Minha Estante #53 – Toni e Laíse Rodrigues

Olá, colecionadores!

Bem-vindo a mais uma edição da sua coluna favorita!

Hoje apresentaremos mais uma coleção espetacular (óbvio!) com um diferencial muito bacana, ela pertence a um casal simpaticíssimo, verdadeiros apaixonados pela nona arte e colecionismo em geral.

Toda a entrevista foi respondida pelo Toni e Laíse Rodrigues, resultando num ótimo bate-papo, que você confere agora…

IMG_5691

Para começar nos conte um pouco sobre vocês, onde nasceram, moram, o que fazem na vida profissional?

Laíse: Nasci em São Paulo, no bairro da Bela Vista, em um apartamento perto da praça 14 Bis. Sempre gostei de desenhar e contava com o incentivo dos meus pais. Meu pai já havia ilustrado e feito quadrinhos para a revista Sesinho antes de eu nascer. Me formei em artes plásticas na USP onde nos conhecei Toni, que fazia o mesmo curso. Meu sonho era fazer animação, mas acabei, com incentivo e orientação do Toni, fazendo a carreira como ilustradora.* 

Toni: Eu nasci em São Paulo também, não sei o bairro. Sou publicitário, Diretor de Arte por formação, mas sempre gostei de quadrinhos e comecei minha carreira escrevendo terror e ilustrando layouts em propaganda.

*(Conheça o estúdio de ilustração da Laíse  aqui – N. do E.)

Quando vocês começaram a se interessar por quadrinhos?

L: Com pais leitores e sendo a terceira de quatro irmãos, os quadrinhos caiam em minhas mãos mesmo antes de eu aprender a andar. Como minha mãe sempre teve o habito de não jogar nada fora, as pilhas de quadrinhos cresciam naturalmente. Lia-se de tudo indiscriminadamente: Disney, Mônica, Ebal, Globo… Parte era comprada por meus irmãos mais velhos, parte por uma tia, o que ocasionava às vezes tanto a compra de edições duplicadas quando a perda de alguns números.

T: Comecei a me interessar na barbearia em que meu pai me levava para cortar o cabelo, antes mesmo de aprender a ler. O barbeiro, o “Zé Barbeiro” como era conhecido, era um grande leitor de quadrinhos, não de colecionar propriamente, mas ele tinha um armário na barbearia com uma bela pilha que vivia sendo renovada e eu adorava aquilo. Depois que aprendi a ler comecei a frequentar a barbearia mesmo quando não ia cortar o cabelo, só pra ler. Ele deixava. Era um cara muito bacana e apesar de magrão, tinha sido lutador de luta livre profissional, conhecia o Tigre Paraguaio, o Aquiles e outros lutadores da época.

Ambos: Também gostamos de artes marciais. Principalmente o Aikido, que praticamos há mais de vinte anos.

Aventurasheroicas Batman CharlieChan Luluzinha Mickey Monica SuperArgo SuperBoyemcores TioPatinhas

Vocês se lembram da primeira vez que se viram fascinados por uma HQ? Qual foi a história ou revista?

L: A fascinação maior começou com a revista Gibi Semanal, com a qual conheci os grandes “monstros” dos quadrinhos como: Hal Foster, Alex Raymond, Will Eisner, etc…

T: Tarzan 49, 3ª série (Coleção Lança de Prata – Volume 20), da Ebal. A segunda parte de uma adaptação de Tarzan no Centro da Terra, com capa de Moe Gollub e desenhos de Doug Wildey. Foi meu primeiro gibi favorito. Só fui ler a primeira parte muito tempo depois, pois a revista chegou às minhas mãos bem depois de ter sido editada.

Quando aconteceu a mudança de leitores ocasionais para colecionadores inveterados?

L: Quando começamos a namorar. O Toni me apresentou a outros mestres dos quadrinhos que eu não conhecia e passamos a frequentar juntos sebos, bancas e livrarias.

T: Quando meu pai passou por acaso num sebo na Praça do Correio e querendo me agradar comprou de uma vez só umas 20 revistas e me trouxe de presente. Coitado, mal sabia o que tinha acabado de fazer…

Quantas HQs vocês possuem?

Ambos: Cerca de 15.000.

Como vocês guardam sua coleção de HQs? E quais técnicas usam para conservá-las?

Ambos: Nossa coleção hoje é guardada numa grande sala, em estantes de madeira, que é também nossa biblioteca e estúdio, onde trabalhamos e passamos a maior parte do tempo. Foi construída para esse fim. Os quadrinhos são acondicionados em sacos plásticos com a abertura para cima, dobrados e fechados com um pequeno pedaço de fita mágica. O local é bem ventilado, mas o lado onde ficam as estantes com os quadrinhos não tem janelas, portanto não recebem luz do sol diretamente.

