Videocast 82 – Lanterna Verde

 

Pois é, se continuar saindo filme de super-herói desse jeito, vai ficar fácil montar pauta. Depois de Thor e Capitão América, chegou a vez da DC dar as caras no Brasil com Lanterna Verde. Infelizmente, pelas críticas que lemos dos gringos, ao contrário dos filmes da Marvel, este aqui é uma bomba!

Mas bom ou ruim, o filme não muda o fato que o Lanterna é um dos personagens mais inventivos das HQs e após anos no ostracismo, recentemente ele voltou a ocupar um lugar que lhe era de direito entre os grandões do panteão da editora. Na verdade, hoje ele é mais popular do que heróis supostamente “maiores” que ele, como o Capitão Marvel e até a Mulher-Maravilha. Sua revista está entre as mais vendidas da atualidade e ele tem protagonizado mega-saga atrás de mega-saga.

Nós do Pipoca adoramos relembrar os grandes momentos desse emblemático herói e torcemos para que a Warner dê mais uma chance a ele e produza uma sequência de qualidade, que corrija todos os problemas apontados no primeiro longa. Enquanto nada disso ocorre, vamos fazer o que fazemos melhor que é LER HQS!!!

E quase tudo que falamos aqui, lembre-se que você pode comprar lá na Comix (aproveita a promoção de agosto deles que tá genial).

Grande abraço a todos e até a próxima semana!

QUADRINHOS INDICADOS
Lanterna Verde: Crônicas (Panini)
Grandes Clássicos DC: Lanterna Verde e Arqueiro Verde (Panini)
DC Especial #2: Amanhecer Esmeralda (Abril)
Lanterna Verde: Origem Secreta (Panini)
A Morte do Superman (Panini)
Lanterna Verde: Crepúsculo Esmeralda/Novo Amanhecer (Panini)
Zero Hora (Abril)
Lanterna Verde: Renascimento (Panini)
Dimensão DC: Lanterna Verde #1-5 – A Guerra dos Anéis (Panini)
A Noite Mais Densa (Panini)
Grandes Clássicos DC – Alan Moore (Panini)
Lanterna Verde: Sem Medo (Panini)
Lanterna Verde: A Vingança dos Lanternas Verdes (Panini)
Coleção Moebius – Arzach (Nemo)
O Senhor das Histórias (Nemo)
Ciranda Coraci (Nemo)

 

—————————————–­­­————————————–­-­-­—————————–­-­-­—————
Se você gostou do que assistiu, ajude o videocast a se espalhar e clique no botão GOSTEI, adicione o vídeo aos favoritos e COMPARTILHE com os amigos nas redes sociais, isso é fundamental para a sobrevivência do canal. Contamos com a sua ajuda;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Sempre gostei do Lanterna, acho que foi o personagem que me fez comprar mais DC do que Marvel, no começo de minha coleção. Gostava do Kyle, ainda mais com Hal Jordan sendo seu maior rival. Estava gostando a revista do Lanterna, o Hal Jordan estava sendo um personagem agradável após sua volta a vida, porém com o tempo voltei a perceber o quão BABACA ele é, hehehe.

    A Noite Mais Densa foi o fim pra mim, estava legal, mas ficou chata, como falaram, nem chega perto da guerra contra a tropa Sinestro.

    Adoro a Tropa, odeio o Hal Jodan, mas não dá pra comprar uma mensal só por causa de um terço dela. Com tudo isso, com muito pesar, larguei mão da mensal do Lanterna, ficando só com Batman e a Vertigo, aos poucos vou me libertando das mensais.

    Estou ansioso para ver o Lanterna pós Reboot.

    Abraço a todos.

    • “A Noite Mais Densa foi o fim pra mim, estava legal, mas ficou chata, como falaram, nem chega perto da guerra contra a tropa Sinestro.” só digo Amém. 

  2. Muito bom programa. Já ouvi o podcast e tb gostei muito
    Sempre fui fã do Lanterna Verde – Hall Jordan. Desde os tempos dos Superamigos.
    Alguns como nosso amigo Rodrigo César gostam do Kyle, ou outros, como um amigo meu, dizem que o maior erro é não term colocado o Lanterna Negro da Liga (John Stewart) como protagonista do filme.
    Amanhã (domingo) levarei minha filha de 6 anos para ver o LV. Espero me divertir muito com o filme.
    Ainda não comprei o Crônicas 1 e 2 do LV pois achava que eram fraquinhas. me decepcionei com Crônicas: Superman que não valem o investimento. Mas sabendo que todos os elementos (Tropa, Kilowog, Sinestro , Carol Ferris) estão lá, certamente vou adquiri-lá. Mais um gasto gerado pelo Pipoca e Nanquim (ainda bem que já havia adquirido os dois encadernados – sem medo e vingança dos lanternas – e o Origem Secreta, senão vcs seriam culpados por mais esses gastos).

