Podcast 35 – Game of Thrones: 1ª Temporada

Enfim, final da 1ª temporada de Game of Thrones no Brasil!!! E que final minha gente, portanto vamos falar mais um pouco dessa nova série da HBO. Lembrando que um tempo atrás fizemos um podcast sobre esse tema, erguendo algumas curiosidades, expectativas, primeiras impressões, etc. Como na época tinham sido exibidos apenas dois episódios, demos um panorama básico da obra de G. R. R. Martin. Hoje, nos concentramos apenas na série de TV e discutimos sobre os acontecimentos dessa temporada. Então ATENÇÃO: o programa contém spoilers de Guerra dos Tronos, ouça apenas se já tiver assistido tudo!

Bloco 1
• Convite de honra: Lançamento do livro Apocalipse Zumbi no Sesc-Araraquara;
Workshop de videocast com o Pipoca e Nanquim no Sesc-Pompéia;
• A primeira temporada de Game of Thrones terminou!
• Já falamos de GoT alguns meses atrás, mas ainda eram nossas primeira impressões;
• Spoilers pra tudo quanto é lado, salve-se quem puder;
• Dica de podcast: Masmorra Cast;
Ouça o Masmorra Cast com participação de Bruno Zago;
• Definindo em  GoT em poucas palavras;
• Martin e seu mundo de facínoras;
• Os reinos, governadores e povos de Westeros.

Músicas
Locomotive Breath – Jethro Tull
Come On, Come Over  – Jaco Pastorius

Bloco 2
• HBO é selo de qualidade;
• A mescla de um elenco experiente com atores jovens;
• Emilia Clarke atuou bem como Daenerys Targaryen?
• No final das contas, você gostou de GoT?;
• Martin é mestre em instigar a curiosidade;
• Daniel ficou P da vida com as mortes;
• Ned Stark cadê sua honra, irmão?;
• A polêmica da morte dos protagonistas;
Star Wars entra na conversa;
• Matando personagens para outros se destacarem;
• Robb Stark, um baita comandante.

Músicas
Eye In The Sky – Alan Parsons Project
If Looks Could Kill – Heart

Bloco 3
• Críticas a morte abrupta de Ned Stark;
• Faltou batalha nessa temporada! Queremos ver sangue jorrando!;
• Khal Drogo e seu cortinho fatal no braço;
• Daenerys Targaryen praticamente assassinou seu marido;
• As melhores cenas de Jason Momoa;
• Martin não tem coração;
• Daenerys e a bruxa louca;
• Na cena final, vocês viram primeiro os peitos da Daenerys ou os filhotes de dragão?;
• Será que os peitos são falsos?! Oh noooo!
• Expectativas gerais para a próxima temporada.
• Cersei Lannister é odiosa.
• Joffrey Baratheon é totalmente insano;
• Ned Stark ficaria melhor sem honra do que na cova.

Músicas

Star – Stealers Wheel
Bang a Gong (Get it On)  – T-Rex

Bloco 4
• Martin é um bom escritor, mas não é visionário;
• O foco dramático da Muralha;
• Quando chega o inverno?
• Zumbi, dragão, mulher pelada – Essa série é ótima!;
• Robb Stark causa arrepios no Alexandre;
• A espera pela segunda temporada será loooonga.

Músicas

Steady, As She Goes – The Raconteurs
I Hear You Call – Bliss

_______________________________________________________________________________

Se você gostar do que ouvir, ajude o podcast a se espalhar e clique no botão de RETWEET ou então no CURTIR do Facebook. Indique para os amigos, coloque no seu blog, segue a gente no Twitter, comente ou mande um email pra gente.

Reproduzir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Tô gostando muito da série e tá certo que todo mundo quer comentar um final de seriado, mas fazer um segundo podcast sobre Game Of Thrones? Deixassem pro começo da próxima temporada, fazendo um resumão da 1ª!!
    Sei lá, tanto tema legal por aí…

  2. Ainda nem terminei de ouvir o Podcast e já preciso dizer: Escolha acertadíssima de tema, e escolhas ainda mais acertadas de músicas!

