensar das incessantes cagadas do Ciclope.
    E Bruno isso não passou de uma forma de você ter um “chilique do Droco” bwahahahahahah.

  5. As imagens estão muito boas, mas o contexto falha.
    Só não concordei muito sobre o Wolverine ficar fazendo estratégias pra acabar com o Ciclope… A minha visão de Wolverine diz que se ele se visse tendo que esquivar do Ciclope, e também do Sentinela, essas atitudes iam durar pouco, porque do jeito que o baixinho é invocado, ele logo logo ia ligar o foda-se e partir pra investida sem medo.
    Mas Wolverine se metendo à líder foi cruel… Eu costumo comparar o Wolverine ao Vegeta de Dragon Ball, ambos são porradeiros e não ligam pra “frescurinha” de equipe.

    Grande Bruno, um grande abraço O/.

  6. Que sequência vergonhosa essa heim? Os caras perderam totalmente a noção e já faz um bom tempo, o Wolverine se tornou praticamente um semideus que leva porrada de todo mundo. Mas sério, muito podre isso, cara apesar do fator de cura e dos ossos inquebráveis ele ainda possui tendões, cartilagens, músculos, nervos e tal e com todos os danos recebidos nessa sequência ele estaria no mínimo desmaiado. Essas garras não são super ultra afiadas? Então como diabos ele não decepou ao menos uma mão do ciclope a essa distância? O ciclope já deveria estar desmaiado com o 1º ou 2º murro de amantium na fuça. Concordo que uma batalha decente entre eles deveria envolver muita estratégia visto que o ciclope só teria boas chances a uma distância razoável das garras do Logan enquanto este tentaria chegar o mais perto possível para fatiar o palhaço do Summers.Quanto ao Wolverine ser líder de uma equipe com a atual bundalização que fizeram dele não vejo tanto problema já que ele está mais velho e experiente.

  7. Pior que foi o Kubert quem desenhou essa merd e eu adoro os desenhos dele. Marvel por favor não publique esse lixo, até eu desenho coisa melhor pra vocês.

  8. Acho que estamos acostumados demais a fixar a identidade do Outro. Enrijecê-lo aos nossos olhos esquecendo que ele também está aberto e disposto as mudanças do mundo. Já não basta o universo das HQ eternizar os personagens numa única idade e ainda queremos eternizar seus trejeitos. Será que Wolverine será sempre o brigão, o anti-herói; enquanto Ciclope o líder, racional devido sua fraqueza física?

    Concordo em alguns apontamentos do Bruno, como por exemplo inserir uma luta mais estratégia entre os dois, mas não para afirmar suas fragilidades e sim reforçar suas capacidades como mutantes e também como seres humanos. 

    Acho que devemos parar de congelar esse Outro, principalmente os heróis que, assim como são roterizados por seres humanos, estão sujeitos as mudanças. Alias, identidade é uma ilusão, uma invenção e temos múltiplas identidades, a utilizando de acordo com o contexto que estamos. Isso já basta para quebrar essa rigidez tão obsessiva que tentamos aplicar ao Outro.

  9. Isso tá com aquele gostinho de feijão requentado…
    Só pra citar algo mais recente, lembra a briga que Ciclope e Wolverine travaram nas primeiras edições de Ultimate X-Men, que por sinal foram desenhadas pelo Kubert.
    Sem contar o roteiro, que parece ter sido chupado da Guerra Civil.

    X-Men já deu o que tinha de dar a muito tempo….

  10. Concordo com você Bruno. Tá certo que tanto a Marvel quanto a DC estão nisso por dinheiro, mas creio que tentar vender por qualidade é muito melhor do que vender apostando em polêmicas e apelação. Poderiam criar algo memorável, mas optaram por lançar mais do mesmo.

  11. Concordo plenamente com o que o Bruno Zago falou. Apelação só descaracteriza a essência dos personagens. E o que dizer se for de personagens tão importantes quanto o Ciclope ou o Wolverine. É impressionante o desrespeito para com o público que acompanha esses personagens a tempos. Enquanto continuarem a comprar aos montes esse tipo de coisa, eles não vão parar, pois tudo se resume as vendagens e mais vendagens.
    O que o universo dos quadrinhos realmente precisa é de leitores com o mínimo de senso crítico necessário, e que se ache importante o suficiente a não toleram levar para casa qualquer tipo de coisa descaracterizada e forçada.