18ª Fest Comix – Dia 1

A equipe do Pipoca e Nanquim teve orgulho de participar da 18ª edição da Fest Comix, um dos maiores e mais tradicionais eventos de quadrinhos do país. E ficamos estupefatos com o que vimos – e olha que foi só o primeiro dia.

Em plena sexta feira chuvosa e cinzenta, o evento arrastou aproximadamente 3.500 pessoas que se deleitaram com a irreal quantidade de revistas disponibilizadas e seus descontos fenomenais, que variam de 20% a 80%.

A organização está de parabéns. Quando os portões abriram, apesar de a fila estar dando meia volta no quarteirão, a entrada foi rapidamente concluída de forma ordenada pelos funcionários da Comix e seguranças, que orientavam as pessoas a passarem pela bilheteria e depois para a porta de entrada.

Além de barracas vendendo lanches, trufas e o tradicional Mupy (não pode faltar), há uma boa quantidade de estandes montados comercializando os mais variados produtos, em sua maioria com excelentes descontos.

A Rika montou um espaço com milhares de quadrinhos à disposição, com descontos inimagináveis. Há formatinhos da Abril por R$0,99, mensais da Panini por R$1,99, Graphic Novels por R$3,50 e encadernados a preços acessibilíssimos. O único inconveniente é a falta de organização, de forma que o comprador precisa literalmente peneirar montes infindáveis de HQs – o que na verdade talvez até seja parte do charme de comprar na loja. Excelente oportunidade para completar coleções.

O Gibi Show não levou uma grande variedade de produtos e seus descontos não estão tão empolgantes (gibis vendidos a R$1,00 na Rika custam dez vezes mais lá), mas para compensar, a loja oferece diversas coleções completíssimas (a maioria da Abril), já embaladas para viagem.

O Sebo Multiverso está oferecendo descontos de 20% a 50% em qualquer material novo, principalmente Panini, mas o que chama mesmo a atenção é uma enorme quantidade de originais americanos, pela bagatela de R$2,00 cada edição. Muita coisa da Marvel, DC e Dark Horse, incluindo material inédito no Brasil e até algumas pérolas, como o Demolidor de Frank Miller.

O Mundo HQ já está há quatro anos no mercado e trabalha basicamente via internet. Em seu estande o público encontra gibis a partir de R$1,00 e uma quantidade enorme de mangás com descontos que chegam até 70%. E eles têm uma edição de luxo do tão procurado Os Supremos, encadernado que um monte de gente queria quando fizemos o podcast especial sobre o tema, mas que estava esgotado.

Entre os independentes, o Quarto Mundo marcou sua tradicional presença, apresentando seus excelentes lançamentos nacionais que merecem cada vez mais destaque junto ao grande público. O selo tem se tornado sinônimo de qualidade, com destaque para obras como Nanquim Descartável, Garagem Hermética, Ato 5, Depois da Meia-Noite e Pieces.

Outra editora independente que atua no mercado desde 2007 é a Crás Editora, com 15 títulos já lançados dos quais vale mencionar Deus Céu, Vendetta e World Policer. O esquema, no qual o autor banca sua própria tiragem e a editora oferece a estrutura para a publicação, tem funcionado muito bem e a promete novas edições para o ano que vem.

A empresa Game Maxx também montou um estande bem legal logo na porta de entrada, com direito a mulheres bonitas e uma boa divulgação de seu jogo Cabal. A empresa que já tem quatro anos de estrada chegou a ter em seu rol jogos como Hello Kitty e Pró Soccer, mas no momento está se reestruturando.

O estúdio Impacto, um dos maiores do país, estava fazendo caricaturas a R$10,00 e divulgando seu trabalho. Hoje, a já famosa escola do desenhista Klebs Junior ultrapassa os 120 alunos e agencia 70 profissionais para o mercado americano nas áreas de desenho, arte-final e colorização. O estúdio abriu recentemente cursos de roteiros e também oferece aulas de escultura, o que o torna uma das principais escolhas para quem quer ingressar no mundo artístico.

A Taverna do Ogro Encantado, loja que fica dentro de uma galeria na Av. Brigadeiro Faria Lima, vende colecionáveis e levou uma ampla seleção de títulos, como Total Justice, Marvel Legends, GI-Joe e Marvel Universe.

E a maior loja de action figures do Brasil, a Limited Edition, além de oferecer uma enorme quantidade e variedade de figuras, montou um estande de encher os olhos com a 3ª Expo Coleções. A linha Fantasy Figure é o principal destaque, com figuras de artistas consagrados como Boris Vallejo, Luis Royo e Dorian Cleavenger. A linha Sucker Punch mostra figuras derivadas do longa-metragem de Zack Snyder e a Twisted Fairy Tales, da McFarlane Toys, apresenta figuras sensuais de contos de fadas como Chapeuzinho Vermelho e João e Maria para adultos. E a loja ainda levou parceiros fortes expondo lindas coleções, como a Cloth Myth Brasil com Cavaleiros do Zodíaco e a Escala1Sexto, que apresenta uma linda coleção de figuras customizadas, com destaque para Joana D’Arc, Violoncelista, Hitman – Agente 47, Selene – Anjos da Noite, e Myrna de Hybória. Mas o grande destaque mesmo vai para a saudosista coleção do 1º fórum brasileiro da Playmobil. O fórum, que existe desde 2009, já conta com mais de 450 membros e mantém relacionamentos com parceiros na Europa e America Latina. Na Fest Comix, o público pode matar saudades de Fort Bravo, Vans da Rede Globo, Castelo do Dragão Vermelho e PlaymoSpace, entre outras coleções.