    Jaco Pastorius é deus. Ponto final, ele é! Não há um só baixista no mundo que não louve o cara, e como baixista eu repito: Jaco é Deus.

    Agora deixa eu voltar pro programa ali. 😀

  3. Fiquei esperando o podcast, e quando ele chega eu tomo uma rasteira por ainda não ter visto a série.

    Mas valeu de estopim, pois eu estava enrolando para vê-la a algum tempo, e a vinda do podcast me fez pensar: "Pô cara, como assim você ainda não viu uma série tão comentada? Que tipo de nerd você é? QUAL É SUA MISSÃO?". hehehe

    Bom, estou no episódio 3 e NOSSA, do jeito que nos envolve garanto que termino em alguns dias, de fato a HBO nunca decepciona quando o assunto é boas séries.

  4. Não foi o corte em si e sim a imprudência do Khal em consumir produtos que a própia bruxa, sabendo que ele não obedeceria, mandou ele não ingerir para que dessa maneira pudesse matar Rhaego(o natimorto).

  5. "Sacanagem a imagem do episódio, que já da um Spoiler fod* do final"

    Hahahah, pensei a mesma coisa!

    E galera, Spartacus é da Starz (que também faz a série – fraquíssima – Camelot) e não da HBO!

    E Stupid, Stupid Ned Stark!

  6. Ow Tourinho você vacilou cara. Participou dos 9 podcasts do cinemasmorra e no décimo você não foi… xD

    Tava esperando um Stupid, Stupid Sansa Stark xD.

  7. Ouvi o podcast e achei bem legal o debate.
    Eu li o livro e vi a série, então posso dizer que entendo bem dessa primeira parte.
    Eu achei que a Emilia Clarke (Daenerys Targaryen) foi bem na primeira temporada, apesar de que a personagem dela exigiria um desempenho ótimo.
    A morte do Ned e do Khal Drogo já tinham sido amenizadas com o tempo, mas enfim, quando eu li o livro foi realmente um choque.
    O Martin causa essa raiva nos leitores, e a série passou muito bem isso, por exemplo: Ele engrandeceu o filho do Khal Drogo e da Dany (Rhaegon) de uma forma mística e bem foda, o garoto antes de nascer já fora intitulado “O Garanhão que Monta o Mundo”, ou seja, antes de nascer já era um mito, um pica das galáxias… Mas infelizmente morreu…
    Quando li que a Dany tava grávida e que o moleque ia ser foda, já imaginava ele barbarizando em Westeros xD…
    O George R.R. Martin é um ótimo escritor e um grande destruidor de personagens, consequentemente de sonhos.

    Grande abraço!

  8. Ah, outra. A questão da Bruxa (Mirri Maz Durr) no livro é bem parecido com Dom Casmurro. “Capitu traiu ou não Bento?”; “A Bruxa matou o Drogo, ou o próprio orgulho dele?”. Afinal ela (Bruxa/Maegi) disse pro Khal não beber leite de égua fermentado, não se esforçar e não retirar o remédio da ferida, e ele como orgulhoso que é (foi) disse: “Eu sou Khal Drogo, e faço o que quiser.”

    Na série deu mais à entender que foi a bruxa, mas no livro fica aquela dúvida gostosa. Apesar de que na minha opinião foi culpa dela!

    Nota: Essa questão de quase indicar a bruxa como culpada, tem haver também com o machucado. Só uma puta duma macumba pra matar o grande Khal Drogo mesmo, porque na série o machucado foi quase que uma mísera picadinho de mosquito, enquanto que no livro ele quase fica sem peito.

  9. Pois é, infelizmente tem pessoas lá que não gostam de alguém colocar um pouco de senso de humor no podcast. :-/

    Mas escute o Pauta Livre News, que tô lá!