Biblioteca1 Biblioteca2 biblioteca3 biblioteca4

Quais são os principais itens de sua coleção, séries e minisséries completas, encadernados de luxo, edições raras, etc.?

Ambos: Bom, temos uma coleção de coleções. Uma coleção grande de quadrinhos; uma pequena, mas bem formada de originais de quadrinhos e ilustração, da qual nos orgulhamos muito; uma coleção de bonecos de borracha que apitam (que é mais da Laíse); uma de action figures; uma de brinquedos diversos; uma de arminhas de espoleta antigas; uma de pinguins (também da Laíse, e esta inclui todo tipo de pinguins, desde os de geladeira a brinquedos de corda); uma de máscaras orientais (balinesas, japonesas, chinesas); e uma bela biblioteca também. De quadrinhos, temos praticamente tudo o que foi publicado pela Ebal, todos os quadrinhos de super-heróis da Bloch, Abril e Globo e muita coisa avulsa também de editoras como Outubro, GEP, Taika, LaSelva.

AlbertoBrecchia.Silckscreen

Alberto Breccia

BobLubbers

Bob Lubbers

Colin6

Flávio Colin

DonSherwood.RubenVanBuren

Don Sherwood / Ruben Van Buren

AntonioEuzebio3

Antonio Euzebio

AntonioEuzebio4

Antonio Euzebio

AntonioEuzebio5

Antonio Euzebio

AntonioEuzebio6

Antonio Euzebio

Elisio.de.Albuquerque.Janjão

Elísio de Albuquerque

Canto1 Canto2

Toth

Toth

Colin1

Flávio Colin

Colin3

Flávio Colin

Colin5

Colin

Lee Falk & Fred Frederiks

Lee Falk & Fred Frederiks

FredHaman.RedRider

Fred Harman

OttoMessmer 5

Otto Messmer

OttoMessmer1

Otto Messmer

RamonLLampayas

Ramon Lampayas

Wunder.MacManus

George Wunder / George McManus  / John Cullen Murphy

AntonioEuzebio2AntonioEuzebio1DC1 DC2 deborracha1 deborracha2 deborracha3 Diversos IMG_1399M Jogos Kinder.outros marvel Snoopy StarWars.Thundermascaras

Qual o item mais raro de todos?

Ambos: Difícil dizer isso. Nos gibis, exemplares do Suplemento Juvenil e primeiros números de várias revistas. Nos originais, temos dois J. Carlos. A Laíse tem pinguins bem raros e bonecos de borracha que estão em livros americanos catalogados como “raros”.

J.Carlos1J.Carlos2pinguinsdelataPinguns(parte)

E qual foi a maior raridade que já compraram pelo menor preço?

Ambos: Compramos com bom senso, raramente pagamos muito por qualquer coisa. Mas uma vez a Laíse comprou um pinguim de prata do século 19 por um dólar. E compramos um original de Terry e os Piratas por 60 dólares também.

Vocês compram HQs importadas?

Ambos: Sim, principalmente Showcases, Essentials e Archives, material mais antigo que nunca foi bem publicado ou que simplesmente nunca foi publicado por aqui. E também quadrinhos europeus e mangas.

Onde costumam comprá-las?

Ambos: Amazon e Ebay. De vez em quando na Comix e na Livraria Cultura.

NãoLidosMIMG_1318M IMG_1321M IMG_1322M IMG_1323M IMG_1324M IMG_1325M IMG_1326M

Todo colecionador tem manias, seja um ritual para leitura, uma bela cheirada na revista nova ou nunca se desfazer de nada, qual é a sua?

Ambos: A cheirada na revista nova é indispensável. Desfazer de alguma coisa só no caso da troca da mesma edição em melhor estado.

Tem algum item que quer muito ter, mas está praticamente impossível de encontrar?

Ambos: Cerca de 10 revistas da Ebal, que são muito, muito raras, mesmo não tendo nenhuma explicação do por que. Um Superman dos anos 50 e um Zorro dos anos 70 estão entre elas.

Qual foi sua última leitura e qual está sendo a atual?

Ambos: O que compramos em banca atualmente se resume a Mágico Vento e Julia, mais um ou outro especial. Mas estamos lendo muitos encadernados. No momento nossos favoritos são: a série Fábulas e os encadernados de Lost in Space, da Dark Horse. A última história que lemos e gostamos muito foi Astronauta: Magnetar, do Danilo Beyruth.