    • BZ: Fala Fábio! Cara, no vol. 1 de Crônicas do Lanterna Verde ainda não vemos muito da Tropa e dos Guardiões, o conceito tdo está lá, mas eles não aparecem tanto quanto deveriam. John Broome introduziu tudo isso na mitologia do personagem, mas não foi assim logo de cara. Ainda não adquiri o volume 2, mas é provável que ali eles apareçam mais. Mas advirto uma coisa, se você não curtiu o Crônicas do Superman, provavelmente também não vai gostar dessas, pois é o mesmo tipo antigo de história, simples e ingênuas. Eu particularmente dou muito valor a elas e considero item obrigatório para minha coleção, mas pelo teor das aventuras muitos não gostam da leitura. Diferente de Sem Medo e Vingança dos Lanternas Verdes, que são ótimas aventuras, situadas após o renascimento de Jordam.

      Você e seu filho vão se divertir com o filme sim, eu gostei (podia sem BEEEEM melhor, mas não perde em nada para Thor, por exemplo). Aguardem um post com minha opinião em breve.

      Abração.

      • Acabei de sair do cinema e minha impressão qto ao Lanterna foi boa.
        Perguntei pra minha mulher o que achou  e ela disse que foi divertido.
        Ou seja agradou tanto ao fã qto à leiga.
        Em nenhuma, repito, nenhuma adaptação pode se esperar total fidelidade. Se isso fosse tentado em LV aí sim seria um roteiro confuso, pois são mais de 50 anos de histórias.
        Pra mim foi um filme bom/ótimo com alguns pontos baixos, (1) poucos lanternas indo para enfrentar Paralax; (2) Hall conseguir num único golpe fazer o que nem Sinestro o fez.
        Mas vejam bem, a DC lançou Jonah Hex e Superman – o retorno, então….
        Pior seria se Sinestro – o maior antagonista de Hall Jordan – fosse logo no primeiro filme o vilão.

  3. Acabei de sair do cinema e devo dizer que o filme não é a bomba que os sites gringos me fizeram crer que seria, é tão divertido quanto os da Marvel. Aguardem um post!!

    Valeu gente!

      • BZ: O louco! Haha XD… Mas qual é a diferença de gostar do Lanterna e do Thor (que diga-se de passagem, eu não gostei e os demais pipoqueiros gostaram)??

        • Bom, embora Thor e Capitão sejam dois filmes medíocres, o primeiro ainda tem alguns pontos positivos, como a breve mas convincente atuação de Anthony Hopkins, a sequência de Jottunhein eee…puxa, acabou. Capitão é um filme nulo. Carga emocional 0. Um filme que supostamente se passa na II Guerra e não tem 0,2 seg de uma cena de combate minimamente aceitável. Já o Lanterna…bom, o filme do Lanterna é um atentado contra os quadrinhos, o cinema e o bom gosto de forma geral. Reynolds não tem sequer uma cena média, do começo ao fim é no nível da Megan Fox. A montagem/edição parece feita por um esquizofrênico, a escolha e realização dos vilões foi a pior possível e o roteiro, meu Deus o roteiro é tão desconexo que dá pena de quem escreveu. Sinceramente, duvido que Capitão ou Thor sejam indicados para alguma categoria do Framboesa de Ouro, mas o Lanterna não deve escapar. Sério Bruno, não consigo me divertir quando me sinto subestimado e ofendido por uma equipe criativa. Não posso negar entretanto que Lanterna oferece algumas boas pirotecnias, espetáculo visual. Mas na verdade eu só escrevi isso msm para descarregar minha fúria,  eu só te chamo de Pipoqueiro Pop por conta da sua caracterização como Lady Gaga hauhaauauhaua.

          Abraço meu caro.

          • BZ: Huahauha, cara, pior que tenho que concordar com você em quase tudo que disse. Reynolds está MUITO ruim no papel, a escolha dos vilões foi mesmo uma porcaria, mas não concordo quanto a montagem e roteiro. Depois coloco minha posição em uma crítica.
            Valeu Marshall, abração!!

            PS: Lady Gaga é o caramba!!! rsrs

          • Só uma trívia para não perder o hábito. Sabe a loira na cama do Hal logo no começo? O nome é Marcela Duarte e ela já foi Miss Minas Gerais. Essa não tem no Quadrinhos no Cinema ahuahuah!

            Abraço!

  4. Parabéns Pipoca e Nanquim, foi um ótimo programa!
    O Kyle Rayner foi o primeiro lanterna que conheci e se tornou o meu favorito, quando saia as histórias dele na revista do Super Homem pela abril.
    Quando começei a acompanhar, foi em uma volta do Hal Jordan que vocês não comentaram, que se passa quando o Kyle volta ao passado e o Hal de antes de virar Parallax e de Coast City ser destruida vem ao presente com ele. Vocês sabem como acabou, por quê infelizmente não consegui acompanhar a saga completa

  5. Eu acho o John Stewart da Liga o melhor dos lanternas, não gosto muito do Kyle e não o conheço muito bem também. Hoje eu adquiri o Origem Secreta (mais um gasto do Pipoca & Naquim =D), e ainda não li, mas pelo jeito promete.

