Minha Estante #45 – Fernando Bedin

Olá, pessoal!

Quem achou que essa coluna havia acabado, caiu do cavalo! Ela está de volta e certamente irá instigar sonhos de consumo e uma pequna dose de inveja em todos vocês, incautos colecionadores de quadrinhos.

Dessa vez conversamos com o colecionador Fernando Bedin, lá do Parana, o que confirma o caráter nacional desta que é considera a primeira iniciativa de mostrar grandes coleções de HQs com detalhes fotográficos e relatos sinceros.

Preparados? Bora lá…

DSC00886

Olá, Fernando! Muito obrigado por topar participar dessa entrevista.
Para começar nos conte um pouco sobre você, onde nasceu, mora, o que faz na vida profissional?

Sou paranaense e morei em diversas cidades do estado. Tenho 30 anos, atualmente resido em Maringá e trabalho na área jurídica.

Quando você começou a se interessar por quadrinhos?

Desde criança meu pai lia gibis do Bolinha e Luluzinha pra mim.

Quando eu tinha cerca de sete anos de idade vi a coleção de gibis do irmão de um amigo e fiquei alucinado.

Você se lembra da primeira vez que se viu fascinado por uma HQ? Qual foi a história ou revista?

Lembro sim, foi a revista Incrível Hulk #76 (Abril Jovem). O Golias Verde enfrentando uma dúzia de Vingadores me deixou louco.

Quando aconteceu a mudança de leitor ocasional para colecionador inveterado?

Acredito que foi com a publicação da “Morte do Superman”, em 1994. Antes disso, eu comprava apenas um ou outro gibi do Hulk, então passei a comprar mensalmente a revista do personagem, e ai nunca mais parei.

Quantas HQs você tem?

Atualmente tenho 4.302 gibis, tudo devidamente catalogado.

DSC00777 DSC00781 DSC00774 DSC00772

Já se desfez de algum exemplar e hoje se arrepende muito?

Na verdade, nunca fui de me desfazer de gibis, porém, nos últimos tempos, resolvi dar uma bela “enxugada” na minha coleção. Cheguei a ter por volta de 6.500 gibis. Dentre os motivos está a questão de espaço e, principalmente, a qualidade das histórias que eu mantinha no acervo. Com o passar dos anos, de colecionador inveterado e viciado (que tinha mais prazer na posse do que efetivamente na qualidade da leitura) passei a ser muito mais seletivo no material que eu comprava. Claro que mantive algumas revistas de, vamos dizer assim, gosto duvidoso (risos), mas aí é por uma questão mais de saudosismo e sentimentalismo. Mas hoje tento ser mais seletivo no material que eu compro. Inclusive estou com umas três caixas de gibis devidamente separadas que eu pretendo vender (que contém edições raras e alguns encadernados). Acredito que atingi um amadurecimento como colecionador, passei da fase da compulsão pra uma de colecionar boas histórias. Pra uma revista ser mantida no meu acervo, eu me faço a segunda pergunta: “Tem chances de eu reler essa revista?”, se sim, as chances forem razoáveis, será mantida, porém, se a revista for ruim ou tiver poucas chances de releitura, vai pra venda… (risos). E sim, eu pretendo reler a minha coleção, ao menos boa parte dela. Outro fator que atualmente me faz desfazer de alguns gibis são os lançamentos em formato americano ou formato de luxo. Por exemplo, com o lançamento da Invasão Secreta em encadernado, me desfiz da minissérie. Com o lançamento dos Maiores Clássicos do Thor de Walt Simonson, abri mão de diversos formatinhos (Superaventuras Marvel) e assim por diante.

Quais são os principais itens de sua coleção, séries e minisséries completas, encadernados de luxo, edições raras e tal?

Sou um aficionado pelo Incrível Hulk, tenho basicamente todas as publicações mensais e especiais do personagem que foi lançado no Brasil, desde os tempos da Ebal, passando pela Gea, Bloch, RGE, Abril Jovem e Panini, tudo completinho. Tenho também os 4 Fantásticos da Ebal completo, e várias revistas número #1, como Defensores (Bloch), Superman (Abril jovem), Wolverine (Abril Jovem), Superaventuras Marvel (Abril Jovem), Conan (Abril Jovem), Novos Titãs (Abril Jovem), X-Men (Abril Jovem), Punhos de Aço (Bloch), Super-Heróis Marvel (RGE), Thor (Bloch), Teia do Aranha (Abril Jovem), etc e etc…

Ebal - 1 Ebal - 2 Ebal - 3BlochDSC00907DSC00891 DSC00897 DSC00912

Acredito que de minisséries e encadernados, eu tenha tudo de importante da Marvel e DC. Marvels, Watchmen, Reino do Amanhã, Cavaleiro das Trevas, Preacher, Sandman, 100 Balas, Ex Machina, Fábulas, Y – O Último Homem, Guerras Secretas, Crise de Identidade, Crise Final, Crise Infinita, Era do Apocalipse, Guerra Civil, Hulk Contra o Mundo, Zero Hora, Trilogia do Infinito, Invasão Secreta, Odisséia Cósmica, Dinastia M, Saga de Thanos e etc.

