Trapped Dead – mais um game de zumbis!

Colaborador: Leonardo Chacel (@Crashleo)

Aproveitando o mais recente boom dos zumbis pelo mundo do entretenimento, principalmente nos games (parte disso graças ao enorme sucesso de Left 4 Dead 2), vou falar um pouco de um jogo que me chamou muito a atenção: Trapped Dead. Se você sempre quis se arriscar em um jogo de zumbis onde a estratégia é mais vital do que atirar para todos os lados, você tem obrigação de conferir este jogo!

A ambientação do game se passa no início dos anos 80 em uma cidade chamada Hedge Hill no estado do Kansas (maior produtor de milho dos EUA). A colheita de um novo tipo de milho geneticamente modificado, resultou na criação de um vírus, que sofreu uma mutação através da cadeia alimentar natural. Um vira-lata, infectado pelas sobras da colheita, morde um cidadão e da início ao surto viral o qual rapidamente se espalha pela cidade.

Voltando de uma road trip e já quase sem gasolina, o universitário Mike e seu amigo param em um posto situado na periferia de Hedge Hill. Como todo bom enredo de terror dos  anos 80, eles não sabem que o vírus já se espalhou pela cidade, inclusive no posto de gasolina onde se encontram. E é aí que começa o inferno…

O jogo é extremamente tático, com as mais diversas maneiras de criar armadilhas para pegar vários zumbis de uma vez só, seja atraindo os mortos-vivos para queimar, eletrocutar ou transformá-los em panquecas. Todos os cenários são claramente influenciados pelos filmes de George Romero. Seja em hospitais, cemitérios, prisões ou, o favorito de todos, um Shopping, cada lugar conta com zumbis e itens específicos de cada ambiente. Se você não está acostumado com jogos de tática (Starcraft, Warhammer, Warcraft, etc), vai ficar apavorado com a facilidade com que os zumbis, apesar de não serem muito rápidos, encontram para infestar o seu monitor caso você não prepare uma boa estratégia.

Não existem munições, armas avançadas e nada de drinks de energia espalhados pela cidade para lhe ajudar a sobreviver. Isso é o grande destaque de Trapped Dead. Imagine um Left 4 Dead 2 com visão aérea onde a principal arma é o seu cérebro. Isso não quer dizer que o jogo não tenha sua generosa dose de ação. Zumbis começam a lhe cercar, sua munição acabou e tudo o que você tem agora é um bastão de baseball. O que fazer? Use o cérebro! Analise bem os seus arredores e começe a planejar rápido seu próximo passo.

Destaque para os efeitos sonoros que, literalmente, arrepiam. Quando os zumbis se aproximam do local onde você se encontra, começam com pequenos rungidos os quais, à medida que sentem o cheiro do seu cérebro fresquinho, escalam o som de maneira épica. Portas que rangem ao abrir, gotas intermináveis que caem do teto, e o barulho da cabeça de um zumbi se abrindo ao peso de uma boa paulada. Tudo isso contribuindo para uma experiência única em jogos de estratégia. A voz dos personagens estão excelentes, muito bem trabalhadas, garantindo uma credibilidade infinita para a história. Gráficos muito bem executados, ambientação 3D sensacional, e a “inteligência” artificial dos zumbis também chama a atenção. Cada zumbi age de acordo com seu campo de visão. Se você matar um deles, e este estiver no campo de visão de outro zumbi, já era! É possível também jogar no modo online multiplayer. Nada melhor do que se juntar com seus melhores amigos para dizimar uma horda inteira de zumbis.

Os personagens principais são muito carismáticos: Mike Reed é o típico universitário esportista; Professor Harper está condenado a uma cadeira de rodas e é lento, mas essencial para ajudar os outros a se curarem; Klaus é um operário de fábrica fortão excelente para combate mano a mano; Jo Ann é bem atlética e a mais rápida do grupo; Ol’ John é o xerife da cidade e completamente fora de forma e, finalmente, temos também Bo, que trata-se do típico caipira americano paranoico por armas. A partir desses candidatos você tem que escolher bem o seu time de acordo com o que o cenário da vez lhe proporciona. Vá por mim, às vezes esse jogo parece ser impossível de completar. Aviso, se estiver machucado, cuidado onde você deixa o seu sangue pingar, a última coisa que você quer é deixar um rastro para os zumbis.

Excelente empreitada da HeadUp Games, que conseguiu dar uma injeção de vitalidade no gênero estratégia-horror. Aprovadíssimo!

Trapped Dead (HeadUp Games e Crenetic Studios)
Exclusivo para PCs

Sistema Operacional: Windows XP / Vista / Seven
Processador: Intel Pentium 4 com 1.5 GHz / AMD Athlon XP 1500 +
Memória: 1GB
HD: 1.2GB livres
Placa de Vídeo: N Vidia GeForce 6600 / ATI Radeon X1300 128 MB

___________________________________________________________________________________________

Leonardo Chacel é formado em Publicidade. Depois de cinco anos como livreiro, chutou o pau da barraca e virou tatuador e gamer porque jogar e desenhar é o que faz de melhor. Além de escrever sobre games para o PN escreve sobre música (só as boas) em seu blog Overdose Contínua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Sou viciado em Left4dead, agora que li esse post do Trapped Dead vou ter que jogar!!
    O jogo é muito difícil? Demora muito pra acabar?

    Espero que sim, detesto comprar jogo que acaba rápido. rs

    valeu pelo post!

    Pipoca Games Rules!

  2. O jogo é bem difícil. Como eu disse na resenha, experiência em jogos de estratégia é FUNDAMENTAL! Passar de cada "missão" às vezes parece impossível! O que o transforma em um jogo longo!

  3. Parabéns pelo post, sempre que possível publiquem sobre games aqui no site, eu adoro. Não vou comprar Trapped Dead, mas certamente darei meus pulos pra conseguir jogar (se é que me entendem…) pois fiquei com vontade após ler o texto.

  4. Pelos videos esse game me lembrou q se chama Soldiers Heroes of world war. A temática nao tem nda a ver um com o outro, mas o heroes era mto dificil e exigia mta estratégia, mas foi um dos melhores games do gênero que já joguei.
    Vou testar esse. Tomara que seja bom.

  5. Boa noite,

    gostei muito das informações contidas no artigo acima..

    porem, resta-me uma duvida: Como jogar no modo multiplayer? é via hamachi?

    Grato,