Era uma vez …Fábulas!

Colaborador: Willian blackwell ( @blackwill )


Era uma vez …
um reino fantástico chamado Terras Natais.

Este reino é formado por vários mundos paralelos, cada um deles habitado por seres incriveis chamados de Fábulas. Um belo dia uma ameaça misteriosa surge: conhecida apenas como O Adversário, inicia uma  conquista sangrenta por todo o lugar.

Para sobreviver as Fábulas são forçadas a abandonar o seu reino e fugir para o nosso Mundo Mundano. As Fábulas que possuem forma humana se abrigam em um bairro da cidade de Nova York, que passa a ser  conhecido como Cidade das Fábulas, e as inumanas, em um lugar fora da cidade, chamado A Fazenda.

E assim, somos apresentados à história pelo roteirista e criador da série Bill Willingham.

Fábulas, tida como sucessora de SANDMAN na linha VERTIGO, já é um sucesso consolidado lá fora, e atualmente chegou ao seu centésimo número. No Brasil a série já  passou pelas mãos de três editoras: Devir, Pixel e atualmente teve o seu sexto encadernado lançado pela Panini, englobando até a edição de número 41. Fábulas já faturou 25 prêmios Eisner, considerado o OSCAR das Hqs.

Willingham pega personagens da literatura universal – Chapeuzinho Vermelho, Lobo Mau, João das Lorotas (aquele mesmo do João e o Pé de Feijão) – e mostra o que aconteceu com eles ápos o “Felizes para sempre” de  maneira impar, ignorando qualquer sombra de infantilidade, aprofundando na personalidade e mostrando que nem todos são tão inocentes assim…

É exatamente isso que fascina em Fábulas. Acompanhamos o dia a dia destes personagens fantásticos, em empregos comuns e lidando com o exílio no atual refúgio. Principe Encantado concorrendo à prefeitura da  Cidade das Fábulas(1), Lobo Mau, agora em forma humana e conhecido como Bibgy Lobo, é o xerife, o zelador Papa Moscas sempre deixando tudo em ordem, e por ai vai.

Situar o ínicio da história cem anos depois da fuga para o mundo real, cria um leque enorme de histórias paralelas para se contar. Willingham mistura elementos fantásticos com acontecimentos reais, como por  exemplo: a participação de Bigby Lobo em um esquadrão secreto durante a Segunda Guerra Mundial(2).

Outro ponto a se destacar é a arte de Mark Buckingham, que entra como colaborador na segunda fase da série, no arco conhecido como Revolução dos Bichos*. Buckingham é dono de uma narrativa gráfica fantástica,  fazendo das páginas verdadeiras obras de arte, explorando cada pedacinho e mostrando que inclusive o que não está no enquadramento pode contar e acrescentar muito a história. É um deleite acompanhar a  aventura do Garoto Azul nas Terras Natais(3) pelas mãos do desenhista: com sua capa e espada mágica, ele vai enfrentando goblins, dragões e cavaleiros mágicos, tudo isso para encontrar sua amada  Chapeuzinho Vermelho, aprisionada pelas terriveis forças do Adversário.

Isso mostra outro trunfo da série, que é o de criar tanto tramas mais “reais”, como a investigação do suposto assassinato de Rosa, irmã de Branca de Neve(4), quanto outras, mais fantásticas, estilo capa e  espada, como a já citada aventura do Garoto Azul.

Com muito material para trabalhar, o autor não deixa em nenhum momento a peteca cair, seja criando diálogos sensacionais entre as personagens, situações inusitadas ou em reviravoltas que vão surgindo.  Fábulas é daquele tipo de HQ que você não consegue parar de ler. Conforme detalhes vão sendo descobertos, traições reveladas e tudo se mostrando mais complexo do que é, a série vai crescendo e tomando  proporções épicas.

Eu já sou fã e recomendo.

Confesso que estou louco para saber o que vai acontecer com Pinóquio. 🙂

(1) história do arco A Marcha dos Soldados de Madeira – (2) história do arco Os Ventos da Mudança – (3) história do arco Terras Natais – (4) história do arco Lendas no Exílio

 

* Referêcia à obra de George Orwell, que narra uma revolta provocada por animais de uma fazendo contra forças dominantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Já tinha ouvido falar meio por cima dessa HQ! Mas com esse post agora, fiquei com vontade de ler!

    Vai entrar na minha "pequena" fila de coisas que quero ler!

  2. FAbulas é um dos quadrinhos que eu mais gosto atualmente, é excelente e me surpreende a cada edição, assim como Walking Dead e Y.

  3. Fábulas é atualmente uma de minhas hqs preferidas.
    Willingham conseguiu juntar TODOS os personagens de contos de fadas e transforma-los em seres verossímeis muito divertidos.
    Uma hq obrigatória.
    Até mais.