Recentemente comecei a comprar mangás, e não estou me decepcionando. Buda, Adolf e Lobo Solitário são sensacionais.

DSC00879 DSC00878

Também gosto muito dos materiais independentes, autorais e “alternativos”, como Ranxerox, Fracasso de Público, Torre Negra, Habibi, Maus, Persépolis, Retalhos, Hellboy, Robert Crumb, Joe Sacco e por ai vai.

Atualmente estou dando mais foco pros encadernados. Cada vez compro menos mensais.

DSC00880 DSC00769 DSC00768 DSC00770DSC00771

Qual o item mais raro de todos?

Sem dúvida Super X #0 (Ebal) de julho de 1967.

E qual foi a maior raridade que já comprou pelo menor preço?

Já comprei diversas edições #1 por apenas R$ 1,00 em sebos.

Você compra HQ importadas?      

Sim e não… (risos). Colecionei Incredible Hulk Vol. 3 da #01 até a #111, ai resolvi parar. Também colecionei a série Defenders do Busiek, mas já me desfiz desta. Recentemente fui para os EUA e acabei comprando alguns encadernados do Hulk, principalmente a série “The Rampaging Hulk” que foi lançada nos anos 70. Comprei dois encadernados bem volumosos que abarcam as 27 edições e que dificilmente devem sair por aqui. Acabei adquirindo também um Hulk: Visionaries John Byrne, Planet Hulk e World War Hulk. Mas em regra, eu não compro HQs importadas, prefiro aguardar a saída dos materiais em terras nacionais.

DSC00885

Como você guarda sua coleção de HQs? E qual técnica usa para conservá-los?

Me casei e me mudei há pouco tempo. Então resolvi mandar fazer um armário exatamente com o intuito de guardar a minha coleção no quarto de visitas. Como vocês podem ver pelas fotos, eu as guardo em um armário com uma profundidade suficiente pra colocar duas colunas de encadernados (uma em frente a outra) em cada estante. Assim, sobrou bastante espaço. Imagino que caibam em torno de 8 mil revistas nesse armário. Ademais, como o armário possui portas, não coloco os encadernados em sacos plásticos, pois, a meu ver, atrapalha a beleza da coleção no momento da sua disposição. Como costumo deixa-las fechadas, geralmente não há poeira nas revistas. As HQs mensais e minisséries eu guardo em sacos plásticos, mas por uma questão de manuseio e organização.

kdk0976DSC00896 DSC00895 DSC00894 DSC00893 DSC00774 DSC00773

Todo colecionador tem manias, seja na um ritual para leitura, uma bela cheirada na revista nova ou nunca se desfazer de nada, qual é a sua?

Acredito que eu não tenha muitas manias, apenas tenho três regras básicas: a) Ninguém rela nos meus gibis (seja para limpar ou qualquer outra coisa); b) Eu não os empresto (se quiser lê-los, vai ter que ler aqui dentro da minha casa, daqui eles não saem… (risos); c) Em hipótese alguma se deve dobrar as capas ou abrir demasiadamente as páginas, principalmente em se tratando de encadernados.

Tem algum item que quer muito ter, mas está praticamente impossível de encontrar?

Sinceramente, não. Óbvio que existem materiais que eu ainda pretendo comprar, mas acredito que não seja por uma questão de serem “impossíveis de encontrar” que ainda não os tenho, mas sim em virtude de outras prioridades e o lado financeiro também que atrapalham muito em se ter tudo o que quer.

Qual foi sua última leitura e qual está sendo a atual?

 Minha última leitura foi Morning Glories da Panini (muito boa por sinal!), e atualmente estou lendo as mensais, que sempre tem a preferência na leitura.

Quais foram os melhores quadrinhos que lançados em 2012?

Fracasso de Público;
Habibi;
Grandes Astros Superman (encadernado definitivo);
20th Century Boys;
Monster;
A maioria dos encadernados Vertigo, como Hellblazer, Fábulas, Ex Machina, Preacher, 100 Balas e Y – O Último Homem;
Os encadernados de Mortos-Vivos.

Obrigado pelo papo, Fernando! Para finalizar, deixe um recado para os leitores do Pipoca e Nanquim e colecionadores do Brasil.

Obrigado a vocês por disponibilizar esse espaço tão legal paras os fãs de HQs exporem suas coleções. Parabéns pelo trabalho e deixo meu recado: O mercado de HQs brasileiro nunca esteve tão bom… aproveitem!!!

DSC00884DSC00881

DSC00914DSC00915 DSC00902 DSC00901 DSC00892 DSC00775DSC00909 DSC00904DSC00900 DSC00905DSC00904 DSC00911

 

yc_065Minha Estante é um espaço pra você, colecionador de HQs, mostrar sua coleção, falar sobre prazeres e vicissitudes desse hobby, conhecer outros aficcionados e proporcionar aquela inveja boa.

Convidamos a todos que possuem belas coleções de quadrinhos a mostrarem elas aqui!

