Podcast 66 – A Queda de Murdock

Olá, nos desculpem pela ausência de podcast na semana passada, estamos na maior correria finalizando a diagramação do volume 2 de Quadrinhos no Cinema. Isso mesmo, em breve nosso novo livro estará nas livrarias, aguardem notícias aqui no Pipoca e Nanquim.

Hoje contamos com o convidado Sr. Seu panda (vulgo Icaro), dos sites Pauta Livre News e Cruzador Fantasma, para substituir a falta de Alexandre Callari no papo sobre a melhor história do Demolidor de todos os tempos: A Queda de Murdock, de David Mazzucchelli e dos bons tempos de Frank Miller. Poucos heróis sofreram tanto nas mãos de um vilão como Matt Murdock com Wilson Fisk, o Rei do Crime. Uma história de tirar o fôlego para se ler de uma tacada só. Clássico absoluto da Marvel que demorou a receber seu especial aqui no PN.

Dê logo o play lá embaixo!

COMENTADO NESSE PODCAST

Podcast 52 – Asterios Polyp
Podcast 34 – Batman: Ano Um
Videocast 54 – Batman: O Cavaleiro das Trevas
Videocast 30 – Frank Miller
Cruzador Fantasma, novo site do Sr. Seu Panda e cia.
Pauta Livre News, podcast de humor e cultura pop.
Compre aqui os quadrinhos do Demolidor.

Músicas

Bloco 01
Cê Tá Pensando que Eu Sou Loki BichoArnaldo Baptista
Bom SensoTim Maia

Bloco 02
Train To NowhereBlazing Haley
A Warrior’s CallVolbeat

Bloco 03
Wake UpArcade Fire
Make You CrazyBrett Dennen

Bloco 04
Folsom Prison BluesJohnny Cash
Jorge MaravilhaChico Buarque

 

  • iTUNES
    Você também pode assinar o podcast em seu iTunes:  Sabe Como?

Se você gostar do que ouvir, ajude o podcast a se espalhar e clique no botão de RETWEET ou  CURTIR do Facebook. Indique para os amigos, coloque no seu blog, abra uma comunidade no Orkut, segue a gente no Twitter, enfim, colabore com as coisas que gosta (no caso, com Pipoca e Nanquim, rs)! Segunda que vem tem mais.

OUÇA AQUI A VERSÃO SEM BLOCOS MUSICAIS
Para  baixar clique com o botão direito e “salvar link como”

Reproduzir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Excelente podcast pessoal.

    Demolidor é o meu herói Marvel favorito (um dos únicos que eu gosto, como bom DCnauta que sou, aliás), e tudo o que o Frank Miller fez com o personagem é bom. A Queda de Murdock é leitura obrigatória para qualquer um que queira entrar no mundo dos quadrinhos. Recomendo também a leitura de O Homem sem Medo (antes ou depois) que é uma excelente história de origem.

    Enfim, o Demolidor tem muita história boa, o run do Miller é fantástico, do Brubaker é ótimo e agora o Mark Waid tá mandando muito bem. Leiam Demolidor que é um personagem foda com histórias fodas.

    Continuem com o bom trabalho.

    =)

  2. Poxa ouvi a semana inteira PLN ahsuhhasuhashashshauas
    Muito bom o Programa hoje, tava sentindo falta!!!!

  3. Opa, finalmente, já estava sofrendo de crise de abstinência do podcast. A queda de Murdock foi o primeiro gibi (fora das famílias do Tio Patinhas e da Turma da Mônica) que li por inteiro, sem trapacear (antes só lia os balões da fala, mas não os de narrativa, ou então só via as ilustrações mesmo), ainda lembro bem daquela madrugada, com 9 ou 10 anos, e ainda guardo com carinho o encadernado em formatinho da Abril.

  4. É… mais um que deixarei passar… Ainda não li A Queda de Murdock, então prefiro não escutar nada sobre (sim, sou esse tipo de chato). Agora é ver se a Panini acorda e lança… a menos que decida esperar o filme, como anda fazendo com vários outros. Minha empolgação pelo filme do Superman é justamente a possibilidade dela relançar Grandes Astros do Morrison.

    PS.: Impressão minha ou os comentários do Facebook de outras postagens estão nessa também?

    • oi Alu. A Panini já lançou um belo encadernado em capa dura da obra, aconselho que compre e leia o mais rápido possível!

      E sim, os comentários de facebook são gerais!

      • Sim, sim, eu sei que ela, O Homem Sem Medo e toda a fase do Miller (não sei se Demolidor Amarelo também) já foram lançadas por aqui, mas estão todas há muito tempo esgotadas e sem previsão para relançamento. Ao que parece, a Panini prefere esperar pela propaganda gratuita dos filmes, apesar do grande nome que essas edições tem. E como prefiro ficar longe dos mercenários do Mercado Livre, Estante Virtual e afins, o jeito é esperar.
        E sobre os comentários do Facebook, na minha opinião, poluem um pouco essa parte de baixo da página. Poderiam encaixá-los em outro local ou separá-los por postagem, pra organizar melhor. Só uma opinião.