Mas obviamente o grande destaque vai para o espaço destinado à loja Comix. Ocupando ¾ de todo o evento (algo em torno de 1.500 m2), com organização impecável separando os produtos por editora e gênero, a loja colocou a disposição do público mais de 350 mil quadrinhos, com descontos que chegam à insanidade de 80%. As compras acima de R$100,00 podem ser divididas em 3x no cartão e o cliente que apresenta cartão Ourocard ainda recebe um desconto adicional de 5% no valor integral da compra. Mais mamata impossível. O estoque é renovado constantemente, de forma que nunca ficam buracos nas prateleiras, todas super bem montadas. Há uma seção destinada também a DVDs e brinquedos. O atendimento está bem mais especializado que em edições anteriores, e os atendentes estão bem treinados, suprindo as dúvidas do público. Não tem jeito de ir a um evento desses e não deixar as calças.

Não podemos deixar de mencionar nossa palestra, que foi simplesmente sensacional. Às 14h horas entramos no auditório (bastante cheio) para um bate-papo de duas horas ininterruptas com um público participativo e simpático, sobre Quadrinhos no Cinema, com destaque para os heróis que viraram filme no ano de 2011. Demos muitos autógrafos e tiramos fotos com a sorridente galera. Logo depois, às 16h a galera da AQC – ESP (Associação dos Quadrinhistas e Cartunistas de SP) subiu ao palco, seguido do pessoal da Ação Magazine, que falou sobre a publicação de mangás no Brasil.

Palestra da Ação Magazine.

Ficamos felizes ao extremo ao ver os livros Quadrinhos no Cinema e Apocalipse Zumbi recebendo um baita destaque na feira, isso sem contar as novas versões dos clássicos Conan – o Bárbaro e Os Três Mosqueteiros, ambos projetos capitaneados por Alexandre Callari.

A organização do evento também foi gentil o suficiente para nos oferecer almoço (comida boa prá dedéu), translado e tudo o mais que precisamos. Terminamos o dia esgotados, porém felizes, com o Bruno e o Daniel falidos, mas repletos de quadrinhos. Que venha logo o sábado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Fala
    Pipoca e Narquim,a palestra tava muito boa , quando vocês vão fazem o especial
    cavaleiro das trevas 2 ,valeu pelo conselho do livro do Conan, eu espremi a
    minha carteira e assei um dinheirinho li um pouco é bom mesmo, falou um abraço.Ps:
    o Woody Allen tá muito velho para fazer o hulk.

  2. Adorei a palestra, estava com um clima descontraído, como em uma conversa entre amigos
    Parabéns ao pessoal do site, atenderam tanto as minhas, quanto as dúvidas dos outros

  3. amaldiçoo o pipoca e nanquim pelo ingresso q eu ganhei… gastei o q eu tinha e o q eu não tinha no Fest Comix nessa sexta… vcs foram responsáveis por decretar minha falência…hehehehe

  4. Aee, tava muito boa a comix mesmo, deu para fazer uma comprinha, mas faltou $$ para levar tudo que gostaria.
    Foi bom por ter conhecido a galera do PN pessoalmente, tive a oportunidade de falar com o Alexandre e o Bruno, ambos simpáticos, a palestra foi bem legal.

  5. Pô Daniel, essa foto que fecha o post ficou estranha hein, cara? Essa tua cara de feliz…sei não. Tem alguma coisa censurada na imagem? kkkkkkkkkkkkkkkkk!

  6. Hoje (sabado) tive a oportunidade de trocar uma ideia com o Daniel na fila do caixa na estande da comix !!! O cara é muito gente fina !!! a Comix está de parabens !!! só me arrependi de não ter levado na hora que vi uma caixa cheinha de Heróis da TV, tinha mais de 60 hq  a 1 real cada uma , quando voltei já não estava lá vacilo meu… mas valeu a pena de ver o pessoal do Pipoca e Nanquim e pegar os autografos do Mike e do Will.

  7. Como moro longe, bem longe daí… É quase impossível me programar para viajar só para um evento desse. Mas não tem como deixar de louvar essas iniciativas. E elogiar o espaço encontrado pelo PN. Afinal, qualquer cara que entre de cabeça nessa empreitada (construir um portal para tratar de quadrinhos, da maneira como o PN faz) merece, no mínimo, um elogio.

  8. Galera, adorei conhecer vocës pessoalmente. Super humildes e simpaticos, o tipo certo para representar o leitor.
    Adorei as fotos, nao tive tempo de tirar muitas, entao… valeu Bruno! kkk

  9. SOU DO CEARA E FIQUEI COM AGUA NA BOCA! vou me organizar pra ver se consogo ano que vem e quem sabe arremato uma calcinha do bruno pra minha namorada!