Quais são seus 10 quadrinhos favoritos de todos os tempos e por quê?

Ambos: Ken Parker, Príncipe Valente, Tarzan (de várias fases diferentes), Watchmen, Homem-Aranha (até os anos 70), Batman (entre o final dos anos 60 até os anos 2000), Mágico Vento, Lobo Solitário, Samurai Executor e Calvin e Haroldo. Não sabemos justificar isso, caramba, e tinha mais coisas para entrar nesta lista…

IMG_1327MIMG_1328M

Quais são seus personagens favoritos, aqueles que vocês procuram adquirir tudo que é lançado?

Ambos: Tarzan, Batman, bons europeus de diversas origens, tanto espanhóis quanto franco-belgas e italianos. Osamu Tezuka e outros mangás mais antigos (quanto mais para trás de Akira, melhor).

Para finalizar, deixem um recado para os leitores do Pipoca e Nanquim e colecionadores do Brasil.

Colecionar é bacana, mas não pode virar loucura. Não se pode pagar o que certos vendedores acham (sem a menor base) que valem seus itens, sejam lá o que for. Um gibi do Pato Donald não pode custar 10 mil dólares nem que tenha o autógrafo do Disney.

Use o bom senso na hora de comprar e compre com critério o que quer que você resolva colecionar. Temos quantidade, mas qualidade importa bem mais.

Arte Arte2 IMG_1334m IMG_1337M IMG_1338M IMG_1339M IMG_1424M IMG_1425M65215_522403037804110_752468912_n 179226_522401904470890_1952188858_n 404796_522402634470817_260338234_n 426134_522402931137454_1455820856_n 427826_383860951658320_14109439_n 524963_522400477804366_1860569423_n 541018_422207844490297_8994874_n598410_522400194471061_606179204_n

bogartMinha Estante é um espaço pra você, colecionador de HQs, mostrar sua coleção, falar sobre prazeres e vicissitudes desse hobby, conhecer outros fãs e proporcionar aquela inveja boa.

Convidamos a todos que possuem belas coleções de quadrinhos a mostrarem elas aqui!

É só mandar um e-mail para [email protected] dizendo alguns detalhes (números de revistas, itens raros e particularidades) que em seguida combinamos a entrevista.

Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

  1. Realmente um do melhores Minha Estante até o momento!! Linda coleção moldada com carinho e com amor….quer mais que isso? Itens sensacionais, principalmente as artes originais.

  2. Sensacional ! Não só as HQ’s mas como bonecos e afins … os do Snoopy então …
    E realmente, as vezes é difícl adquirar algo devido o absurdo que o valor chega e sem razão !
    Parabéns pela coleção!

    • Só garimpagem e paciência João Marcos.Sem pressa. Nunca pagamos caro nada . Fora que tem muitos anos nisso e muitos presentes também.

  3. Uau!! Adorei! Lindo casal, linda coleção e um estúdio bacana.
    Muitos como eu devem estar invejando e sonhando um dia ter tudo isso.
    Parabéns pelo carinho e organização!

  4. Muito legal essa coleção! Com relação a comprar coisas baratas não sei o que é isso, pois onde moro tudo que compro tenho que pagar frete, assim mesmo que o produto seja barato fica caro!

  5. Tudo simplesmente fantástico! mais uma coleção imponente…coleções como esta sempre freiam meu desejo de participar da seção com meus humildes 1706 exemplares…

  6. Olha! De Todas as entrevistas e coleções, essa foi a que eu mais gostei. Que coleção Linda de Quadrinhos. Parabéns!

  7. Belíssima coleção. E agradeço ao casal pelas ilustrações no livro “A risada de Biriba” que foi leitura obrigatória, quando cursava a 1ª série do ensino fundamental, em 1993. rs

    • Que maravilha Vinicius. Nunca tinha ouvido falar de alguém que tivesse lido e gostado desse livro. Obrigada.

  8. Quando falo as pessoas que tenho uns 6000 gibis, se espantam, imagina se vissem esta COLEÇÃO? Fantástico é ver isso de perto. Acho que foi uma da mais lindas que vi por aqui.

  9. Foi a melhor “Minha Estante” até agora. Simplesmente SENSACIONAL… coleção de dar inveja. Mas não é só a coleção q chama a atenção, mas a organização desta.
    Sinceramente, não admiro colecionadores q tem 10 mil HQs em seu acervo mas q a deixam abarrotadas em caixas… claro q tem casos e casos… mas vejo muito colecionador q sequer tem expectativa de arrumar a coleção de forma organizada.
    PARABÉNS POR ESSA COLEÇÃO ESTUPENDA E MUITO BEM ORGANIZADA.