  5. TENHO A DIZER UMA COISA: HERESIAAAA!
    A MARVEL NUNCA PODE SER CONSIDERADA MELHOR QUE A DC.
    O fato da Marvel amontoar todos os seus personagens em Nova York NUNCA PODERIA SER CONSIDERADO UMA JUSTIFICATIVA PRA ESSA AFIRMAÇÃO.
    Lugares imaginários podem ser usados como espelhos da realidade com muito mais eficiência, na literatura, do que cidades reais, pois os autores não ficam limitados por um espaço geográfico conhecido, podendo acrescentar ambientes condizentes com a história e a critica que pretendem desenvolver, criando microcosmos quer representam toda uma sociedade.
    Esse conceito é tão eficiente que tornou-se uma marca registrada de nossa teledramaturgia, onde Tubiacanga, Green Ville, Resplendor, Chico City e tantas outras serviram ao propósito de criticar a politica e a sociedade brasileira de manira que São paulo e Rio de Janeiro não poderiam.
    Nesse quesito em particular, a DC dispara na frente, e ainda tem cidades compersonalidades que se moldam ao clima das aventuras de cada herói.

    • Caramba, uma brincadeira em 5 segundos do programa e sabia que ia gerar esse negócio XD… A Marvel é melhor que a DC por outros motivos que, pra mim, refletem gosto pessoal, mas concordo com vc cara, a criação de lugares fictícios não desmerecem uma obra, pelo contrário, adoro Gotham e Metropolis.

      • KKKKKKKKKkkk…
        Tá certo. Cê cai na pilha mesmo, né?
        Mas tá joia. Eu gosto de ambas, mas prefiro o Universo DC. Gosto é gosto.

        • A primeira vez que li a queda de murdock, no mini encadernado da ed. abril 1990…amigo foi puro extase, sensacional so superado pelo encadernado da panini. Notem que os desenhos de Mazzucchelli quando retrata, o demolidor, somado c/ o roteiro de miller , chega a ser impressionante ver o demolidor no auge de sua forma saltando pulando se esquivando de balas e atirando, [o quadrinho que ele derruba 1 helicoptero a tiros depois pede desculpas]. enfim quem nao leu nao sabe o que perdeu.

  6. Muita sacanagem da Marvel não ter respeitado a vontade do Miller em relação a Elektra. Aliás, a Marvel e a DC empatam quando o quesito é sacanear seus grandes autores.

  7. Pow, gente, claro que os poderes do Demolidor são absurdos e sobrenaturais. o cara tem um radar, como morcego, e sentidos absurdos, que derivam sim do acidente radioativo. o que ele treina é o controle desses poderes, pra não enlouquecer. na própria queda, quando ele lembra de que a mãe dele foi visita-lo no hospital, ele escuta a voz do pai falando com ele como se gritasse, e os cheiros do hospital completamente sufocantes.
    Agora, quanto a referência do quadro em que a mãe do Demolidor encontra o mesmo, a obra em questão é La Pieta, do Miguel Ângelo. Vejam e comparem:
    http://www.entrecomics.com/?p=17920

  8. Grande escolha para o podcast!!!
    O personagem que foi contatado pelos capangas do Rei, para fazer o uniforme do Demolidor foi o Gladiador (ex-vilão).
    A Queda de Murdock foi um marco.
    Lembro que na primeira vez que foi lançada (SuperAventuras Marvel) existia uma cena da Karen Page, tentando suícidio, que aparecia uma navalha e na edição original era uma seringa. Acho que a Abril achou a menção às drogas muito pesada.

  9. Salve, pipoqueiros e nanquinzeiros.

    Excelente programa para um arco clássico do Demolidor. Época em que Frank Miller estava “na ponta dos cascos”.

    Abração.

  10. Olha, vcs podiam mandar um e-mail para a comix, uns 15 dias antes de um post como esse. Eu vi e quis comprar. E na comix não tinha. Acabei comprando em outro lugar.

    Se eles tivessem, e tivessem um link de vcs ai que eu compraria deles.

    Mas de toda forma, fui lá antes e não tinha, como não tem o da guerra civil encadernado.

    O do asterius comprei lá.

  11. Olá Tudo bem?

    Vcs podem me dizer o músicas que vcs tocam no instante 36:46 ?

    Pode ser esquisito, mas curto muito as músicas malucas do Bruno Zago.

  12. Oi, pessoal. Tudo bem? Espero que sim.

    Conheci o trabalho de vocês recentemente e espero acompanhá-lo crescendo cada vez mais (e quem sabe um dia eu não participe também?).

    Só queria avisar que o arquivo para download vai até os 40 min. Então não ouvi tudo dessa grande saga (eu a tenho e acho tão boa quanto a Queda do Rei do Crime!).

    Espero ouvi-la completa um dia.

    Abraços.