É só mandar um e-mail para [email protected] dizendo alguns detalhes (números de revistas, itens raros e particularidades) que em seguida combinamos a entrevista.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Muito bacana!!! Gostei do que ele disse… De fato há a necessidade sim de cada vez selecionar mais as coisas pelo gosto do que pelo impulso por vários fatores (financeiro, espaço, e principalmente [pelo menos pra mim é o que me impulsiona a seleção] por ter em sua estante coisas que você realmente gosta de ler e reler e sente de verdade por te-la).

    Bacana a coleção e legal os encadernados e tal. Uma observação interessante é que estamos em um tempo de mudança por diversos fatores. Aos poucos a galera vai focando mais em encadernados do que em mensais pelos diversos benefícios do material.

    Boa “Minha Estante”, parabéns! 😉

  2. Valeu pelos elogios galera!
    E Soto, acredito que uma coleção deve ser medida pela qualidade, e não meramente pela quantidade.
    Ao meu ver, vale muito mais a pena ter um encadernado de Invasão Secreta do que ter 7 ou edições em minissérie.

    Abraços a todos.

  3. Belissima coleção!!
    Cada vez que vejo as coleções aqui no PN fico assustado com o número de encadernados da galera… são os mais caros e geralmente os que tem nas estantes oO’

    E realmente o que o Fernando falou é verdade, o mercado de HQs no Brasil nunca esteve tão bom, desde marvel/dc até quadrinhos independentes, tem aos montes…
    Eu só sinto falta de antigamente (epoca dos formatinhos) pois eram muito mais baratos… hoje em dia é dificil você acompanhar mensais e ainda comprar encadernados devido aos preços (apesar da qualidade do acabamento ser superior).

    Grande abraços

    • Leandro, com relação aos encadernados, realmente eles são caros, principalmente os de capa dura. Os de capa mole, da Panini, como por ex, Fábulas e 100 Balas, ao meu ver, tem um preço razoável. Veja bem, não sou rico, longe disso, sou assalariado. Uma dica que eu te dou com relação a compra dos encadernados é: PESQUISE!!!
      Isso mesmo, olha, eu posso te falar que 90% dos encadernados de capa dura que eu comprei eu NÃO paguei o preço de capa. A questão é vc pesquisar em sites como Saraiva, Walmart, Fnac, Casas Bahia (sim, eles vendem gibi), Ricardo Eletro e etc e comprar somente qdo vc ver PROMOÇÕES.
      Pra vc ter uma idéia, Sandman Edição Definitiva da Panini tem preço de capa de mais de 150 reais… eu comprei por pouco mais de 90 reais.
      Já comprei diversos gibis gibis com 40 até 50% do valor de preço de capa. O esquema é vc ter paciência e comprar sempre que houver promoções!
      Se vc entra pelo site buscape e compra na saraiva, só por isso, vc tem 11% de desconto, se o produto estiver em promoção, por exemplo, 20%, somam-se os descontos, assi vc paga 31% a menos do valor de capa.
      Abraços

      • Realmente Fernando, as pré-vendas, eventos de quadrinhos, 10% de desconto pagando a vista/no boleto fazem a diferença na hora da compra.

        Os encadernados da vertigo são de um preço justissimo! Os titulos são excelentes, por um preço razoavel e uma boa qualidade de impressão.

        Eu geralmente compro assim tb, sempre pesquisando muito… a prova disso foi uma coleção com 6 encadernados do Joe Sacco que paguei 20 reais no submarino (cada um custa em média 30~40 reais).

        Importados tb eu acho um absurdo, eu to pagando 10~15 dolares nas ESSENTIAL/SHOWCASE da DC la fora, onde por aqui custa no minimo 50 reais.

        Novamente insisto em dizer, bela coleção cara!! =D

  4. Cara essa sua estante é simplesmente maravilhosa ^^

    Eu jamais vou me perdoar por não ter comprado esses mangás do DragonBall, vou ter agora que pagar no minimo o triplo do valor do vol. 1 q tá esgotado. Vai ficar muito legal quando tiver completinho na estante…

    Lobo Solitário nem se fala… já me conformei com ideia de não possui-los tão cedo.

    No mais, parabéns cara! Coleção LINDÍSSIMA!

  5. Ahh, eu fiz um video da minha coleção… apesar de ser de novembro, está um pouco defasado em relação aos fotos, pois adquiri muito material depois do video. Pra quem se interessar:

  6. Parabéns pela coleção. Espero um dia poder chegar a uma quantidade próxima a que você tem!

  7. Que baita coleção ein!!!Pipoca e Nanquim fazendo inveja a cada Minha Estante!!!Parabéns e continuem com a coluna,pois ela só inspira os amantes de Hqs para cada vez mais aumentar sua coleção!!!

  8. Só vi um cara tão fã do Hulk, o Paulão da comunidade Panini no Orkut!

    Sobre essa afirmação: “Atualmente estou dando mais foco pros encadernados. Cada vez compro menos mensais.”, é o que vem acontecendo com quase todos os leitores de HQs.

    Belíssima coleção. Muito bem organizada.

    Hulk esmaga!!!