  10. Acho que o Daniel tem que se desapegar dos personagens…Acho que o Martin fez de muito novo no quesito matar, mas ele faz basicasmaente o seguinte, te dá a droga, diz que ela é boa e depois termina com ela..Você fica aos ventos perdidos, puto e logo em seguida, ele te dá algo melhor e mais interessante e agora, você fica mais esperto ein…não vou ficar tão dependente disto…
    Quero ler os livros mas o seriado é uma obra realmente foda.

  11. Concordo com o Daniel, porem meu problema não foi com a morte o Ned ate achei bacana, porem o ultimo episodio e um balde de agua fria, a seria toda de eleva em um episodio para no outro de jogar para baixo de novo, a seria tinha tudo para ser otimo, porem o ultimo episodio e uma espectativa furada, resumindo um balde de agua fria ,acho sim que o autor se perdeu na historia, criou personagens muito bons, e percebeu uqe a historia não se estenderia por muito tempo, (acho que ele tem simdrome de King) porem o Stephen sabe estica seus livros sem fazer você perder o interesse, acredito que ele matou os personagens para começar de novo, se perdeu, não ficou legal, o daniel esta certo, o ultimo episodio estragou tudo…

    Abraços

  12. É dificil vocês conjecturarem em cima da série, que na medida do possivel foi bem fiel ao livro, e divagar sobre o que pode ocorrer na segunda temporada, é só pegar o livro pra ler, rs. Basicamente vai ser essa a sequencia da segunda temporada. Eu adoro os livros, e garanto que o bixo começa a pegar na segunda parte, e culmina na terceira. Edward Stark faz falta, mas é muito bem substituido pelas proximas tramas! Não ter dó de matar personagem, te deixa numa tensão onde tudo pode acontecer, e isso que é o mais espetacular!

  13. Série PHODA!
    Parabéns pelo Podcast. Foi o primerio que ouvi. Muito organizado e limpo, além dos clássicos tocando no meio.
    Eye in the Sky FTW

  14. Gostei e muito do seriado, tanto que comprei os livros e já estou no segundo, achei também a morte do Stark prematura mas pelo que estava rolando era o que deveria ter acontecido mesmo, pois Robb será o fodão da parada.
    Já estou louco pra ver a 2ª temporada.

  15. Parabens pelo podcast…

    Só por dica de curiosidade vocês já ouviram uma banda que chama The Sword? Eles tem uma musica sobre A Muralha e os Night Watcher…. chama To Take The Black…

    Como o albúm foi realizado antes do seriado, acredito que eles já eram leitores quando compuseram a música.

    abraço

    • Até agora, digo porque li até A Dance with Dragons, Martin manteve a preocupação máxima sobre a trama e sobre o movimentar do jogo dos tronos. Ned Stark morreu pois era necessário que morresse, e também por se apoiar na honra para tentar sucesso no jogo das tronos.

      Sua honra não permitiu que o personagem se apoderasse do poder quando era necessário e tomasse realmente as rédeas da situação, dessa forma acabou por ficar suscetível às maquinações dos outros jogadores. Ele foi derrubado do poder por apoiar aquele que não tinha capacidade de ajuda-lo e por confiar naqueles que mais seriam prejudicados com uma guerra: caso de Mindinho.

      Sua morte deve-se pelo descontrole do novo Rei e culmina sendo o ápice, logo o acúmulo de todas as suas escolhas ruins ao entrar no jogo dos tronos e não decidir-se para que lado pendia. Sua apatia perante todas as maquinações que aconteciam, sua fútil tentativa de fazer o certo sem pensar nas consequências e desdobramentos dos seus movimentos acabaram por condena-lo à morte.

      Pessoal, não apostem em ninguém. Ninguém está livre do verdugo ou do carrasco.

  16. Por que não consigo baixar o podcast até o fim? ja tentei pelo firefox; chrome e internet explorer… uma ajuda ae….