    [Nota: Adquiri também o Homem Aranha: Noir, e eu gostei da história, não é um “Nossa que puta história!”, mas os elementos noir estão bem legais, e a história é envolvente, daria uma nota 6,5]

  6. Lanterna verde é um grande personagem, com um grande background e mitologia. Gosto muito mais do Kyle Rayner do que do Hal Jordan. Não gostava do John Stewart, mas depois do desenho da Liga acho que o personagem ganhou uma importância bacana. Detesto o Guy Gardner muito mais do que não gosto do Hal Jordan. Mas isso tudo não é tão relevente quanto o verdadeiro trunfo: Green Lantern Corps – sensacional!

    Quanto ao album do Moebius, meu deus: PRECISO  comprar. Eu adoro Moebius! Quem não conhece eu recomendo darem uma olhada no post que fiz do Moebius, que contem algumas ilustrações fantásticas.

    Bem, vamos às dicas musicais:

    Zero The Hero – Black Sabbath (por causa da fase vilão do Hal Jordan);
    Space Race – Bruce Dickinson
    Solar Confinement – Bruce Dickinson
    Monster Astronauts – Spiritual Beggars

    Muito bom o videocast! O 52º desde que comecei a assistir. Achei que tinha passado mais de um ano, mas como aprendi com  a DC, 52 semanas = um ano.

    Um abraço galera!

  7. Esqueci de dizer uma coisa importantíssima: De todos os lanternas verdes terráqueos, o melhor mesmo é aquele que não faz parte da Tropa, o Alan Scott. Podem dizer o que for, que o uniforme dele é brega, que isso, que aquilo… Mas ele detona! E viva Reino do Amanhã! O Lanterna Verde Alan Scott com sua armadura esmeralda e espada de energia, sentado em Nova Oa, sem falar nenhuma palavra é foda demais!

  8. Parabéns ao site e aos casts,
    a lista de videocasts está com uma falha, só vai até o 43….
    como faço para ver os anteriores?

  9. Galera, esqueci de falar duma estória espetacular do Lanterna Verde:

    Lanterna Verde: O Mundo Surreal, com roteiro do J.M. Dematteis e arte do Seth Fisher. são apenas duas edições e eu acho aquilo tudo duma inventividade incrível! Vale MUITO à pena ler, mesmo por que traz uma nova perspectiva pro personagem.

    Vale a menção de Sandman: Noites sem Fim, que a parte de Sonho é vista pelo ponto de vista de uma moça da raça dos Guardiões do Universo, antes que eles tivessem dominado por completo a energia esmeralda, antes que tivessem feito de Oa a “base de comando” dos Lanternas Verdes. Antes mesmo que os Lanternas Verdes existissem. 😀

    abraços

    • Poxa verdade, essa Mundo Surreal é muito boa! Saiu em uma edição sozinha e depois foi compilado em um encadernado junto com HQs do Flash. O Lanterna principal ali é o Kyle Rayner!

  10. Caralho velho! (Desculpa o palavrão). O Lanterna Verde – Origem Secreta é muito, mas muito foda!
    Eu gostei do roteiro, mas como um admirador de bons desenhos eu tenho que dizer, que obra de arte do Ivan Reis!
    Os desenhos, o timming, a sequência de quadros e a colorização estão muito bons, sério vale muito a pena.

  11. História de origem do Lanterna Hal Jordan é Amanhecer Esmeralda (parte 1) – que aliás seria um roteiro perfeito para o filme – o resto é resto.

      • Não. Acho uma história boçal feita apenas para inserir retroativamente na cronologia elementos criados ou adotados pelo farofeiro Geoff Johns, como por ex. as desnecessárias participaões de John Stweart e Atrocitus, transformando a origem do Lanterna num mar de coincidências absurdas e melodrama. Sem falar num dos piores vilões que já deram o ar da graça no UDC e foi malditamente cooptado pelo filme: Hector (blergh) Hammod. Me faz lembrar Wolverine Origem e as garras de osso, outra tentativa de recontar a origem de um personagem com pífios resultados.

        Amanhecer Esmeralda (parte 1): 10!
        Origem Secreta: 0.

        • Eu não li o Amanhecer Esmeralda, mas dar nota 0 pro Origem Secreta não foi muito justo.

          • É a opinião do Marshall, Esley, eu particularmente adoro Origem Secreta, mais do que Amanhecer Esmeralda.

  12. A Morte do Superman é lixo radioativo… to lendo o retorno (com mt esforço) só pra constatar que a animação em DVD é a melhor coisa do super em relação à essa epoca já feito.