Diablo 3 – Resenha do game mais aguardado de 2012

Pouquíssimos jogos podem ser considerados catalistas de inúmeros clones como Diablo.  De fato, qualquer coisa que possua uma mecânica dungeon crawler/loot será comparada e automaticamente denominada como um jogo baseado na franquia. Com Diablo 3, a Blizzard retorna a sua fantasia obscura deixando para trás muito da jogabilidade e mecânicas tradicionais do RPG, recriando detalhes em seu próprio gênero.

Infinitas recompensas, tesouros e side-quests para desbloquear é a essência em cada capítulo de Diablo. D3 permanece fiel a vários elementos do arrebatador Diablo 2 no que diz respeito ao seu formato e funcionalidade mas também adicionando mais flexibilidade à customização dos personagens, sem mencionar uma atenção impressionante aos detalhes gráficos.

O enredo nunca foi seu forte, mas continua acompanhando a história de Sanctuary através das melhores cutscenes no ramo. Trata-se de sequências que complementam as interações do seu personagem com as circunstâncias do jogo.  Todas as cavernas e demais localidades nos quatro atos do jogo são de um visual impressionante, mas podem ser rodadas em qualquer PC de potência modesta.

Você passará a maior parte do seu tempo em ação no mesmo consagrado ângulo de câmera onde a história se desenrola de forma quase que exclusivamente linear. Existem 5 classes: Wizard, Witch Doctor, Demon Hunter, Barbarian e Monk. Cada um com suas velhas e conhecidas habilidades. Mas a verdade é que, a classe do personagem, pouco importa: tudo pode ser ajustado para o seu estilo de jogo. Destrezas de ataque ou apenas suporte podem ser desbloqueadas com os pontos de experiência durante sua estadia em Sanctuary.  Como a Blizzard não perdoa na quantidade (e variedade) de inimigos lançadas contra você, ficar de olho em combinações de armas e habilidades diversas torna-se necessário. Aperfeiçoar seu personagem de acordo com a área que você explora ajuda sua quest de forma imensurável.

De qualquer forma, combinar destrezas e equipamentos e “clicar” nos inimigos até a doce vitória é apenas uma pequena porção de tudo que Diablo 3 tem a oferecer.  Constantemente você ira se deparar com novas ferramentas de batalha tornando essencial administrar seu inventário e escolher as habilidades certas.  Comparar buffs e especificações também é indispensável para decidir se alguns itens valem a pena manter em seu inventário, mesmo que raros. Existe um ciclo constante de recompensas que mantém você fatiando seu caminho pelos quatro atos do jogo: itens que aumentam sua chance de encontrar artefatos raros, ouro, ferramentas para construir novas armas e armadilhas ou simplesmente comprar mais XP para incrementar seu personagem.

Levando em conta que se trata de um jogo criado para que você sempre volte a jogar, motivos para isso é o que não falta. Equipamentos maiores e melhores é a grande recompensa por finalizar D3 nos níveis absurdos de dificuldade. No grau de dificuldade mais intenso, o jogo faz você implorar por misericórdia. O modo cooperativo é um dos aspectos que a Blizzard conseguiu adicionar, e não é muito difícil encontrar um companheiro de batalhas já que todos devem estar online para jogar o game em qualquer modo. A única desavença no modo cooperativo é que qualquer jogador pode desencadear eventos que fazem grande parte do enredo principal ou simplesmente pulá-los.

A porção online de Diablo 3 tem excelentes aspectos, mas a um preço: A obrigação de estar conectado à internet para experimentar qualquer parte do jogo. Inevitavelmente, é o tipo de ocorrência que causa ocasionalmente uma queda de servidores. Quem participou do Stress Weekend público, onde grande parte dos jogadores ficou sem poder realmente testar o jogo, sabe do que se trata. Quando não for um problema dos servidores da Blizzard, a verdade é que você esta à mercê da sua conexão. E vale lembrar: estamos no Brasil.

Com Diablo 3, a Blizzard juntou os melhores elementos do passado e criou um mix com os dados mais modernos no universo do RPG. Apesar da maioria das mudanças ficar por conta da customização e nivelação dos personagens, muito do que tornou Diablo 2 o grande sucesso que foi continua presente nesse novo capítulo. Apesar das leves discórdias, a Blizzard tem plena noção de como manter os jogadores sempre famintos por mais. Seja destruindo o Butcher no Inferno Difficulty com seus amigos ou simplesmente ficar babando com os cenários, Diablo 3 sempre vai fazer você voltar para ficar noite a dentro clicando incansavelmente o mouse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. D3 é um jogo excelente, de jogabilidade incrível, é um jogo social, onde vc vê se seus amigos online e se junta ao jogo deles, de ver não tem tanta graça como um SC2, mas de jogar é viciante, tipo já fiquei 18 horas jogando num final de semana, o dia passa e vc nem percebe, outra coisa que vale resaltar e a tradução do jogo que foi totalmente traduzido, todos os textos, animatics, diarios, falas, enfim, tudo em português brasileiro, nada ora pois. Funciona em pc e mac e nem precisa de mídia, pois pode ser comprado e baixado diretamente pelo site da Blizzard o que foi um diferencial na distribuição e com certeza ajudou os números fantásticos que alcançou já no primeiro dia do jogo.

  2. Amoooo!!! Meu game preferido, desde o primeiríssimo 😀 Já comprei o meu e não vejo a hora de jogar!!!