Branca de Neve: Os Contos Clássicos – O Novo Livro de Alexandre Callari

Pouca gente sabe, mas a versão da fábula da Branca de Neve dos Irmãos Grimm não foi a primeira (nem a última) a ser transcrita das tradições orais. Antes dela, e em diversas partes do mundo, outros escritores fizeram transposições tão interessantes quanto. E é justamente esse o principal atrativo do novo livro de Alexandre Callari, conforme ele próprio explica:

“A primeira versão da fábula vem da Itália e data dos anos 1500. É interessantíssimo notar que, ao longo dos séculos, diversos países, em diversos momentos diferentes de nossa história, fizeram registros das tradições orais. Esses registros permaneciam inéditos no Brasil e na maior parte do mundo. O que procurei fazer foi compilar a maior quantidade de versões que consegui (Alemanha, Escócia, Itália, Rússia, Suíça, etc.), traduzi-las e comentá-las, para contextualizar o leitor. Foi um trabalho minucioso e árduo, porém revelador. E é algo que eu desconheço a existência em qualquer outro lugar do mundo”.

Mas por que este é um livro de Callari, e não um apenas mais material traduzido por ele?

“Eu queria fazer um volume completo, muito completo. Queria que a pessoa que lesse a obra, conseguisse dimensionar a importância que a fábula teve na cultura pop mundial. Construí, então, um caderno cultural que acompanha, na medida do possível, os últimos cem anos da Branca de Neve na história nossa cultural. Vemos as manifestações da personagem nos filmes, pastiches, teatro, HQs, animações, séries de TV… O livro compreende, portanto, um panorama histórico, mas não deixa de lado a veia pop. E, no final, escrevi um conto inédito chamado Mundo dos Espelhos, no qual descrevi a minha versão para a lenda. Quem conhece meus textos, sabe a acidez e a violência que vem por aí!”.

Branca de Neve é mais um lançamento da editora Generale, que vem publicando os livros da equipe do Pipoca e Nanquim. O livro tem 224 páginas, é ricamente ilustrado, com capa de Bruno Zago e custa R$ 29,90. Para adquiri-lo, basta clicar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Olá galerinha do P&N.

    Uau! Fiquei surpreso ao ler Callari e Branca de Neve na mesma linha, mas após ler a postagem completa o meu espanto logo se transformou em curiosidade mesclada com a forte vontade de ler a obra completa.
    Deve ter dado MUITO TRABALHO reunir todas essas versões e por em um só lugar e levando em conta o incrível Apocalipse Zumbi tenho todos os motivos do mundo para ler o conto integrante Mundo dos Espelhos, o título me lembrou bastante Neil Gaiman com Mirrormask e Coraline.

    @Alexandre Callari
    Quanto tempo levou, ao todo, para concluir a obra? Desde as pesquisas até a finalização.

    Obrigado por compartilhar, galera. Vou garantir o meu.

    Aquele abraço!

    • Oi Sérgio, tudo bom? Putz, foi um trabalho de pesquisa colossal, no qual tive uma ajudinha por baixo do pano de um professor de Oxford para localizar alguns dos textos. Acho que apresentei o projeto para a editora no ano passado, em torno de julho ou agosto. O aval veio logo a seguir e durante quatro ou cinco meses mergulhei no mundo da Branca de Neve. Eu diria que desde a elaboração do projeto até o livro chegar às lojas foi algo em torno de oito ou nove meses. Mas o que mais gostei mesmo foi de fazer a minha versão da obra. E cara, ela não tem nada de fábula inocente, isso eu garanto.

  2. Grande Alê esbanjando cultura, ai sim hein rsrs

    No momento não vou comprar pq estou com pendências infinitas de coisas para ler, mas em ultimo caso compro na FESTCOMIX e já garanto o autografo 😛

    Parabéns por mais este excelente trabalho Alexandre!!!

    OBS: E a continuação do Apocalipse Zumbi? hein? hein? rsrsrs

    abraços,